24/05/16 - 00:01:58

INFERNO ASTRAL

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

O presidente interino Michel Temer (PMDB) passa por um “inferno astral”, logo no inicio da gestão. Explode em seu Governo – posto pós-impeachment com o pressuposto de acabar com a corrupção – a primeira bomba que joga estilhaços sobre ele. Quem diria que o senador Romero Jucá (PMDB-RR), ministro do Planejamento, seria coadjuvante de uma gravação telefônica que cria graves complicações para ao Planalto?

Jucá comete erro equivalente ao do seu ex-colega Delcídio do Amaral (PT-MT), em bem maior proporção, ao planejar a paralisação da Operação Lava Jato, que vem pondo à nu políticos, empresários, ministros e até ex-presidente. Sabia-se que a corrupção não poderia ser monopólio de um determinado grupo do PT. O fato demonstra que uma banda grossa do PMDB, partido que há 13 anos também preside o Brasil, também está atolado nesse lamaçal.

Além disso, Temer não pode circular pelo País, da mesma forma que acontecia com Dilma. Em termos de popularidade, os dois se comparam. A diferença é que o PT montou uma estrutura de plantão permanente e combate o Governo Temer com rigor, sem dar trégua um instante sequer.

Acontece que Temer ainda não mostrou a que veio. O tempo é curto. Mas o povo percebeu que não daria certo pela montagem de um Ministério pífio, que pode até ter mudado de cara, mas apresenta currículo parecido no comprometimento com a corrupção. Com riso insosso, Temer esteve ontem no Congresso sob apupos e visivelmente sentido com o triste episódio de Jucá.

Precisa reagir para adquirir confiança e colocar o barco à frente. Se não o fizer, dificilmente suportará a reação da sociedade contra ele.

ANOTEM

A base aliada terá dois candidatos à Prefeitura de Aracaju: Zezinho Sobral (PMDB) e Edvaldo Nogueira (PCdoB). O caminho leva a essa solução.

PT e PMDB são aliados em Sergipe, mas um não quer o outro na Prefeitura.

FORTE

Setores do PT acham que o PMDB caso consiga a Prefeitura ficará muito forte porque já tem o Governo e com certeza não apoiará Zezinho Sobral.

Com Edvaldo, o PT acha que readquire a força em Aracaju.

NÃO DISCUTE

A maioria da militância petista em Aracaju já acha que não tem mais o que discutir para a Prefeitura de Aracaju: “é apoiar Edvaldo Nogueira e pronto”, decretou.

Razão: papel do PCdoB contra o impeachment e aliado a Dilma.

CAFÉ

Em café da manhã, em no hotel Del Canto, um grupo se reuniu para tratar do apoio. A ex-primeira dama Eliane Aquino participou para conversar sobre eleição em Aracaju.

Está determinada: só aceita ser vice se o candidato for Edvaldo Nogueira.

PESQUISA

O governador Jackson Barreto (PMDB) pretende realizar uma pesquisa, colocando todos os candidatos para ver quem está em melhor posição junto aos eleitores.

Daí é que poderá indicar o candidato da base aliada.

RAZÃO

Segundo informações de pessoas ligadas a JB, todos os précandidatos que chegam a ele levam pesquisas em que aparecem bem junto ao eleitorado.

JB fará pesquisa com instituto de fora do Estado.

GOLPES

Deputado Capitão Samuel acha que e história de golpe ninguém aguenta mais. Quem realmente está sofrendo golpes é o povo.

Golpes do PT, PMDB, inflação, desemprego etc…

VALADARES

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) participa do Parlasul, em Montevidéu e explica que não houve golpe no Brasil.

Relata como aconteceu o impeachment.

IRREVERSÍVEL

O presidente do PMDB, João Augusto Gama, disse ontem que a candidatura de Zezinho Sobral a prefeito de Aracaju pelo partido era “irreversível”.

Aparentemente não haverá recuo.

LUCIANO

O presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo (PMDB), vai assumir o Governo do Estado na primeira semana de junho.

Jackson Barreto e Belivaldo Chagas terão compromissos fora do Estado.

PROCESSO

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julga hoje o processo contra o prefeito de Itabi, Rubens Feitosa Neto, acusado por compra de votos durantes as eleições de 2012.

Se perder assume a prefeitura o segundo candidato mais votado no pleito.

MARCIO

O ex-deputado Marcio Macedo (PT) disse ontem que está conversando com segmentos do partido e do PMDB, sobre o amadurecimento para escolha do candidato a prefeito.

Marcio diz que realmente está discutindo as eleições deste ano.

GANHAR

Tesoureiro nacional do PT, Marcio Macedo sente que o objetivo do PMDB é ganhar as eleições: “a nossa também seja qual for o candidato, Zezinho ou Edvaldo”.

– O PT ainda não decidiu sobre nome do candidato, disse.

SIMPATIA

Marcio admite que a base do PT tem simpatia forte pela précandidatura de Edvaldo Nogueira (PCdoB), pela postura do seu partido em relação ao impeachment.

– Mas não esquece que Jackson Barreto também teve posição firme no episódio.

DECISÃO

Entre as duas semanas de junho, o grupo liderado hoje por Marcio Macedo tomará uma posição e anunciará, ao partido, o candidato do bloco.

– Se conseguir consenso, o nome será proposto a Jackson Barreto.

CONTINUA

Segundo um deputado da base aliada, apesar da posição do deputado Valadares Filho, o PSB não desencarnou da estrutura de Governo.

E nem o governador Jackson Barreto vai demiti-los.

SANGRAR

O Governo Michel Temer começa a sangrar. Provavelmente não se sustente porque o povo está nas ruas gritando o “fora Temer”.

È um movimento do PT que começa a contagiar o povo.

SEM GRAÇA

Temer não está podendo governar. Nem sua casa em São Paulo pode visitar que o pessoal está firme no seu rastro e daqueles que integram o seu Governo.

Temer escolheu muito mal e não mudou a cara do Poder sem caráter.

Notas

Anulação – O PDT entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a anulação da reforma administrativa feita pelo presidente interino Michel Temer (PMDB). Os pedetistas questionam o fato de um governo provisório mexer em postos-chave da administração pública, como trocar ministros e fundir pastas.

0x0

Meta Fiscal – Renan Calheiros (PMDB), anunciou que vai antecipar a sessão conjunta da Câmara e do Senado, marcada para hoje à tarde e destinada à apreciação de vetos e da nova meta fiscal, para as 11 horas da manhã.  De acordo com ele, a aprovação da meta “não é interesse do governo, é interesse nacional”.

0x0

Parente – O Conselho de Administração da Petrobras se reuniu ontem extraordinariamente para apreciar a indicação do executivo Pedro Parente para a presidência da estatal, mas não tomou nenhuma decisão. Além do comando da estatal, Parente também foi indicado para presidir o Conselho de Administração.

0x0

Vaias – O presidente em exercício Michel Temer foi ao Congresso nesta ontem para entregar ao presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), a proposta de revisão da meta fiscal prevista para este ano. Temer foi recebido com vaias e gritos de “golpista”, por pessoas que estavam no Senado.

0x0

Exoneração – Uma semana e meia após ser nomeado ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB) anunciou ontem, sob vaias e protestos, que vai se licenciar do cargo a partir de hoje. Embora tenha anunciado “licença”, ele disse que “tecnicamente” pede exoneração porque voltará a exercer o mandato de senador.

0x0

Enem – O Enem registrou 9.276.328 inscritos. O número representa um aumento de 9,4% em relação a 2015, quando cerca de 8,5 milhões de candidatos se inscreveram. Trata-se também do segundo maior número de inscritos no exame, ficando atrás apenas de 2014, quando o Enem registrou 9,5 milhões de inscritos.

Conversando

Selic – Pesquisa Focus, divulgada ontem pelo BC, aposta que taxa Selic será cortada para 12,75% no final deste ano e o dólar ficará em R$ 3,67.

Apostas – Em conversa, ontem, em um restaurante de Aracaju apostava-se quem era o pior candidato para a prefeitura da Capital.

Delírio – Suposto pacto com STF para barrar Lava Jato é ‘delírio de imaginação’ de Jucá, diz o ministro Carlos Ayres Britto.

Redução – De Cláudio Nunes: agora MPE! Redução de combustíveis em todos os postos comprova cartel em Sergipe. Motivo foi queda nas vendas e decidiram tudo.

Chá – Edvaldo Nogueira diz que nunca deu chá de cadeira em JB. Lembra que tanto ele já coordenou campanha de JB quanto JB já coordenou campanha sua.

Feliz – João Gama diz que PMDB está feliz com crescimento de Zezinho Sobral e que partido esperava a reciprocidade dos outros partidos.

Pago? – Empresário que ganhou chamamento público do Forro Caju explica como poderá haver cobrança de ingressos que podem chegar a 200 reais.

Relato – Vereador Emmauel Nascimento (PT) relata momentos de aflição sofridos quando foi vítima de sequestro relâmpago.

Maioria – Vereador Emmanuel reafirma que apoiará para prefeito de Aracaju quem foi escolhido pela maioria dos militantes.