02/04/16 - 11:55:10

Comemoração aos 20 anos de fundação do COE

O Comando de Operações Especiais da Polícia Militar de Sergipe (COE) amanheceu em festa nesta sexta-feira, 1º. A unidade especializada comemorou 20 anos de fundação, com a entrega de Medalhas de Mérito Operações Especiais e Tempo de Serviço a policiais militares que colaboraram, ao longo dos anos, para a consolidação e o aprimoramento da dita “Tropa de Elite” da PMSE.

A cerimônia atraiu a atenção do público interno e externo ao Quartel do Comando de Operações Especiais, localizado na avenida Melício Machado, no bairro Atalaia. A formatura foi iniciada logo após apresentação da tropa pelo 1º tenente Weniston ao comandante geral da PM, coronel Marcony Cabral Santos.

O subcomandante do COE, capitão Márcio Ricardo Santos Costa, fez a leitura da Ordem do Dia alusiva ao 20º Aniversário da unidade e a cerimônia prosseguiu com a Canção da Polícia Militar, acompanhada da Banda de Música da PM e entoada pela tropa formada pelos “Homens de Preto” e por policiais militares oriundos das diversas unidades que prestigiaram o momento solene.

Na oportunidade, a PM oficializou o encerramento da Instrução de Nivelamento Básico (IBN), com premiação ao soldado Egnaldo Félix da Silva, destaque técnico-intelectual da instrução. O curso classificou 13 soldados formados na última turma, que num primeiro momento atuarão na guarda da unidade. Os recém-incorporados foram submetidos a 144 horas de instruções, divididas em 10 disciplinas, com o intuito de aperfeiçoar e padronizar técnicas e habilitá-los à dinâmica de unidade de Operações Especiais.

Após a merecida homenagem, convidados e policiais entoaram a Canção das Operações Especiais, que reflete o compromisso da tropa com a segurança da sociedade frente a situações de alta complexidade. Na sequência, o COE precedeu com a entrega de Medalhas por Tempo de Serviço, valorizando seus homens pelos anos dedicados à atividade de segurança pública. Os militares foram agraciados com Medalhas de Bronze e Prata, referentes a 10 e 20 anos de serviço, respectivamente.

Foto:Um dos momentos mais emocionantes foi a apresentação dos policiais do COE, em uma simulação de operação especial ilustrada com artefatos fumígenos e explosivos. Os militares, com máscaras, escudos e armamentos pesados, trouxeram as Medalhas de Mérito Operações Especiais. Elas foram entregues pelo comandante geral da PM, coronel Marcony, pelo secretário de Segurança Pública, João Batista, e pelo chefe do Estado Maior Geral da PM, coronel Lúcio, a policiais militares da ativa e da reserva remunerada que tiveram um notável trabalho junto ao COE desde a sua criação.

Foto:Foram agraciados com a Medalha o coronel da Reserva Remunerada Carivaldo dos Santos, primeiro “Caveira” do estado de Sergipe; o major Luís Henrique Rocha, comandante por duas vezes do COE; o capitão Carlos Augusto Souza, que serviu ao COE enquanto soldado, tenente e capitão; o 1º sargento Aucley Vasconcelos, negociador do COE; o 2º sargento Evânio Alves, que já comandou todos os Grupos Táticos do COE; o 2º sargento Gilvan Oliveira, subcomandante de Grupos Táticos; o 3º sargento Noberto Alves Júnior, concludente do curso ‘Comandos Jungla’, na Colômbia; o 3º sargento Valdemir Bispo dos Santos e o cabo Nailson Luiz Ramos, que já integraram todos os Grupos Táticos do COE.

A gratidão e o orgulho de fazerem parte desta história permearam os semblantes dos homenageados. “Hoje é um dia de agradecimento a todos esses guerreiros que fizeram e fazem parte do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar, profissionais abnegados que engrandecem o serviço de segurança em Sergipe. É motivo de orgulho poder representar o Comando de Operações Especiais nesses 20 anos de fundação da unidade. Ficamos à disposição da sociedade sergipana, prontos para ajudá-la no que for preciso”, salientou o comandante do COE, capitão Thiago Costa. Em seu discurso, o oficial destacou o apoio da Petrobras e da Construtora Celi, empresas colaboradores e parceiras do trabalho dos “Caveiras”.

O comandante-geral da PMSE salientou a importância do COE ao longo de sua história e desmistificou o símbolo Faca na Caveira, presente no brevê dos ‘homens de preto’. “O Comando de Operações Especiais é uma tropa de elite, mais do que uma tropa especializada. É uma tropa altamente treinada e qualificada e tem todos os serviços prestados à sociedade sergipana. É uma tropa que está onde poucas pessoas poderiam estar, que defende a vida, pois os seus símbolos – a faca e a caveira – assim o simbolizam: a vitória da vida sobre a morte. Parabéns aos policiais do COE e, principalmente à sociedade sergipana, que dispõe de uma tropa tão bem preparada e que, ao longo de 20 anos, vem honrando o nome da Polícia Militar do Estado de Sergipe”, concluiu Marcony.

Presenças

Foto:O evento comemorativo contou com as presenças do secretário de Estado da Segurança Pública, João Batista; o comandante-geral da PM, coronel Marcony Cabral Santos; o chefe do Estado Maior Geral da PM, coronel Lúcio Monteiro Vasconcelos; a Corregedora Geral da PM, coronel Rita de Cássia; o delegado Everton Santos, titular da 1ª Delegacia Metropolitana; o tenente-coronel Hector, representando o comando do Corpo de Bombeiros de Sergipe; o comandante do Policiamento Militar da Capital, tenente-coronel Anderson Matos; o comandante do Policiamento Militar do Interior, tenente-coronel Iranildo Campos; além representantes do Estado Maior Geral da PM.

Fonte: Ascom/PMSE