31/05/16 - 00:01:16

PESO NA BALANÇA

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

O Partido dos Trabalhadores vai decidir amanhã, depois de reunião da cúpula estadual, algumas posições da legenda sobre a participação nas eleições para prefeito de Aracaju. Não será uma definição, mas vai bater martelo em torno de pontos de vistas que tem apoio da maioria. O PT não terá candidatura própria. Talvez também não se arrisque em oferecer o nome do vice. Quer participar do pleito ativamente para uma reestruturação partidária.

O nome do ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) aparece como o preferido pelo PT em Aracaju. Pelo histórico de afinidades, quanto pelo posicionamento contra o impeachment. Isso até fortaleceu o relacionamento entre PT e PCdoB, que sempre assinaram juntos os mesmos desejos e sonhos. Teoricamente o PMDB passou a ser o adversário ferrenho. “O traidor e golpista”, como grita a própria Dilma, com aplausos de Lula, pelo processo de impeachment.

Sergipe se comportou diferente. Governador Jackson Barreto (PMDB) não acompanhou a decisão nacional e se posicionou contra a saída de Dilma Rousseff (PT). Assiste toda a movimentação sobre as eleições municipais e não relata publicamente quem é o candidato de sua preferência à Prefeitura de Aracaju que, teoricamente, teria o apoio de todas as demais legendas aliadas ao Governo.

Nos bastidores quem o acompanha percebe uma queda clara em favor do précandidato pemeedebista Zezinho Sobral. Hoje, menos sutil que antes…

O PT, que a cada dia exibia preferência por Edvaldo Nogueira, começa a expor sinais de mudanças, exceto na Articulação de Esquerda, em relação a Zezinho Sobral. Duas razões para isso: domínio da Secretaria da Cultura, à disposição de Marcio Macedo, e absoluta necessidade de composição mais robusta para as eleições de 2018. Os dois itens começam a pesar na balança.

TEMER

Temer não demitiu Fabiano Silveira do Ministério da Transparência, por ser indicação do presidente do Senado, Renan Calheiros, preferiu que ele pedisse para sair.

Renan estará na definição do impeachment. E Temer teme…

MUITO MAL

Temer não pode ficar refém de Renan quando assiste um dos seus indicados sugerir formas de se sair da Operação Lava Jato. Se o fizer perde apoio e respeito.

Principalmente por ser o ministro da Transparência.

SILVIO

Silvio Santos (PT) faz análise correta ao observar que várias candidaturas dentro da mesma aliança terminaram por enfraquecê-la.

Na realidade a base aliada está em confronto.

EDVALDO

Silvio Santos tem preferência por Edvaldo Nogueira (PCdo). Mas espera decisão da tendência petista Unidade na Luta, a qual ele integra.

O PT está praticamente fechado com Edvaldo.

REUNIÃO

Amanhã a Executiva do PT se reúne e vai “bater o martelo” sobre alguns pontos da sucessão municipal. Pode não tomar uma decisão, mas dará perfil do rumo a tomar.

Circulou a informação de que o nome para vice pode não ser o de Eliane Aquino.

ENCONTRO

O governador Jackson Barreto (PMDB) teve conversa com Eliane Aquino neste final de semana e esteve em pauta a questão da candidatura a vice.

Eliane deve se manter fora da disputa.

GUALBERTO

O líder do Governo, Francisco Gualberto, da tendência petista Classe Operária, defende o apoio do partido no candidato que Jackson Barreto indicar.

Não poderia ser diferente.

LAVA JATO

O advogado Evânio Moura, de Sergipe, atua na defesa do deputado federal Roberto Brito (PP-BA), que responde a processo na Operação Lava Jato.

Evânio está entre os melhores advogados do País.

JOÃO ALVES

O prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) está em Brasília. A informação é que ele terá encontro com Michel Temer em busca de recursos.

Trata-se de emendas ainda não enviadas a Aracaju.

ANIMADO

Depois de receber resultado de pesquisa interna realizada pelo Dataform, João Alves demonstra disposição em disputar a reeleição do seu mandato em Aracaju.

Há quase unanimidade de que ele já está no segundo turno.

MANDATO

Há possibilidade real do deputado federal Valadares Filho (PSB) pedir licença na Câmara durante a campanha. Assume Bosco Costa (Pros).

A decisão será tomada às vésperas das eleições.

ROBSON

Comentário na Assembleia diz que o deputado Robson Viana (PEN) é quem tem melhor jogo de cintura nesse momento de montagem de chapas para disputar a Prefeitura.

Ele circula bem entre Jackson Barreto e João Alves Filho.

EDUARDO

Quanto ao senador Eduardo Amorim (PSC) o partido lança sua précandidatura a prefeito numa sexta-feira, 17 de junho. Está decidido e não há recuo.

A dúvida é se ele manterá isso até a convenção.

CORRETAS

O prefeito Fábio Henrique (PDT) confirma que a realização de pesquisas realizadas em Socorro e São Cristóvão “são absolutamente verdadeiras”.

A informação foi publicada sexta-feira pela coluna.

EM MÃOS

Fábio confirmou que o governador Jackson Barreto tem em mãos essas pesquisas. JB também mostrou os resultados ao deputado federal Jony Marcos (PRB).

A pesquisa em Socorro fora encomendada pela vereadora Maria da Taiçoca.

IRONIZA

O précandidato José Franco (PSDB) ironizou o que teria revelado a pesquisa e diz que ele tem avaliações que o colocam bem na disputa.

Jony Marcos também demonstrou dúvida sobre as posições demonstradas.

APERIPÊ

Givaldo Ricardo foi nomeado para a direção da Aperipê, em lugar de Messias Carvalho. Jefferson Andrade será diretor Técnico e Wallace diretor administrativo.

O diretor de Captação é Luis Eduardo Oliva.

COMUNICAÇÃO

Jackson Barreto também decidiu transferir a coordenação da TV-Aperipê da Secretaria da Cultura, para a Secretaria da Comunicação.

Já passa a vigorar a partir de hoje.

Notas

Lagarto – O deputado federal Fábio Reis (PMDB) entrou com queixa crime contra Juquinha do PT, Nason, membro do Síntese, e um dos integrantes do MST que fizeram manifestação contra ele em frente à sua casa, na cidade de Lagarto, protestando contra o seu voto favorável ao impeachment da presidente Dilma.

0x0

Renan – Presidente do Congresso Nacional, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) soltou nota na noite desta segunda-feira para dizer que não fará indicações para a composição do governo. Segundo Renan, depois do incidente com o ex-ministro da Transparência, ele não indicará ninguém para o Governo Temer.
0x0

Lidice – Reunião de dirigentes petistas realizada ontem deu indicativos de que o PT não deve ter candidatura própria a prefeito de Salvador nas eleições de 2016. A informação, no entanto, circula apenas nos bastidores da legenda. O PT pode apoiar a senadora Lídice da Mata (PSB) à Prefeitura da capital.
0x0

Parente – A Petrobras informou nesta segunda-feira que o executivo Pedro Parente foi nomeado como conselheiro de administração e presidente da estatal a partir de 31 de maio, após a renúncia de Aldemir Bendini. Luciano Coutinho apresentou carta de renúncia ao Conselho de Administração.

0x0

Maioridade – A redução da maioridade penal volta à pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) ontem. A PEC 33/2012, do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), abre a possibilidade de penalizarão de menores de 18 anos e maiores de 16 anos pela prática de crimes graves.

0x0

Estupro – Deputadas e senadoras vão acompanhar os desdobramentos do episódio do estupro coletivo ocorrida no Rio. Bancada feminina também pede o fortalecimento da rede de atendimento a mulheres em situação de violência e quer a tramitação acelerada de projetos que aumentam a punição para estupro coletivo.

Conversando

Sintomas – O Governo Temer não deve escolher para sua equipe nomes que, de alguma forma, esteja com sintomas de prática de corrupção.

Rouanet – A Lei Rouanet deve proteger artistas e escritores que não ainda estejam engatinhando para chegar lá. Artistas bem sucedidos não precisam dela.

Alerta – Militares alertam: O Congresso está no fundo do “poço”, desmoralizado! É ruim quando a caserna começa a alertar alguma coisa.

Distância – O presidente da Adema, ex-senador Almeida Lima (PMDB), avisa que fará acompanhamento da sucessão municipal da PMA “à distância”.

Projetos – Ricardo Franco fala sobre seus projetos no Senado Federal e destaca necessidade da transparência no uso do dinheiro público.

Aflição – Vereador Valdir Santos narra momentos de terror e aflição que vivenciou nas mãos de bandidos durante assalto ocorrido no Santa Maria.

Recolher – Radialista Gilmar Carvalho critica toque de recolher que está sendo imposto por marginais no Santa Maria.

Popular – Sargento Edgard mostra que uma coisa o governo do PT provou: governo populista não dá certo. Acabaram de acabar o Brasil.

Sem força – O presidente do Senado, Renan Calheiros, está se tornando um Eduardo Cunha. Renan perde força no Congresso