23/04/16 - 05:47:54

Prevenção aos Efeitos das Chuvas é tema de Seminário da DC (Foto: Jadilson Simões)

Foram debatidas as principais medidas de prevenção e enfrentamento aos efeitos das chuvas que, nesse período, podem ocasionar sérios danos e prejuízos às comunidades, em especial, as localizadas em áreas de risco

O Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (DEPEC) realizou o Seminário Estadual de Prevenção aos Efeitos das Chuvas nesta quarta-feira (20). O evento debateu as medidas de prevenção para minimizar os efeitos dos eventos adversos que ocorrem na quadra chuvosa do Estado de Sergipe e ocorreu das 8h às 17h, na Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh).

Foram debatidas as principais medidas de prevenção e enfrentamento aos efeitos das chuvas que, nesse período, podem ocasionar sérios danos e prejuízos às comunidades, em especial, as localizadas em áreas de risco. A programação do Seminário contou com discussões acerca do prognóstico climático para o período no estado de Sergipe; e inserção do uso de SMS em ações preventivas e atualizações do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). Além disso, foram apresentadas aos presentes boas práticas do DEPEC e o trabalho relevante que vem sendo realizado por alguns municípios do estado, a fim de incentivar os demais a desempenharem ações semelhantes.

Para o Diretor da Defesa Civil, Cel. Erivaldo Mendes, o evento, que faz parte do calendário da Defesa Civil do estado, é um momento fundamental para todos os atores do sistema estadual de proteção e defesa civil, considerando que as chuvas no estado de Sergipe se iniciam, historicamente, no mês de abril e vão até o mês de agosto.

“Temos um prognóstico com chuvas dentro da média, mas com possibilidade de chuvas intensas em determinado período, que podem atingir 400mm em dois dias, como já ocorreu anteriormente. Então há necessidade dessa mobilização e preparação para que, primeiro, possamos trazer uma previsão das chuvas nos próximos meses e, consequentemente, tratemos das orientações pertinentes para esse período. O que os municípios devem fazer nesse momento para que sejam menos afetados? É essa resposta que queremos transmitir aqui hoje”, explicou.

Ainda de acordo com Mendes, tratar da pauta relativa ao combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti também é fundamental. “É importante que esse tema seja trazido em um ambiente da Defesa Civil, porque anteriormente nós já mobilizamos os municípios para se somar as ações desenvolvidas pelas Secretarias Municipais e Secretaria Estadual de Saúde. É assim que nós podemos utilizar toda nossa expertise em desastres para ajudar no combate ao mosquito, o que é extremamente importante nesse contexto, já que sabemos que chuva está relacionada à água que não é bem cuidada e se acumula, favorecendo a proliferação”.

Tratando da atualização das ações do DEPEC no combate ao Aedes Aegypti, o TC Alexandre foi responsável por apresentar também o novo sistema implantando pela Defesa Civil. “Essa ferramenta consiste basicamente no envio de mensagens via SMS para alguns públicos de interesse, contendo informações de possíveis desastres. Nós entendemos que essa tecnologia será de suma importância para salvaguardar vidas e patrimônios em todo o estado, já que possibilitará que as comunidades fiquem mais informadas e, assim, possam ter um plano de chamadas mais eficaz”, pontuou.

Representando a Barra dos Coqueiros, o Coordenador da Defesa Civil no município, José Fernandes, ressaltou a importância dessa discussão no âmbito estadual. “É uma verdade troca de experiências e conhecimento. É através dessa troca e de tudo que será debatido aqui hoje que nós vamos realizar as ações daqui para frente. O estado de Sergipe só tem a ganhar com essa experiência que está sendo oportunizada aqui”, disse o Coordenador.

Foram convidados a compor a mesa de abertura do evento, o Coronel Gilvan Paixão, representando do Comandante do Corpo de Bombeiros; o Coordenador Municipal da Defesa Civil em Estância, Antônio Carlos da Silva, representando as coordenadorias municipais de Defesa Civil do interior do estado; a Tenente Viviane Garcez, representando a Capitania dos Portos; o Sargento Willer Vieira, representando o 28BC; o Tenente Josenilson Alves, representando a Policia Militar de Sergipe e o meteorologista Overland Amaral, que apresentou o prognóstico climático de Sergipe para os próximos meses.

Fonte: ASN