03/06/16 - 05:09:38

Crianças do Alto da Jaqueira emocionam público em apresentação (Foto: Ascom)

A emoção de pisar pela primeira vez em um palco foi vivenciada por 52 crianças que não deixaram de expressar a admiração; a sensação de medo e, sobretudo, a satisfação de um sonho realizado. Tudo isso foi possível diante do desenvolvimento do Projeto “Visita com Arte”, aplicado pela Escola de Arte Valdice Teles, em parceria com o Centro Cultural de Aracaju, unidades da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju). Mensalmente, alunos da escola visitam o Centro, conhecendo-o e, consequentemente, realizam apresentações artísticas. Desta vez, entrou em cena a petizada integrante do projeto de extensão da Valdice no Alto da Jaqueira.

As crianças foram recepcionadas por guias do Centro Cultural, que os acompanharam as dependências daquela unidade. Os garotos conheceram o Carrossel de seu Tobias; a sala de cultura popular, entre outras. Na sequência, os visitantes se dirigiram para o Teatro João Costa. Na plateia, familiares e demais convidados aguardavam denotando ansiedade, considerando o momento especial dos “pequenos artistas”. Ao se abrirem as cortinas, os espectadores aplaudiram os jovenzinhos, afinal, seria e foi um espetáculo.

A apresentação foi iniciada às 17h. Portanto, diante das luzes que reluziam os olhares dos pequenos artistas, a professora e musicista da Escola Valdice Teles, Clara Raquel Mangueira dos Santos, deixou soar a primeira nota no teclado para que as vozes do coral tomassem conta do teatro. Nesse primeiro momento, os meninos e meninas apresentaram cinco músicas, entre elas, Alecrim, do folclore brasileiro; Sua Amizade, de Carla Araújo, com arranjos de Clara Raquel; Tristeza, de Vinícius de Moraes, entre outras.

No segundo momento da apresentação, os garotos mostraram o aprendizado por meio da flauta. Acompanhando-os no violão, o professor e musicista da Valdice Teles, José Eugênio Eneias dos Santos. Apresentaram A escolhida; Sinfonia nº 40 (Ode a alegria) e várias outras que encantaram o público. Ao término, os pequenos artistas foram aplaudidos.

Jeferson Santana, 13 anos, aluno do 8º ano do ensino fundamental, está aprendendo a flauta e canto coral. “O projeto é muito bom e, hoje, a nossa apresentação foi demais. Confesso que estava nervoso, principalmente quando vi o público, mas tudo deu certo”, frisou.

Jeferson lembrou que não dormiu direito à noite porque estava ansioso demais para a apresentação. “O meu pensamento era apenas o teatro. Como seria a minha apre4sentação; se eu iria fazer tudo direito. Quando terminamos a apresentação, senti um alívio e feliz com as palmas”, esclareceu.

Edilma dos Santos Nunes prestigiou a apresentação dos filhos. Mãe de Elika, 6 anos e Carlos Andrei 11 anos, disse que os meninos tiveram uma melhora no aprendizado escolar. “O projeto que eles participam é maravilhoso. Os professores nos ajudam a educá-los. Na escola, por exemplo, a menina melhorou em 100% nas notas e o menino, em 70%”, afirmou.

Pareceu um sonho – conta Edilma -, acrescentando que ficou emocionada ao ver os seus filhos brilhando no palco. “Pretendo continuar incentivando os meus filhos a continuarem no projeto”, confirmou.

Ampliação

A Presidente da Funcaju, professora Aglaé Fontes, prestigiou o evento. Na oportunidade, parabenizou as crianças e agradeceu a presença dos familiares. “Fiquei emocionada. Realmente, esses meninos e meninas mostram no palco o conhecimento absorvido, fruto do trabalho aplicado pelos professores Clara e Eugênio.

A presidente informou que estudará com simpatia a ampliação do projeto já para o segundo semestre, considerando o resultado surpreendente. “Tivemos crianças com quatro, cinco anos envolvidas no projeto e  confesso que fiquei feliz. Desenvolvemos um trabalho de arte educação visando sempre o aprimoramento, o aprendizado dos nossos alunos”, comentou.

Projeto

O Projeto de Extensão da Escola de Arte Valdice Teles no Alto da Jaqueira é desenvolvido na Associação Comunitária Nossa Senhora do Carmo (Asconsec), localizada no Alto da Jaqueira. São 52 crianças e adolescentes que participam do curso de musicalização infantil (flauta doce e canto coral) e violão.

De acordo com o diretor da Valdice Teles, Sérgio Chagas, os cursos têm como objetivo levar para os alunos a arte educação, promovendo a socialização.

Da assessoria