02/06/16 - 16:04:41

Jackson destaca união entre estados em encontro nacional de Legisladores

O evento, realizado pela Unale (União Nacional dos Legislativos Estaduais). trouxe para a capital sergipana mais de 1.500 participantes, entre parlamentares estaduais, assessores legislativos, entidades nacionais e internacionais, com representantes de parlamentos estaduais da Ásia e das Américas

A XX Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais foi aberta nesta quarta-feira, 1°, em Aracaju, na Universidade Tiradentes, com o tema central “Rediscutindo o Brasil”. O evento, realizado pela Unale (União Nacional dos Legislativos Estaduais) trouxe para a capital sergipana mais de 1.500 participantes, entre parlamentares estaduais, assessores legislativos, entidades nacionais e internacionais, com representantes de parlamentos estaduais da Ásia e das Américas.

A Conferência chegou a 20ª edição como o maior evento da história da entidade. Na abertura, o governador, Jackson Barreto, ao lado do presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo, recebeu os convidados.

“Um honra muito grande receber as Assembleias Legislativas de todo o país e deputados de todos os partidos. Um encontro que tenho certeza que será altamente produtivo, principalmente nesse momento em que nosso país precisa de um movimento de integração, de reunificação. Essa proposta de rediscutir o país é muito importante”, disse o governador.

“Esse encontro dá condições aos deputados discutirem algo que vai beneficiar e trazer boas ideias para melhorar a governabilidade do país”, comentou o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo.

Entre os palestrantes estava o ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes. Ele falou da importância e da urgência de tratar da integração entre municípios, estados e a União, com o tema: Governança Pública – O desafio do Brasil. Segundo o ministro, o que ele tem feito é alertar o Governo Federal das medidas que precisam ser tomadas e da importância da discussão de um pacto federativo o mais rápido possível, que se não for feito quem vai pagar a conta é a sociedade brasileira.

“O grande problema do Brasil é a falta de integração entre estados, municípios e a União. É necessário fazer um pacto federativo, é fundamental que os municípios se integrem com a União para entregarmos um melhor produto para o país. É preciso fazer uma política Nacional de segurança, com integração entre as Polícias do Estado e da União. É necessário também atacar imediatamente a questão da previdência. Fizemos um estudo recente e o déficit nos estados e municípios é de R$ 2,8 trilhões, somando com o da União chegamos aos 4 trilhões. A situação da previdência, das aposentadorias de todos os brasileiros está ameaçada”, explicou o ministro.

O presidente da Unale, Sérgio Locutor falou da importância dos debates que serão travados nesses três dias de convenção. Segundo ele, os temas incorporados às agendas regionais e nacionais estão na pauta da conferência. O intercâmbio de ideias e experiências proporciona aos participantes ampliar a sua área de conhecimento e melhorar as políticas públicas regionais com inovações e soluções adotadas fora de seus estados.

“Tratamos de governança com o Ministro do TCU, Augusto Nardes. Falaremos de segurança jurídica com o ministro Joaquim Barbosa. Além disso, trataremos de empreendedorismo, segurança púbica e saúde, além de imigração internacional e, certamente, a carta de Sergipe sairá muito robusta, com críticas e sugestões para serem apresentadas aos governos municipais, estaduais e o federal. Sergipe marca a história da Unale, comemorando os 20 anos”, explicou.

O encontro tem como objetivo formular uma visão atual sobre o país e o cenário mundial no que diz respeito à economia, reforma política, infraestrutura e logística. O governador falou ainda da importância de debater tantos assuntos que são necessários para o crescimento do país aqui no estado.

“Rediscutir o Brasil significa reunificar o nosso povo. Neste momento de grave crise política e econômica, o Brasil precisa encontrar o caminho do entendimento da reintegração. Não tenho a menor dúvida da qualificação dos debates que ocorrerão aqui. Poderão ser uma face dos diversos debates que acontecem nas assembleias de todo o país”, completou Jackson Barreto.

Programação

O evento dá oportunidade a entidades vinculadas aos legislativos estaduais para a atualização profissional e discussão de temas relacionados com as suas atividades funcionais. São 17 grupos com programação dentro da Conferência. A Confederação Parlamentar das Américas reunirá cinco Secretarias Especiais, o Comitê Executivo e a Rede de Mulheres Parlamentares das Américas, que contará com palestras sobre “Direitos Sexuais e Reprodutivos” e “Empoderamento da Mulher”, ministrados pelas deputadas Alicia Gutiérrez e Nicole Ménard, e pela consulesa da França, Alexandra Loras.

Ao fim dos debates, será produzida uma carta com indicadores para o Brasil. O evento se encerra com a eleição e posse da nova Diretoria Executiva da Unale para 2016-2017.

Na quinta-feira, 02, o ministro emérito do STF, Joaquim Barbosa, falará do “Desenvolvimento e Segurança Jurídica”. Logo depois “O Empreendedorismo em tempos de manifestação e crise” será debatido pelo especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, Fernando Schuler.

O ex-presidente do Banco Central, Gustavo Loyola, e o presidente da Fundação João Mangabeira, Renato Casagrande, participam de uma mesa redonda sobre perspectivas políticas e econômicas, mediada pela jornalista Salete Lemos. No encerramento do dia, o economista Carlos Hilsdorf fará uma palestra motivacional sobre “Atitudes essenciais para vencer na vida e na carreira”.

Na sexta-feira, 03, o ciclo de palestras terá início com o ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, e o empresário sergipano Luciano Barreto. Ambos debaterão a “Desburocratização, Gestão nos Serviços Públicos e o Pacto Federativo”. E Marcos Rossi vai apresentar a palestra motivacional: “O desafio é superar seus limites” para encerrar o evento.

Fonte: ASN