20/04/16 - 16:36:36

SENADOR RAIMUNDO LIRA INDICADO PELO PMDB PARA PRESIDIR COMISSÃO

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) será o nome indicado pelo PMDB para presidir a comissão do impeachment. O anúncio foi feito pelo líder da legenda no Senado, Eunício Oliveira (CE) em seu perfil no Twitter. “Obedecendo ao princípio da proporcionalidade, indiquei o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) à presidência da comissão do impeachment”, publicou Eunício. “Estou certo de que o senador Raimundo Lira conduzirá os trabalhos da comissão do impeachment com serenidade e sem açodamento”, completou.

Os demais representantes do PMDB que irão compor a comissão do impeachment foram anunciados há pouco em plenário. Além de Raimundo Lira, os outros titulares serão Rose de Freitas (ES), Simone Tebet (MS), José Maranhão (PB) e Waldermir Moka (MS). As vagas da suplência foram preenchidas por Hélio José (DF), Marta Suplicy (SP), Garibaldi Alves (RN), João Alberto Souza (MA) e Dário Berger (SC).

A assessoria de Raimundo Lira disse que o senador não está em Brasília e prefere não se pronunciar até que a indicação seja referendada pela comissão, que deverá ser instalada na próxima segunda-feira (25). De acordo com o regimento interno do Senado, as maiores bancadas da Casa ficam com a presidência ou com a relatoria. Com 18 representantes, o PMDB é a maior sigla e escolheu a presidência do colegiado – ao todo o partido tem direito a cinco membros titulares.

Questionado sobre a razão do PMDB ter escolhido a presidência e não a relatoria, Eunício disse que foi uma “opção”. “O PMDB pode ser beneficiado no final desse processo. Então eu fiz uma opção de escolher o senador Raimundo Lira para presidir”, afirmou.

“O senador Raimundo Lira preenche todas as qualidades de seriedade, de tranquilidade. Esse é um processo que não pode ser feito para que alguém possa aparecer aqui na mídia, na televisão. Esse é um processo muito sério de um afastamento ou não de uma presidente da República, então deve ser tratado com seriedade, e acho que o senador Raimundo Lira se encaixa nos pré-requisitos”, avalia Eunício.

O PT e o PSDB são as segundas maiores bancadas no Senado, com 11 representantes cada, porém, como o partido do governo é parte interessada no processo, a relatoria deverá ficar a cargo de algum senador tucano. O mais cotado para assumir a função é o  mineiro Antônio Anastasia. O PT estuda apresentar uma chapa alternativa para concorrer à relatoria.