18/04/16 - 08:36:54

Ação rápida da polícia culmina no confronto com três assaltantes (Foto: Ascom SSP)

Uma ação da Polícia Civil, por meio da Delegacia de Umbaúba, no Centro-Sul sergipano culminou no confronto com três suspeitos, após roubarem uma escola municipal utilizando requintes de crueldade – arma na cabeça de professores, jovens jogados no chão e chutes em crianças. O crime e a ação da polícia ocorreu nessa sexta-feira, 15.

No início das atividades escolares no turno da tarde, os três suspeitos montados em uma motocicleta modelo Bros, de cor preta, adentraram a Escola Municipal Maria dos Santos Torres, e praticaram a modalidade criminal conhecida como “arrastão”. ” Eles fizeram uma professora refém, e apontando uma arma na cabeça dela, a fez subtrair uma mochila de um dos alunos e colocar os aparelhos celulares dos visitantes, professores e estudantes dentro do bornal. Agiram violentamente, entretanto, não conseguiram roubar todos os aparelhos, já que alguns jovens esconderam os objetos nas partes íntimas e outros jogaram pela janela”, detalha o delegado Paulo Cristiano.

A coragem de alguns jovens, permitiu que eles pudessem contactar a polícia local e das 14h às 17h, os policiais empreenderam buscas no intuito de localizar os assaltantes. O delegado destaca que eram grandes as chances da localização, “pois a BR 101 é movimentada e sempre fiscalizada pela Polícia Rodoviária Federal, o que reduzia hipóteses de fuga para mais distante”, comenta.

Uma denúncia informou que em uma fazenda próxima à Cristinápolis, uma moto com as características da utilizada no crime foi abandonada e que os indivíduos haviam seguido a pé. Confirmada a veracidade do fato, o delegado relata que foram traçadas rotas que poderiam ser utilizadas pelos suspeitos, que culminou no confronto no final da tarde. “Nos posicionamos na mata e ao ser dada a voz de prisão, eles reagiram, pois todos estavam armados. Após o confronto, encaminhamos os suspeitos ao hospital local mais próximo, um deles é conhecido pela polícia na região. ‘Douguinha’, já possuía dois mandados de prisão por assalto a mão armada”, relata.

Em uma rápida e eficiente ação por parte da polícia sergipana, foram apreendidos todos os celulares roubados, uma balaclava utilizada por um dos suspeitos para não ser reconhecido pelas vítimas, três revólveres e algumas peças de vestuário roubadas dos estudantes.

O trio possuía histórico de roubo na região, pois vários boletins de ocorrência já haviam sido prestados nos municípios de Umbaúba, Itabaininha, Cristinápolis e Tomar do Geru relatando que indivíduos utilizando uma bros preta, roubavam transeuntes.

Fonte: SSP