27/05/16 - 11:32:06

ARACAJU RECEBE JOGO QUE INCENTIVA COMBATE AO AEDES AEGYPTI

Ação do Ministério da Saúde ensina, de forma divertida, como combater o mosquito que transmite dengue, chikungunya e Zika. O jogo percorrerá todas as capitais do Nordeste

Combater o mosquito Aedes aegypti é uma das prioridades do governo federal. Por isso, o Ministério da Saúde está realizando uma ação divertida de combate ao mosquito em todas as capitais do Nordeste desde o começo desta semana. A ação visa reforçar a importância de não deixar água parada os estados estão participando de uma intervenção urbana. Nesta sexta e sábado, 27 e 28 de maio, o jogo gigante “Zika Zero” está instalado no Mercado Central de Aracaju (SE), das 08h às 17h, para que a população possa, de maneira lúdica, matar as larvas do mosquito e não deixar o vetor nascer.

O objetivo do jogo “Zika Zero” é chamar a atenção da população, usando um método lúdico e divertido, para um assunto sério, que é eliminar os criadouros do mosquito. Adultos e crianças receberão orientações sobre o combate ao Aedes aegypti e poderão jogar a versão digital em totens próximos. A ação começou em Salvador, nos dias 23 e 24 de maio e continua, até 25 de junho, passando pelas cidades de Aracaju, Maceió, Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Teresina e São Luís. Em Salvador, cerce de 3 mil pessoas participaram da brincadeira e aprenderam formas simples e rápidas de combater o mosquito.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros explica que a ação explora a mensagem de que a água não deve nunca ficar parada, evitando que se torne um foco para o mosquito. “Cada um de nós deve tomar uma atitude para evitar que o mosquito se prolifere e vire uma ameaça ainda maior”, disse, reforçando que a ação é educativa. “O tamanho da instalação vai chamar a atenção de todos em prol de um mesmo objetivo, que é combate o vírus Zika”, afirmou.

O jogo (2×3,6m) estará disponível para adultos e crianças, além de dois totens com a versão digital. A brincadeira inicia com larvas do mosquito Aedes aegypti flutuando na água e no meio do lixo. Por meio de um botão, o jogador faz a água se mexer, causando a movimentação da larva para o alvo indicado, que é uma lixeira. Cada vez que uma larva é colocada no alvo, um alerta com informação sobre prevenção aparece na tela informando o jogador: “Elimine pneus de forma apropriada para que não acumulem água parada”. Além da mensagem, cada larva eliminada dá pontos para o jogador. Ao final do tempo estabelecido, o jogador pode compartilhar em sua rede social quantas larvas ele eliminou.

Toda a ação será filmada para a geração de vídeos para a internet, propagando ainda mais as informações de combate ao mosquito. A iniciativa servirá para complementar a campanha do Ministério da Saúde. Dessa forma será possível conscientizar, não só quem for abordado na intervenção, nas diversas localidades, mas também amplificar a mensagem, multiplicando o número de pessoas atingidas por meio das redes sociais.

MOBILIZAÇÕES – Entre as ações já realizadas contra o Aedes aegypti, estão a Semana da Família na Escola, que envolveu estudantes, profissionais da educação e familiares dos 223 municípios considerados prioritários para o combate ao mosquito. Outra ação envolvendo o ambiente escolar foi a Semana Saúde na Escola, que contou com a participação de mais de 18 milhões de estudantes, em 4.787 municípios, envolvidos em atividades contra o Aedes.

Além das ações no ambiente escolar, já foram realizadas mobilizações em todos os prédios da administração pública para checagem das instalações em busca da eliminação de possíveis focos. A iniciativa serviu para intensificar as vistorias nos imóveis federais, que já vêm sendo realizadas nos prédios públicos de forma permanente desde o dia 29 de janeiro.

No dia 13 de fevereiro foi realizado o Dia Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti, quando ministros e gestores públicos vistoriaram 2,8 milhões de imóveis, em 428 municípios do País. A ação contou com 220 mil integrantes das Forças Armadas, em conjunto com os agentes comunitários de saúde e os agentes de controle de endemias.

Ainda em fevereiro ocorreu a Mobilização Nacional da Educação Zika Zero, em parceria com os estados e municípios. Na ocasião, ministros, governadores, secretários de educação municipais e estaduais, além de outras autoridades e militares das Forças Armadas, percorreram as capitais brasileiras e 115 municípios no combate ao mosquito, aproveitando o período de volta às aulas para incluir as comunidades escolares nas ações de combate e prevenção ao mosquito.

LOCALIDADES E DATAS DO ‘ZIKA ZERO’ – Todas as capitais do Nordeste recebem a intervenção urbana entre os dias 23 de maio a 26 de junho:

CAPITAL ENDEREÇO DATA
SALVADOR Shopping da Bahia (Antigo Iguatemi) 23 e 24/05
ARACAJU Mercado Central 27 e 28/05
MACEIÓ Centro – Rua Oliveira Silva 31/05 e 01/06
RECIFE Parque Dona Lindu – Boa Viagem 4 e 5/06
JOÃO PESSOA Praça Vidal de Negreiros – Centro 8 e 9/06
NATAL Praça Cívica 13 e 14/06
FORTALEZA Praça do Ferreira (Centro da Cidade) 16 e 17/06
TERESINA Praça João Luis Ferreira 20 e 21/06
SÃO LUÍS Espigão (praiana) – Ponta da Areia 24 e 25/06

 

Por Amanda Mendes, da Agência Saúde