26/05/16 - 07:30:03

Leilões de animais de leite e de corte movimentarão Exposição (Foto Assessoria)

Por: Rebecca Melo

Dois grandes Leilões irão movimentar a programação da Exposição Agropecuária de Frei Paulo, que acontece de 25 a 29 de maio, no Parque de Exposições Manoel Vivaldo. O município, que segundo o levantamento ‘Produção Pecuária Municipal’ [realizado pelo IBGE e fornecido pela Emdagro], já reunia um rebanho bovino de mais de 30 mil cabeças em 2012, de destaca pela relevância do agronegócio, e promete fomentar o setor com a movimentação de mais de R$ 3 milhões entre vendas diretas, vendas de máquinas e implementos agrícolas, e os leilões.

No sábado, 28, o Leilão Nova Geração terá início às 15h, reunindo animais de alta lactação de cerca de 15 expositores. Entre eles, Guga Paixão, Lafayette Sobral e Hélio Mendonça dividem a organização do evento. Serão 50 animais de produtores vindos de Sergipe, Bahia e Alagoas, com faturamento previsto em cerca de R$ 500 mil. “Será um leilão para quem quer genética, com animais melhorados, provenientes de fertilização in vitro (FIV), inseminação artificial, etc. Teremos embriões, bezerras e vacas de alta lactação. Então, vamos disponibilizar muita genética e muito leite.”, conta Hélio Mendonça, da 2HM, que afirma que Sergipe desponta como uma das maiores bacias leiteiras do Nordeste.

No dia seguinte – a partir das 10h do domingo, 29 -, será a vez de leiloar os animais de corte, que serão vendidos durante o 1º Leilão Sergipe Nelore Elite, dedicado exclusivamente a animais diferenciados. À frente da organização, Alexandre Vieira da Rocha, da Onça Agropecuária, exporá 16 dos seus animais, esperando o finalizar o leilão com um faturamento médio de R$ 200 mil. “Os animais do Leilão Elite são aqueles escolhidos a dedo na fazenda – os que têm preparo e tratamento especiais”, conta Alexandre que, juntamente com outros quatro criadores sergipanos e dois vindos de outros estados, levarão para o evento cerca de 50 animais – a nata dos seus rebanhos da raça Nelore – da linhagem Mocho [sem chifre] e da Padrão [com chifre].

Melhoramento

Os dois leilões têm em comum a assessoria da Giro do Gir e de Ricardo Legal, e a condução da Bahia Leilões, que segundo Gustavo Simões, inicia o trabalho com a escolha dos animais que irão participar. “A gente vai na fazenda do cliente e separa os animais, juntamente com as assessorias. O objetivo é colocar à venda animais que interessem aos clientes. E como a gente tem experiência, separa o que o mercado quer e o que o mercado não quer”, pontua.

Ele explica que os critérios utilizados envolvem a escolha de animais com genética avançada. “São aqueles mais produtivos: as vacas Girolando de alta lactação e os touros Nelore que vão gerar os melhores bezerros de corte, por exemplo. Colocando esses animais à venda, a gente faz a genética chegar aos produtores e, com isso, haver um salto de qualidade entre os rebanhos”, analisa Simões. Na sua visão, Sergipe deu uma guinada nos últimos cinco anos. “Os sergipanos são profissionais em fazer silagem. É uma cultura local, sobretudo por causa do sacrifício da seca. Isso também fez com que deslanchassem para a genética. E esse é um grande avanço, que eleva a qualidade geral dos rebanhos”, conclui.

Programação

A programação do evento também inclui a 24ª Exposição de Animais da Região Centro Oeste do Estado, que terá julgamento de bovinos, equinos, caprinos e ovinos; torneio leiteiro de bovinos e caprinos; e exposição de máquinas e implementos agrícolas. Durante os cinco dias de evento serão expostos ao público 390 animais. Desse total 40 são equinos, 250 bovinos, e 100 entre ovinos e caprinos. O público também poderá participar de minicursos e palestras nos dias 26, 27 e 28, oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), em parceria com o Sebrae e a Secretaria Municipal da Agricultura de Frei Paulo.