28/05/16 - 06:20:03

Você sabe a origem do frango que consome? (Foto ascom Sema)

Muitas pessoas consomem frangos e não sabem a sua procedência. Essa, no entanto, é uma preocupação constante da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), que vem fiscalizando abatedouros na capital, a fim de impedir estabelecimentos clandestinos. Nesses locais, os frangos são abatidos de forma irregular e isso acarreta em consequências desastrosas para saúde.

No ano passado, seis abatedouros clandestinos foram fiscalizados e notificados pelos ambientalistas da Sema em Aracaju. Já neste ano, de janeiro até agora, nove denúncias chegaram à Sema. De 2015 até hoje, cinco abatedouros clandestinos foram interditados sem condições de funcionamento.

A falta de higienização é um dos principais problemas desses abatedouros que operam clandestinamente. Aparelhos de abate enferrujados acabam favorecendo a contaminação da carne. Além disso, existe outro problema sério: as vísceras e resíduos dos frangos, em geral, são descartados irregularmente, afetando o meio ambiente. Os dejetos são atirados em rios, córregos e até na rede de esgoto.

A Sema segue a Lei Municipal 4.145/2012, que proíbe a instalação e funcionamento de abatedouro de aves ou quaisquer animais nas zonas residenciais de Aracaju, salvo quando atendidas as exigências da legislação ambiental e sanitária.

Caso encontre um abatedouro atuando clandestinamente em residências ou em qualquer outro local inapropriado, denuncie. Ligue para Sema pelos telefones: 3225-4150/3225-4151. As denúncias podem ser efetuadas também no órgão, que fica localizado na Avenida Pedro Paes de Azevedo, nº 853, Bairro Salgado Filho.

Fonte assessoria