01/06/16 - 15:33:20

Governo de Sergipe vai implantar o Plano de Cargos do Funcionalismo! Só resta entender o “milagre” de Jackson com o PCCV e a LRF!

O governador Jackson Barreto (PMDB) é digno de elogios e do reconhecimento do funcionalismo público mesmo com dois anos de atraso: enfim, a implantação do Plano de Carreiras, Cargos e Vencimentos (PCCV) aparenta ter se tornado real. O chefe do Executivo Estadual reuniu o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos de Sergipe (Sintrase) para anunciar que os servidores públicos estaduais da Administração Direta, Saúde e Engenharia seriam os primeiros a serem contemplados.

Ontem, Jackson reuniu 13 categorias para um comunicado geral sobre a conclusão do PCCV, beneficiando cerca de oito mil trabalhadores. Com o anúncio, segundo o próprio governo, no salário dos contracheques do mês de maio todas as categorias estarão sendo atendidas, já que recebem salário até o dia 11 de junho. Os 6.018 servidores que têm um ajuste até R$ 500, receberão o valor integralmente na folha de maio. Os 1.800 que têm o Ajuste Provisório superior, receberão o valor de R$ 500 nos vencimentos de maio, e o restante de acordo com o cronograma que o Governo vai anunciar até 11 de junho.

Vale lembrar que os Planos de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV’s) foram criados pelo Governo do Estado e aprovados na Assembleia Legislativa em abril de 2014 e estão valendo desde o dia 1° de julho daquele ano, data em que os direitos garantidos em Lei começaram a valer e que teve início a contagem para os diversos benefícios que advêm dos planos. A primeira etapa foi implantada com a incorporação de 30 gratificações da Administração Geral, Saúde e Área da Engenharia. No contracheque, essas gratificações passaram a ser denominadas Vantagem Pessoal Incorporada (VPI).

Agora, reconhecido o mérito do governador que, após 30 anos de luta dos trabalhadores, atendeu essa demanda histórica, vamos aos dados financeiros: o governo de Sergipe finalizou 2015 acima (47,82%) do Limite Prudencial (46,55%) de gastos com pessoal. Como explicar o “milagre” feito por JB em apenas quatro meses? À época a despesas com pessoal era da ordem de R$ 3,037 bilhões. Para que chegasse ao índice atual, o governo teria que ter reduzido para R$ 2,957 bilhões.

Em quatro meses, em meio a crise financeira que vivemos, nos deparamos com quedas de receitas dos Estados e nem percebemos grandes cortes nas despesas com pessoal que justifiquem. É válido frisar, ainda, que cortar despesas como alugueis de prédios, materiais de expediente e escritório, material de limpeza, peças e acessórios de veículos, por exemplo, não contam como despesas de pessoal e sim como despesas de custeio. Seria interessante que, a Secretaria da Fazenda, que sempre apresentou essa realidade financeira, esclareça como o governo fechou essa equação. No mais, se os servidores forem beneficiados, é reconhecer e aplaudir o governo do Estado pela política de inventivo e valorização.

Veja essa!

O secretário de Estado do Esporte e do Turismo, Adilson Júnior, se desincompatibilizou do cargo para preparar sua pré-candidatura a prefeito de São Cristóvão. Adilson é irmão do atual prefeito de Socorro, Fábio Henrique (PDT), que encerra sua gestão este ano, após oito anos de mandato.

E essa!

Em São Cristóvão, Adilson Júnior articula uma espécie de unidade entre todos que fazem a oposição no município. Ele tenta fechar uma composição com Marcos Santana (PMDB), que também é pré-candidato a prefeito. Também estão na disputa Carlos Vilão (DEM), Betão (PSD), Gedalva Umbaubá (PTN) e, possivelmente, o atual prefeito, Jorge Eduardo (Jorjão), que terá o apoio do grupo liderado pelos ex-prefeitos Armando Batalha e Rivanda Farias. O ex-prefeito Lauro Rocha (PRB) também pode disputar.

Bomba!

Confirmando Politizando, que noticiou isso há algum tempo, ontem foi confirmada a chapa para prefeito e vice de Socorro, composta pelo deputado estadual Padre Inaldo (PCdoB) e Betinho (PMDB), respectivamente. E, com isso, está praticamente consolidado o apoio do governador Jackson Barreto (PMDB) a chapa de oposição.

Acordão?

Há quem diga que JB poderia “costurar” uma espécie de “acordão” na Grande Aracaju: com o apoio formal ao Padre Inaldo, facilitaria um possível recuo da pré-candidatura de Edvaldo Nogueira (PCdoB) em Aracaju, viabilizando Zezinho Sobral (PMDB), e o recuo da pré-candidatura de Kleverton Siqueira (PDT) em Socorro, em troca do apoio a Adilson Junior em São Cristóvão, com o recuo de Marcos Santana para vice. Será?

Exclusiva!

A FUNESA promove o pregão 05/2016 nesta quinta-feira (2), a partir das 9 horas, mas a boca miúda comenta-se que já se teria um vencedor para o processo licitatório. O pregão será presencial, o que inviabiliza a participação de vários licitantes, criando dificuldades, levantando fortes indícios de direcionamento e de serviços desnecessários que serão faturados. Politizando recebeu a informação que o Ministério Público e o TCE serão comunicados por empresas do ramo que se sentiram prejudicadas pelas dificuldades criadas.

Márcio Macedo

O secretário nacional de Finanças do PT, Márcio Macêdo, participou, ontem, da reunião da Executiva Nacional do partido, em Brasília. A conjuntura política, as eleições municipais de 2016 e encontros setoriais da sigla foram debatidos no encontro. A Executiva do PT aprovou o texto de resolução com o título de “Não ao Golpe, Fora Temer, Em defesa da democracia, Nenhum direito a menos!”, que aborda os últimos fatos políticos ocorridos no país.

Eduardo Amorim

O senador Eduardo Amorim (PSC) destacou ontem, a relação da Petrobras com a economia sergipana. Ele lembrou da descoberta em 2010 de um poço em águas profundas, a 57,3 Km  da costa do estado, conhecido informalmente como ‘Barra’. “É importante chamar a atenção e frisar que a capacidade de produção do mesmo tipo de plataforma em nossas reservas é idêntica à do pré-sal nos campos do Rio de Janeiro”, explicou.

Águas Profundas

O senador lamentou em seu discurso que esse projeto, o ‘Barra’, foi postergado para além de 2022, pelas dificuldades que passa a Petrobras. “Além desse promissor campo em águas profundas o conjunto de campos terrestres do estado produz atualmente 27.000 barris por dia e possuem uma reserva de 118,5 milhões de barris de óleo equivalente”, disse Eduardo.

Lagarto

O deputado estadual Valmir Monteiro (PSC) reuniu-se com o seu colega parlamentar Gustinho Ribeiro (PRP) para tratar de assuntos de interesse do povo sergipano, dentre eles, o sistema de licitação do mercado municipal de Lagarto. Gustinho, ao usar a tribuna da Assembleia, na semana passada, alertou o Tribunal de Contas do Estado (TCE) para uma possível fraude no sistema de licitação no novo mercado de Lagarto e ontem ganhou o apoio de Valmir Monteiro.

Augusto Bezerra I

O deputado estadual Augusto Bezerra (PHS), em entrevista ao radialista Gilmar Carvalho, na manhã de hoje (1º), voltou a se manifestar publicamente. Afastado pelo Poder Judiciário de seu mandato na Assembleia Legislativa, o parlamentar esclareceu que já provou à Justiça que não recebeu nenhum recurso proveniente às verbas de subvenção social.

Augusto Bezerra II

“Eu já provei ao Ministério Público Estadual que não houve nenhum retorno de verba de subvenção para a minha conta. Houve um cheque assinado no fundo para a liberação de um dinheiro que estava bloqueado por 48 horas. É um procedimento normal para todos os detentores de contas”, explicou o deputado.

Augusto Bezerra III

Em seguida, o parlamentar explicou ao radialista que “Minha conta ficou à disposição da Justiça e ninguém enxergou que houve retorno de dinheiro ou algum saque. Eu quero provar minha inocência. Decisão judicial não se discute, se cumpre. A Justiça entendeu que eu devia me afastar para não atrapalhar as investigações e me cabe entrar com os recursos que achar necessário. Eu não tenho histórico de violência ou prejudicando as investigações”.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com