11/04/16 - 13:28:18

Centros profissionalizantes priorizam vocação econômica da região (Foto: Janaina Santos)

Por Sílvio Oliveira

Em Umbaúba, cursos de modelagem, confecção e vestuário; em Dores, cursos técnicos em Agroindústria; Nossa Senhora do Socorro recebe cursos de Automação Industrial; e em Propriá, o centro profissionalizante técnico em Pesca e Aquicultura. Assim, o Governo de Sergipe vem ampliando a oferta de cursos técnicos profissionalizantes em Sergipe, com foco nos arranjos econômicos regionais, erguendo centros profissionalizantes padrões nos polos, objetivando driblar a falta de emprego e garantindo ao jovem o acesso ao mercado de trabalho.

É com essa perspectiva que, em breve, o Centro Profissionalizante Padrão de Umbaúba passa a funcionar a contento, com ênfase nos arranjos têxteis, priorizando também o acesso para os jovens dos municípios de Tomar do Geru, Itabaianinha e Tobias Barreto.

Com o intuito de averiguar se as obras estão em andamento, o governador Jackson Barreto, acompanhado do secretário de Educação, Jorge Carvalho, da secretária Executiva, Marieta Barbosa e técnicos da Seed, realizou uma visita técnica ao canteiro de obras.

Satisfeito com o andamento da obra e com a magnitude do centro, o governador percorreu todas as instalações térreo e superior e destacou que os centros profissionalizantes objetivaram o ingresso de jovens concludentes dos ensinos médio e profissionalizante no mercado de trabalho.

“Queremos que o jovem seja inserido no mercado de trabalho. Que ele se qualifique nos ramos econômicos de cada região. Tenho certeza que o povo ficará satisfeito”, afirmou Jackson Barreto.

Especificações técnicas

Erguido em uma região privilegiada na rua 1° de Maio, uma zona considerada de expansão, o Centro Profissionalizante Padrão de Umbaúba tem uma área construída de mais de 5.500 m², com investimento de mais de R$ 10 milhões, oriundos do Proinveste, FNDE, por meio do programa Brasil Profissionalizante, do Governo Federal.

Quando ficar pronto, terá 12 salas de aulas com dois pavimentos de construção, seis laboratórios de Química, Biologia, Física, Matemática, Informática e Línguas, dois laboratórios especiais, biblioteca, anfiteatro, auditório, quadra poliesportiva coberta, blocos de serviços, estacionamento interno e áreas comuns com paisagismo e totalmente acessível para deficientes físicos.

Para o secretário de Educação Jorge Carvalho, os centros profissionalizantes foram pensados nas vocações da região, com o intuito de serem escolas que insiram os jovens concludentes do ensino médio no mercado de trabalho.

Estavam presentes além do secretário Jorge Carvalho (Educação), os secretários Valmor Barbosa (Infraestrutura e Desenvolvimento), Esmeraldo Leal (Agricultura), Neto Salles (Comunicação), João Batista (Segurança Pública), Nel Fontes (Cultura), Augusto Gama (Planejamento), o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo, o deputado federal Fábio Reis, prefeitos e vereadores da região.

Ascom ASN