21/05/16 - 00:01:21

ROLETA RUSSA

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Sergipe não deve continuar praticando a “roleta russa”. Esse é o momento em que a frase “ideologia, quero uma prá viver”, bem montada pelo poeta e compositor Cazuza, tem que ser melhor entendida. Esse é um momento decisivo para o Governo de Sergipe fixar posição na resolução de problemas graves que afetam o Estado e tomar posições que reduzam a situação difícil que se encontra sua gente.

O PMDB chegando ao planalto – indiferente da forma que tenha feito – não se pode dar ao luxo de se apegar a sentimentos ideológicos e programáticos, enquanto um Estado peemedebista fica assistindo os inimigos se aliando ao Poder dominado pela legenda. Falei em roleta russa mais acima. Vamos ver. Claro que se o comportamento for de esperar uma reviravolta no Senado, que reveja o impeachment e promova o retorno de Dilma Rousseff, pode sair tudo bem. Mas tem a mesma proporção, em se tratando do risco, de uma única bala colocada no tambor do revolver dispare na cabeça do primeiro que puxar o gatilho.

Sergipe, um Estado administrado pelo PMDB, hoje na Presidência da República, tem que pensar bem nos rumos que deve tomar. Como todas as demais unidades da federação, Sergipe está com muita dificuldade em termos de arrecadação e sofrendo as graves consequências da crise econômica que se alastrou pelo País. E não pode ficar de mãos atadas por uma ideologia que falhou no ponto mais crucial da vida do Estado, que é a economia e finanças.

Vai aí uma pergunta: O PT diz, através de interlocutor, que não pode chegar em Brasília de mãos dada como o PMDB. Atentem: e como ficará o PMDB chegando no Planalto ao lado do PT para reivindicar recursos para obras e repasses para Sergipe? Pensem!

TELEFONEMA

A ex-primeira dama Eliane Aquino (PT) surpreendeu-se, na sexta-feira, com telefonema do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), para tratar sobre política.

E o assunto, demorado, foi sobre a coligação do PT com o PMDB,

POR QUE NÃO?

Wellington disse a Eliane que o PT deve compor com o PMDB em Sergipe, porque o governador Jackson Barreto foi o único a se declarar contra o impeachment.

Eliane teria dito que não se sentia bem chegar a Brasília como vice do PMDB.

CONVERSA

Em Maceió, Jackson Barreto conversou com Wellington Dias sobre a relação PMDB/PT no Piauí, depois do afastamento de Dilma Rousseff da Presidência.

Ouviu: O PT mantém aliança com todos os partidos, sem problema.

CONFIRMA

Um assessor próximo a Jackson confirmou que realmente “Jackson Barreto finge que não entende”, como disse esta coluna no comentário desta sexta-feira.

– Ele percebe absolutamente tudo que está acontecendo, disse.

PERGUNTA

O mesmo assessor faz a pergunta: “com quem vai o PT, sozinho? Com o PSDB? Com o DEM? Com o PSC ou com o PSB?”

Sugere que se avalie tudo isso, também pensando em 2018.

E TEM MAIS

O assessor faz uma pergunta importante: “como o PT vai fazer coligação futura para tentar eleger o ex-deputado Marcio Macedo, que disputará seu retorno à Câmara?”

Nesse momento Rogério Carvalho é quem melhor raciocina sobre isso.

NO GOVERNO

O Partido dos Trabalhadores tem um grupamento, como a Articulação na Esquerda, que faz oposição cerrada ao governador Jackson Barreto.

– Mas, no Governo, penduram-se todas as tendências do PT, disse o assessor.

PLANALTO

Jackson tem consciência que nenhum Governo trabalha sem o Planalto e reconhece que uma coisa é a ideologia pessoal, outra é administrar um Estado em dificuldade.

– Na primeira hora de pedir audiência, estarei na primeira fila, disse JB.

FECHADO

O Diretório Municipal do PSD está fechado com Valadares Filho (PSB) para disputar a Prefeitura de Aracaju. Tudo bem acertado e definido.

Só o deputado Jefferson Andrade (PSD) vota em Zezinho Sobral (PMDB).

RAZÃO

Há uma razão para isso: é que nas eleições estaduais de 2014, o grupo de Zezinho Sobral em Laranjeiras votou em Jefferson para deputado estadual.

O parlamentar agora retribui…

MITIDIERI

O deputado federal Luis Mitidieri (PSD) votou convicto contra o impeachment de Dilma, “mas não foi para prejudicar o País e particularmente Sergipe”.

– Votarei em qualquer projeto que considere bom para o povo, disse.

LUCIANO

O presidente da Assembleia, Luciano Bispo (PMDB), não vai para reeleição em 2018. É certo que tentará a Câmara Federal, mas pode ousar pulos mais altos.

Seu nome pode servir a mandato majoritário…

DETALHE

Aliados do Governo têm absoluta certeza que o ex-deputado Marcio Macedo (PT) está por trás das declarações do presidente da Juventude do PT em Sergipe.

As declarações foram grosseiras contra Jackson Barreto.

ANDRÉ MOURA

O líder do Governo, André Moura (PSC), vai ajudar o ministro Geddel Vieira Lima na coordenação de cargos federais com as bancadas dos Estados.

Os indicados passam por André e serão levados a Geddel para nomeação ou não.

CONSEGUIU

André Moura esteve na sexta-feira pela manhã com o presidente Michel Temer e em reunião com alguns ministros sobre a sessão de segunda-feira.

As medidas para ajuste fiscal serão votadas durante a sessão.

VALADARES

O senador Valadares (PSB), já na terça-feira próxima, fará reunião com lideranças da bancada de Sergipe, para ouvir nomes indicados para cargos no Estado.

Entregará as sugestões a André que passará para Geddel.

JOÃO ALVES

Os précandidatos a vereador de partidos que fazem composição com João Alves Filho (DEM), começam a ficar nervosos em relação à sua candidatura à reeleição.

Não são ouvidos e não têm certeza se o prefeito será candidato.

RETOMA

Segundo um aliado próximo a João Alves, uma avaliação eleitoral feita por outros candidatos, já mostram o prefeito em situação preocupante para os adversários.

Ele voltou a se posicionar bem na Capital.

Notas

Proposta – O governo federal enviará ao Congresso Nacional, segunda-feira, proposta que prevê um déficit (despesas maiores do que receitas) das contas públicas de até R$ 170,5 bilhões em 2016. Se confirmado, será o pior resultado da série histórica. Esses R$ 170,5 bilhões não incluem os juros da dívida.

0x0

Projeto – O presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB), informou sexta-feira. por meio de sua assessoria de imprensa, que irá votar na terça-feira, diretamente no plenário, o projeto de lei que reduz a meta fiscal de 2016, sem passar pela Comissão Mista de Orçamento (CMO), como de praxe.

0x0

Ironiza – O ministro Gilmar Mendes, do STF, e presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ironizou a crítica da presidente Dilma Rousseff (PT) à suspensão das diligências no inquérito que investiga o senador Aécio Neves (PSDB-MG). O inquérito foi autorizado por Gilmar Mendes, mas foi suspenso 24 horas depois.

0x0

No ânus – O presidente do TCE, Clóvis Barbosa, exibe declaração do deputado Sargento Isidório (PDT), da Bahia: – “são os defensores do dedo no ânus! Querem transformar essa Casa num cabaré!” Segundo Clóvis, O Deputado Sargento Isidório rebatia o discurso de um colega que elogiava o dia mundial de combate à homofobia.

0x0

Contra Lula – O ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), acatou, na sexta-feira, pedido do procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, para incluir elementos novos no inquérito contra o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

0x0

O relator da Comissão Especial do Impeachment, senador Antônio Anastasia (PSDB), apresenta na terça-feira, a partir das 11 horas, o plano de trabalho para a segunda etapa do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. A proposta será votada pelos membros da comissão.

Conversando

Afinidade – Rogério Carvalho (PT) diz que há afinidade entre o PT e o PCdoB. Assim como a aproximação da militância com o governador Jackson Barreto.

Trabalho – O Governo vê na ação de Rogério Carvalho um trabalho amplo para composição, sem arrogância e dentro das condições dos dois partidos.

Capaz – O ex-prefeito Edvaldo Nogueira diz que hoje é o pré-candidato capaz de derrotar o prefeito João Alves Filho.

Avanços – Edvaldo Nogueira fala sobre avanços de conversas com o PT e diz não sentir nenhuma resistência do partido pela sua candidatura.

Erros – Rogério Carvalho também disse que Edvaldo Nogueira continua repetindo erros de quando foi prefeito e “atropelando companheiros”.

Esperança – Eduardo Amorim diz esperar que Michel Temer dê uma nova esperança ao povo, mas lembra que ele não teve tempo para mostrar trabalho.

Votação – André Moura (PSC) diz já ter conseguido apoio dos líderes para a votação de medidas provisórias na Câmara dos Deputados já na segunda-feira.

Quem quiser – Radialista André Barros diz que diz que o PT de Sergipe vai apoiar quem quiser, independente da posição da executiva nacional.

Lula – Para evitar ‘destruição de programas sociais’, ex-presidente Lula da Silva (PT) diz que pode ser candidato em 2018.