18/05/16 - 13:52:52

Aluno do IFS é selecionado para conduzir tocha olímpica ( Foto: Luiz Eduardo Carvalho)

A vida de Jeffeter Gabriel Santos de Jesus, aluno do Instituto Federal de Sergipe (IFS) – Campus Aracaju, era igual à da maioria dos estudantes da idade dele até a semana passada. De origem humilde, o jovem de 18 anos ouviu desde cedo dos pais que a transformação social só era possível através da educação. A mudança de rumo começou a ganhar relevo quando ele soube do concurso de redação que ia selecionar um estudante para participar do revezamento da tocha olímpica no estado. De início, achou que não seria capaz de alcançar o primeiro lugar – a inscrição acabou tendo como maior foco o preparo para o Enem. O resultado saiu e não podia ser melhor: o texto de Jeffeter foi o escolhido e, no dia 28 de maio, é ele quem vai conduzir o símbolo das olimpíadas pelas ruas de Aracaju.

A condução da tocha pelas regiões do País que sedia a competição esportiva faz parte do rito de abertura dos jogos olímpicos. O concurso de redação para a escolha dos condutores foi uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) voltada aos estudantes com mais de doze anos. O tema geral da produção textual era “O Brasil e os Jogos Olímpicos” e, na categoria do ensino médio, tinha que enfatizar os valores olímpicos, bem como os jogos paralímpicos e a inclusão social. “No meu texto, falei sobre a história dos jogos ao longo do tempo e a importância para a evolução dos esportes. Na conclusão, relacionei o evento com desenvolvimento social”, revela Jeffeter.

A vida de Jeffeter enquanto estudante é recheada de atividades extracurriculares. O aluno acredita que uma preparação completa para os vestibulares e o Enem só é possível se extrapolar as obrigações exigidas normalmente dentro da sala de aula. E o IFS é campo fértil para estudantes com essa mentalidade: a Instituição oferta inúmeras bolsas para projetos em diversas áreas do conhecimento. Enquanto aluno do curso técnico em química, Jeffeter já participou do convênio Propex/Petrobrás na área de biocombustível e está envolvido atualmente na pesquisa relacionada aos bioplásticos. Após a conclusão do curso no IFS, ele pretende ingressar no curso de engenharia química em alguma universidade federal.

Após a realização da prova e ciente de que tinha produzido um bom texto, o aluno do IFS passou a nutrir silenciosamente as esperanças de ser o escolhido. “Nesse momento, veio a consciência da qualidade do ensino da Instituição, da minha capacidade enquanto ser humano e do quanto eu me esforço para ser um bom aluno”, reconhece Jeffeter. A notícia do primeiro lugar no concurso chegou carregada de emoção e, em tempos de redes sociais, se espalhou rapidamente entre amigos e familiares. “Através do whatsapp, em poucos minutos minha família e os meus amigos estavam sabendo da minha conquista. Foi uma emoção coletiva”, diverte-se o jovem.

Curiosamente, o aluno do IFS não é habituado à pratica esportiva. Na infância e adolescência, se reunia com os amigos para disputar partidas de futsal. Na TV, costuma assistir aos jogos do campeonato brasileiro de futebol. “Minha motivação em participar do concurso não foi relacionada estritamente ao esporte, mas sim ao que os jogos olímpicos representam. É uma conquista minha e dos meus pais, que são pobres, sem recursos, mas sempre me mostraram o caminho correto a seguir”. E uma coisa é certa: o mês de maio de 2016 vai ficar marcado para sempre na vida de Jeffeter. E o garoto não tem dúvida sobre qual a mensagem que ele deseja passar aos demais estudantes: “o céu é o limite para quem tem vontade”.

Ascom IFS Campus Aracaju