19/05/16 - 14:17:08

Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho do SergipeTec (Foto assessoria)

Por: Flávia Nunes

Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho, do SergipeTec, orienta como trabalhar com segurança e valorizar a vida

“Receber o convite para participar do Sipat foi algo gratificante e que agregou bastante conhecimento pessoal e profissional à minha vida. Além de trazer informações importantíssimas que eu mesmo desconhecia, por exemplo: sobre o ano da criação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes/Cipa [1944]; e sugestões de melhorias na execução de ações simples e diárias, que podem melhorar bastante a nossa qualidade de vida em casa e no trabalho, como a importância da utilização do Equipamento de Proteção Individual [EPI]”, reconhece Wires Santos, técnico de suporte do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec).

Wires e outros colaboradores do Parque participam da Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho (Sipat) do SergipeTec, que acontece até esta sexta-feira, dia 20. Sob a temática ‘Segurança é: prevenir acidentes, trabalhar com segurança e valorizar a vida!’ e organizada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), a ação atende a legislação trabalhista brasileira e visa orientar e conscientizar os colaboradores da empresa acerca da importância da prevenção de doenças e de acidentes no ambiente de trabalho, de forma a criar atitudes positivas e construtivas para que, dessa maneira, seja possível reconhecer e corrigir as possibilidades de risco existentes dentro da empresa.

“Momentos como esse, que reúnem os colaboradores de diversos setores e cargos, são fundamentais para a melhoria do clima organizacional, pois interfere diretamente no ânimo, vontade, praticidade, resolutividade e, consequentemente, maior integração quanto à execução das atividades de toda a equipe, individual ou coletivamente”, ressalta a assessora jurídica do SergipeTec, Jacinta Macedo, que, na ocasião, representou o presidente do Parque, Manoel Hora.

De acordo com a presidenta da Cipa do SergipeTec, Glicia Sobral, como essa é a primeira vez que ela integra a Comissão, a experiência por participar da preparação e organização lhe deu uma visão ampliada e diferenciada os contéudos discutidos: ‘Objetivo da Cipa e Sipat na organização’, ‘Ergonomia’, ‘Doenças Sexualmentes Transmissíveis (DST/AIDS)’, ‘Saúde Bucal’, ‘Alongamento’, ‘Aferição de pressão’, ‘Primeiros Socorros’, ‘Equipamento de Proteção Indivual (EPI)’ e ‘Produtividade e Qualidade de Vida”.

“É muito gratificante ver os colegas participando das ações da Sipat, animados, interagindo, perguntando, refletindo sobre as orientações e dicas dos palestrantes e dos profissionais convidados. Isso mostra que estamos no caminho certo e estimula ainda mais a cada um fazer a sua parte, resultando em um conjunto positivo e construtivo para todos os colaboradores. Parabéns e muito obrigada a todos os envolvidos na organização e aos participantes da Sipat”, agradece.

A técnica em Segurança do Trabalho e acadêmica de Engenharia de Produção, Giselly Borges, durante a sua palestra sobre o ‘Objetivo da Cipa e Sipat na organização’, reforçou quanto à necessidade uma maior visibilidade no que refere-se à consciência, participação e integração, por parte dos próprios colaboradores de uma empresa/organização. “Afinal, segurança a gente não faz sozinho. Para isso, precisamos do auxílio e do envolvimento de outras pessoas, para que possamos desenvolver atividades, com o propósito de promover melhorias, tanto nas relações interpessoal da equipe, como no clima organizacional”, conclui.