16/05/16 - 11:00:30

VEJA PROGRAMAÇÃO DAS COMEMORAÇÕES DOS 48 ANOS DA UFS

De 24 a 30 de maio, evento mescla história, cultura e homenagens

Com uma programação que mescla história, cultura e homenagens, a Universidade Federal de Sergipe comemora entre os dias 24 e 30 de maio os seus 48 anos. Dentre as atividades, haverá apresentação de orquestra, lançamento do novo Portal UFS e um bate papo com aqueles que contribuíram para o desenvolvimento da universidade.

As comemorações têm inicio já no dia 24 com uma sessão solene dos Conselhos Superiores a partir das 17h no auditório da Reitoria. A cerimônia homenageará professores, ex-professores e técnicos administrativos.

A professora Mercia Alves da Silva Margotto receberá a ‘medalha de mérito universitário’. Outros docentes serão homenageados como ‘professores eméritos’. Além disso, técnicos escolhidos pela Comissão de Aniversário da UFS receberão homenagem com entrega de placas. Veja a lista de todos os homenageados ao final da matéria.

Roda de Conversa

Ex-professores e ex-estudantes da UFS farão um bate-papo para relembrar antigas histórias da universidade. O Roda de Conversa deste ano tem o tema ‘A história da UFS contada por aqueles que ajudaram a construí-la’. A conversa acontece no dia 25, às 15h na Sala dos Conselhos.

Homenagem a Antônio Garcia Filho

Ainda no dia 25, às 10h30, o centenário do professor Antônio Garcia Filho será lembrado com a aposição de uma placa no Hospital Universitário.

O médico, que dá nome ao campus de Lagarto, nasceu em 29 de maio de 1916 na cidade de Rosário do Catete, Leste Sergipano, a 37 km de Aracaju. Médico graduado pela Escola de Medicina da Bahia, em 1941, iniciou as suas atividades em Laranjeiras, transferindo-se depois para Aracaju. Foi vereador e presidente da Câmara Municipal de Aracaju e se destacou na vida acadêmica na década de 1960, com a fundação da Faculdade de Medicina de Sergipe.

Novo Portal UFS

A programação que celebra o 48° aniversário da UFS também integra o lançamento do novo Portal UFS, com um sistema mais moderno e funcional. O lançamento será no dia 30/5, às 10h, na Sala dos Conselhos.

No mesmo dia, a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (Posgrap) fará uma apresentação de portfólios. As peças mostrarão ações da Coordenação de Inovação e Tecnologia (Cinttec) com um sumário de registros como marcas, patentes e grupos envolvidos em atividades de inovação. A Coordenação de Pesquisa (Copes) apresentará os grupos de pesquisa da UFS e a Coordenação de Pós-Graduação (COPGD) trará um catálogo dos cursos de pós-graduação com informações das linhas de pesquisa e área de atuação. Os portfólios também tratarão dos convênios de internacionalização da UFS e ações desenvolvidas nesta área, desenvolvidas pela Coordenação de Relações Internacionais (Cori).

Ainda no dia 30, será apresentado à comunidade universitária o documento base do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) para o período 2016 a 2020. Ele resulta da contribuição e dos debates das unidades administrativas e acadêmicas vinculadas aos centros, departamentos e coordenações de cursos. A apresentação do plano será às 9h na Sala dos Conselhos.

Concerto

Encerrando as comemorações, no dia 30 à noite, o coro e a orquestra da UFS farão um concerto no Teatro Tobias Barreto a partir das 20h. Com regência do maestro Daniel Nery, a apresentação trará clássicos de compositores como Antonio Vivaldi, Arcangello Corelli, Franz Schubert e Andrew Lloyd Weber. Veja a programação do concerto abaixo.

Histórico

Criada oficialmente em 15 de maio de 1968, a UFS nasceu com a incorporação das escolas superiores já existentes em Sergipe: Faculdade de Ciências Econômicas e Escola de Química (1948); Faculdade de Direito e Faculdade Católica de Filosofia (1950); Escola de Serviço Social (1954); e Faculdade de Ciências Médicas (1961). Em 1987, em observância à Resolução 01/87 do Conselho Universitário (Consu), o primeiro campus universitário passou a ser denominado “Cidade Universitária Prof. José Aloísio de Campus” (campus de São Cristóvão).

Hoje, a UFS possui, além do campus localizado em São Cristóvão, os seguintes campi: Aracaju (Campus da Saúde Prof. João Cardoso do Nascimento Júnior), Itabaiana (Campus Prof. Alberto Carvalho), Lagarto (Prof. Antonio Garcia Filho), Laranjeiras e Sertão (Nossa Senhora da Glória).

Carolina Amancio