19/04/16 - 05:29:06

MNSL contabiliza 130 atendimentos no último fim de semana (Foto: Ascom SES)

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes é referência em Sergipe no atendimento às gestantes de alto risco

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) registrou neste fim de semana (de 15 a 17 de abri ), 130 atendimentos. Desse total, foram 57 partos, sendo 33 normais e 24 cesáreos. Gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes é referência em Sergipe no atendimento às gestantes de alto risco.

A gerente do setor de admissão da MNSL, Lourivânia Prado, lembra que a MNSL foi a pioneira, em Sergipe, no trabalho com sistema de Acolhimento e Classificação de Risco (AeCR).

“Com este sistema implantado no setor de admissão, nenhuma paciente deixa de ser atendida. As pacientes e profissionais têm conhecimento da classificação de acordo com o risco através do sistema de cores. Com essa ação, realizamos uma padronização nos atendimentos obstétricos em todas elas. Além disso, estamos reduzindo consideravelmente os deslocamentos indevidos”, ressalta a gerente.

A MNSL trabalha ainda com o método do alojamento conjunto, ou seja, a mãe fica perto do bebê, como preconiza o Ministério da Saúde. Além disso, as pacientes são assistidas por uma equipe multidisciplinar. Outro fator positivo é que a unidade dispõe de serviços de orientações aos acompanhantes dos pacientes internados, a exemplo do Grupo de Apoio ao Visitante e ao Acompanhante (Gava).

Outros Serviços

Além do atendimento à gestante de alto risco, a MNSL também é referência no estado em atendimentos às vítimas de violência sexual. Neste final de semana, foi contabilizado um atendimento de criança ou adolescente.

“Todo o trabalho que acontece no ambulatório de atendimento às vítimas de violência sexual é sigiloso. Nos casos de violência aguda, ou seja, até 72 horas após o ato, realizamos a profilaxia para evitar gravidez indesejada e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), além dos exames laboratoriais”, esclarece o superintendente Luís Eduardo Correia.

As vítimas que sofreram abusos em outros momentos podem procurar a MNSL para buscar apoio psicológico e realizar exames e tratamentos relacionados às DST. A equipe atende 24 horas por dia.

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes também oferece assistência continuada aos bebês que nasceram de forma prematura na unidade, através do ambulatório de Follow Up. Os recém-nascidos são assistidos pelo setor a partir do momento que recebem alta da MNSL e são acompanhados até os dois anos de idade.

Toda a assistência qualificada ofertada na MNSL garante mais qualidade de vida aos pacientes. A dona de casa, Erica Santos, segue internada na Ala Rosa aguardando o momento do parto. “Apresento o quadro clínico de diabetes gestacional. Agora, estou acompanhada pelos profissionais até chegar a hora de ter o meu bebê. Estou sendo muito bem cuidada”, afirma.

Fonte: SES