19/04/16 - 18:58:42

Funcionários da Usina Campo Lindo estão sem receber salários há 4 meses

Sem receber salários há quatro meses e o 13º, os funcionários da usina Campo Lindo realizaram um protesto na manhã desta terça-feira (19), e por pouco não aconteceu uma tragédia no local

Revoltados por não estarem recebendo seus salários, cerca de cem trabalhadores da usina Campo Lindo, instalada no município de Nossa Senhora das Dores, realizaram um protesto na sede da empresa, inclusive ameaçando incendiar um veiculo da empresa para chamar a atenção dos diretores que não dialogam com os trabalhadores.

A manifestação que teve inicio por volta das 7 horas de hoje se estendeu até as 13 horas, no momento em que os ânimos dos trabalhadores estavam realmente exaltados. Revoltados os trabalhadores chegaram a depredar um dos veículos, mas ação acabou sendo contida pela jornalista Delmanira Brito, do site Visite Dores que chegou no local no momento em que se iniciava um quebra-quebra.

A jornalista que tinha chegado ao local para fazer a cobertura do movimento dos trabalhadores, assim que chegou, notou que os ânimos estavam alterados e por conta disso, ela resolveu dialogar com os trabalhadores pedindo que ele tivessem calma.

Delmanira permaneceu no local por cerca de uma hora e só saiu quando os ânimos se acalmaram e os trabalhadores resolveram encerrar a manifestação que deveria continuar, inclusive com a interdição da rodovia que dá acesso à usina.

Delmanira contou à redação do Faxaju que a situação dos trabalhadores é de calamidade. “eu cheguei no local na verdade para fazer uma matéria sobre a interdição da rodovia, mas quando me aproximei, vi que a situação não era boa. Havia muitos trabalhadores empunhando facões e muito revoltados. Eles contaram que estão sem receber os salários há quatro meses, além de não ter recebido o décimo terceiro. Entre eles, há alguns que precisam pagar pensão alimentícia e podem ser presos porque não estão pagando. Enfim, a situação é realmente de calamidade”, contou a jornalista Delmanira Brito.

Nesse caso, o que chamou a atenção é o silêncio do Ministério do Trabalho, já que os trabalhadores alegam não receber os salários há 4 meses. Além disso, uma outra situação também bastante estranha em relação à usina Campo Lindo, foi uma investigação feita pela policia civil do estado de Sergipe que inclusive já concluiu o inquérito, porém até o momento, cerca de seis meses, após a conclusão, o MP ainda não se pronunciou se irá denunciar os investigados ou se irá arquivar.

Enquanto o silêncio dos Ministérios Públicos do Estado e do Trabalho não se pronunciam, trabalhadores estão passando fome, colocando em risco suas próprias vidas e a de outras pessoas, já que estão perdendo o controle da situação, devido a falta de dinheiro que eles precisam receber de uma empresa que não dialoga com os trabalhadores.

Munir Darrage

Foto: Delmanira Brito – Visite Dores