23/05/16 - 06:31:34

Profissionais do Mais Médicos participam de encontro para atualização (Foto ascom SES)

Em pauta: o movimento popular de saúde, a abordagem clínica sobre a gripe Influenza e o vírus H1N1 e assuntos administrativos

Os profissionais do “Mais Médicos” de Sergipe participaram nesta sexta-feira, 20, no auditório da Secretaria de Estado da Saúde (SES), de mais uma edição da Locorregional, encontro que tem o objetivo de discutir temáticas importantes para o cuidado clínico do paciente, bem como integrar os médicos que fazem parte do programa. Três discussões foram programadas para ação: o movimento popular de saúde, a abordagem clínica sobre a gripe Influenza e o vírus H1N1 e assuntos administrativos.

As atividades foram conduzidas pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), através do tutor do programa, o professor João Cavalcanti, que integra a Comissão de Coordenação Estadual do Mais Médicos, composta, ainda, por representantes da SES, do Ministério da Saúde, do Cosems e da OPA (entidade que coordena o grupo de profissionais cooperados que vieram de Cuba).

“Os médicos participaram de debates sobre práticas integrativas e complementares, para que eles dialoguem mais próximo da necessidade da população; tiveram uma discussão sobre o manejo clínico relacionado ao H1N1, abordando o que eles podem fazer para auxiliar os pacientes; e, por fim, falaram sobre e a plataforma de educação permanente que eles utilizam”, detalhou.

Para o coordenador, manter essa rotina de atualizações é importante em dois aspectos. “Tanto para tratarmos de assuntos atuais, que fazem parte do dia a dia profissional desses médicos, quanto para a troca de experiência entre eles”, ressaltou, lembrando que o programa está presente em um terço das equipes de Saúde da Família em Sergipe, com um total, atualmente, de 177 profissionais, entre brasileiros e cubanos.

Para a coordenadora estadual interina do Programa Mais Médicos, Maria de Lourdes Menezes, manter esse momento de integração é importante, inclusive, para a qualificação dos profissionais e do próprio projeto. “São selecionados temas atuais, quem vão fazer diferença, especialmente, na relação médico/paciente”, opinou.

A referência descentralizada do Ministério da Saúde no estado, Katiene Fontes, também destacou a qualificação como ponto chave do evento. “Essa é uma ação pensada pela Comissão de Coordenação do programa que, certamente, contribui para a otimização das ações executadas pelos profissionais do Mais Médicos”, avaliou.

Fonte: Ascom SES