31/05/16 - 14:41:11

Defensoria atendeu mais de 50 pessoas no mutirão da Catedral (Foto ascom)

Por Débora Matos

Uma equipe composta por defensores públicos, assistentes sociais, psicólogos e demais funcionários da Defensoria Pública do Estado de Sergipe realizaram atendimento no último sábado, 28, durante o primeiro Mutirão da Catedral Metropolitana de Aracaju, no Centro.

Foram atendidas 54 pessoas, que solucionaram diversas questões como divórcio, separação, exames, juros de cartão de crédito, entre outras relacionadas ao Direito do Consumidor, Família e Sucessões.

Segundo um dos organizadores, Osmário Brito, o primeiro mutirão teve o objetivo de acolher a comunidade da região do centro. “Oferecemos serviços como emissão de carteira de identidade, consulta jurídica, bazar beneficente, corte de cabelo, entre outros ofertados por diversas instituições públicas e privadas”, disse.

É um trabalho de evangelização, afinal, o país e o mundo passam por um momento tão delicado, por isso, precisamos nos somar e ajudar as pessoas a sair dessa crise. Foi a nossa primeira ação social e nos próximos anos vamos amadurecer o projeto e aumentar a gama de serviços. Aproveito para agradecer a Defensoria Pública, que prontamente aceitou nosso convite e prestou um brilhante pré-atendimento”, enalteceu Osmário.

Para a dona de casa, Janilde de Ferreira Santos, a Defensoria realizou um excelente trabalho e enalteceu a forma delicada e paciente que os colaboradores da instituição ofereceram. “Eles explicaram, de maneira fácil, sobre os mais variados assuntos. Se fosse para dá uma nota, daria nota 1000, vocês estão de parabéns. Peço que esse trabalho não pare, pois existem muitas pessoas precisando de auxílio sobre os seus direitos”, enfatizou.

O aposentado, Leonel Marques, disse que teve conhecimento do mutirão e que a Defensoria estaria atuando através de um parente que trabalha no Centro. “Não medi esforços para tirar minha dúvida sobre emissão de 2º via da certidão de casamento. Achei muito boa a presença da Defensoria nesse dia, apesar de um feriado prolongando, essa foi uma ótima oportunidade para levar às pessoas os serviços oferecidos por uma instituição tão séria e que está à disposição dos mais carentes”, declarou Leonel.

A defensora pública, Marlene Martins Leal, fez questão de destacar a importância da parceira com a igreja católica e a iniciativa em realizar atividades inteiramente gratuitas à população. “A iniciativa da igreja é bastante louvável porque a gente vem para dá uma assistência às pessoas que são mais necessitadas e aproveitamos para apresentar os serviços da Defensoria Pública, que muitos desconhecem”, pontou Marlene.