20/05/16 - 10:36:53

População aproveita horário estendido para vacinação contra H1N1 (Foto: Ana Lícia Menezes)

Até esta sexta-feira, dia 20, a Prefeitura de Aracaju continua a campanha de vacinação contra a Gripe Influenza (H1N1). Além de disponibilizar as vacinas no horário de funcionamento das unidades de saúde e de realizar campanhas para incentivar a população, o poder público municipal oferta as vacinas no horário de atendimento estendido, compreendido entre 17h e 20h.

Na Unidade de Saúde da Família (USF) Dona Sinhazinha, a procura é grande no horário estendido. Segundo a gerente da Unidade, Gleide Siqueira, desde o dia 30 de abril, início da campanha, são cerca de 150 doses diárias durante após as 17 horas. “Os pacientes elogiaram muito esse atendimento estendido e isso é comprovado pelo número de doses que foram usadas nesses dias”, explicou. Gleide ainda destacou que mesmo fora da campanha, a procura por vacinas no horário estendido é significativa. “Com a campanha triplicou, mas em dias normais chega a 60 atendimentos só na parte da vacinação”, completa.

Para o servidor público Naykson de Albuquerque, poder chegar à unidade após o horário comercial é uma ótima opção para os pais. “Facilita muito para nós. Se não fosse dessa forma, teríamos que sair durante o expediente de trabalho para vacinar os nossos filhos”, disse Naykson que levou o filho Heitor, dois anos, para tomar a vacina contra a H1N1.

Assim como a UFS Sinhazinha, outras unidades ofertam esse tipo de serviço, como é o caso do Dona Jovem no Bairro Industrial. De acordo com a gerente Claudia Prata, que estava responsável pelo horário estendido, a procura tem sido grande por parte da comunidade. “Oferecer a vacinação fora do horário convencional foi bom para beneficiar àqueles que não conseguem chegar até às 17h. Os usuários elogiam muito a ação da Prefeitura”, destacou.

A gestante Ana Brunelly Santos elogiou a Prefeitura pelo benefício. “A gente pode vir sem pressa, sem modificar horário de trabalho, sem atrapalhar nossos compromissos”, ressaltou.

Para a aposentada Maria Francisca Santos, outro benefício do horário estendido é o menor número de pessoas. “Sempre tem muita gente durante o dia e ter outro momento para vir se atendida é muito bom”, afirmou.

Ellen Freire também aproveitou a disponibilidade da extensão do atendimento para levar a filha Geovana para ser vacinada. A psicóloga enfatizou a importante desse acesso. “É uma medida muito importante por proporcionar o acesso a quem tem dificuldade com a hora normal”, disse.

Público

Podem tomar a vacina crianças de seis meses a menores de cinco anos, doentes crônicos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto); a população privada de liberdade e os trabalhadores do sistema prisional. As crianças a partir de seis meses que nunca foram imunizadas contra a Influenza precisam receber duas doses da vacina, com intervalo de 30 dias entre elas. A vacina é segura e só não pode ser aplicada em pessoas que tenham alergia a ovo ou que estejam com febre no momento da imunização.

Confira as USFs que atendem até as 20h:

USF José Augusto Barreto (Av. Euclides Figueiredo S/N – bairro Japãozinho)

USF José Machado de Souza (R. Major Aureliano, 100 – bairro Santos Dummont)

USF Hugo Gurgel (R. Renato Fonseca Oliveira S/N – bairro Coroa do Meio)

USF Onésimo Pinto (Av. Rad. José Silva Lima S/N – bairro Jardim Centenário)

USF Celso Daniel (Trav. 5 S/N. Conj. Padre Pedro – bairro Santa Maria)

USF Augusto Franco (R. H 5 S/N – Conj. Augusto Franco)

USF Joaldo Barbosa (Rua Guanabara – bairro América)

USF Carlos Fernandes de Melo (Av. Lamarão – bairro Lamarão)

USF Dona Sinhazinha (Av. Hermes Fontes)

USF Dona Jovem (Rua Altamira S/N – bairro Industrial)

Fonte: SMS