30/05/16 - 09:08:20

EMRESÁIO DESABAFA: SÓ VEREADOR TEM DIREITO A ASSISTÊNCIA

Após passar momentos de terror nas mãos de dois bandidos, um pequeno empresário do município de Laranjeiras, fez um desabafo ao pedir mais segurança aos moradores e comércio da cidade.

Na manhã desta segunda-feira (30), um pequeno empresário, proprietário de uma venda de água mineral e gás, contou que sua empresa já foi assaltada mais de 16 vezes. Muito emocionado, o empresário afirmou que “nós tínhamos um pequeno comércio e que minha mulher cuidava, que foi assaltado 16 vezes. Nós fomos obrigados a fechar inclusive”, contou o comerciante, explicando que é aposentado e que tem o comércio em busca de melhor condição de vida.

Segundo ele, neste domingo (29), por volta das 11:30 horas, dois elementos invadiram a sua empresa de revenda de água e gás e anunciaram o assalto. Sob a mira de um revólver, o comerciante foi humilhado, ameaçado e teve dinheiro, telefone e relógio levado pelos dois marginais.

Em tom de desabafo, o comerciante disse em entrevista a uma emissora de rádio que “eles me humilharam, me chamando de fuleiro. Fizeram eu tirar minha roupa e eu tinha dito que todo o dinheiro estava na gaveta. Quando eles encontraram o dinheiro que estava em minha calça eles perguntaram se eu não tinha medo de morrer. Uma verdadeira tortura psicológica”, desabafou o comerciante, explicando que os dois marginais deixaram o local usando uma bicicleta.

Ao final da entrevista ele contou que minutos após o assalto, um funcionário chegou ao estabelecimento e ao saber do corrido foi até a delegacia solicitar ajuda e que segundo ele, “até hoje não apareceu. Eles saíram de bicicleta e eu pedi para que meu auxiliar fosse até a delegacia pedir socorro. Só que não apareceu ninguém. Eu vi o relato do vereador Valdir Santos que também foi assaltado. Será que só vereador tem direito a assistência?”, questionou o comerciante ao se referir ao assalto sofrido pelo vereador na última sexta-feira, no bairro Santa Maria, onde várias viaturas da policia estiveram no local.

Munir Darrage