04/06/16 - 00:01:12

SITUAÇÃO COMPLICADA

DIÓGENES BRAYNERplenario@faxaju.com.br

Governadores do Nordeste vão a Brasília quarta-feira. Têm reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB). A prioridade da pauta é a discussão sobre o superendividamento dos Estados, que ainda não foi “levado muito a sério” pelo Planalto e nem pelo próprio Congresso. O governador Jackson Barreto não acenou que participa, mas deve fazê-lo porque a situação de Sergipe não é diferente de outras unidades da federação.

Caso viaje a Brasília, JB precisa conversar com o presidente em exercício Michel Temer, para também tratar de problemas do seu Estado e reivindicar liberação de recursos. Jackson é do PMDB e, apesar de ter se colocado contra o impeachment, não pode ser tratado como adversário. Acima das pendengas partidárias estão as dificuldades que afligem Sergipe como um todo.

Um dos seus mais próximos auxiliares, que é do PMDB, acha que Jackson deve ir a Temer, que foi presidente da legenda e se dá com o governador há anos, apesar desse incidente recente em relação ao impeachment.

O auxiliar admite que a reabertura do diálogo não pode acontecer mais adiante. sugere que JB não deve chegar lá levando a tiracolo uma chapa a prefeito formada pelo PT e PCdoB, como pensa alguns que integram a base aliada. O momento político é de posição já radical entre a Direção Nacional do PMDB e o Partido dos Trabalhadores, pela continuidade de Temer, por um lado, e por sua saída do outro, o que demonstra uma luta partidária pelo Poder, que só terá fim com a decisão pelo Senado.

Isso, com absoluta certeza, afeta Estados e municípios. As duas legendas devem impedir alianças para as eleições municipais com partido que estão em situação de adversários, independente do comportamento em relação ao impeachment.

ADMITE

O presidente estadual do PMDB, João Augusto Gama, também admite que a base aliada não vá se dispersar nas eleições municipais deste ano.

Admite que não conte com Valadares Filho (PSB).

CONVERSA

Governador Jackson Barreto ainda não se manifestou ainda para marcar audiência com o presidente em exercício, Michel Temer. Mas há necessidade de um encontro.

JB não fala sobre isso, mas seus aliados se mostram preocupados.

DETALHE

Na opinião de alguns peemedebistas, Jackson Barreto não deve chegar a Brasília apoiando um candidato a prefeito pelo PCdoB, tendo como vice um nome do PT.

Isso pode dificultar o atendimento de suas reivindicações.

NADA A VER

Um grupo de aliados do governador mantém a opinião do apoio a Edvaldo Nogueira (PCdoB) a prefeito de Aracaju, sem que provoque arrepios no PMDB nacional.

O problema é que há radicalismo de um lado e de outro.

GRUPO

No whatsaap há um grupo só do PMDB nacional, com figuras importantes do País, inclusive Sergipe, que é uma verdadeira “caça às bruchas”.

Sempre em relação ao PT e ao PCdoB.

MAIS AMENO

Atualmente o grupo do PMDB no whatsaap já está mais tranquilo e menos radical, mas as conversas são para tratamento à mingua aos adversários.

É uma briga clara para manter o Poder.

“VELHINHOS”

Jackson Barreto, Benedito Figueiredo e Augusto Gama, histórico do PMDB, sentaram juntos na solenidade da Polícia Militar e riram muito em determinado momento.

É que JB inclui ele e os dois entre “os velhinhos do PMDB”.

VALADARES

O deputado federal Valadares Filho (PSB) terá encontro com Marcelo Crivella (PRB), na próxima terça-feira, ao lado de Heleno Silva e Jony Marcos (ambos PRB).

Assunto apoio do PRB de Sergipe à sua candidatura a prefeito.

CODEVASF

Todos os superintendentes da Codevasf foram demitidos. Inclusive o de Sergipe, Said Shoucair. Interinamente assumiu Antônio Porfírio.

O novo superintendente será César Mandarino (PSC).

BRASÍLIA

Shoucair não ficará sem cargo. Está tudo certo para ser nomeado diretor do escritório de Sergipe em Brasília, em lugar de Conceição Vieira (PT).

Primeira suplente, Conceição deve ocupar vaga na Assembleia.

ALMOÇO

O almoço semanal desta sexta-feira, no apartamento do empresário Albano Franco, teve como convidado o líder do Governo na Câmara, deputado André Moura.

Também estavam João Alves Filho, José Carlos Machado, José Franco e outros.

COCHICHO

Em tom de brincadeira, houve quem falasse da necessidade de políticos de Sergipe buscarem André para conversa. Nesse exato momento João cochichava com o líder.

– Só foi falar nisso, João já está cochichando, brincou um deles.

ENCONTRO

A tendência petista Unidade na Luta, liderada por Marcio Macedo, terá encontro hoje pela manhã no Sindicato dos Bancários.

Tende a amadurecer uma posição do grupo quanto à Prefeitura de Aracaju.

ELIANE

Segundo um membro da Unidade, Eliane Aquino (PT) estaria determinada a apoiar Edvaldo Nogueira e até ser a sua vice na chapa liderada pelo PCdoB.

Essa seria a tendência do bloco em razão do momento político.

MUNICIPAL

A decisão que for tomada hoje pela Unidade na Luta, será levada para a reunião do Diretório Municipal do PT, na próxima quarta-feira.

A tendência do PT é optar por Edvaldo Nogueira.

CULTURA

Até mesmo a Secretaria da Cultura, oferecida por Jackson Barreto ao PT, durante uma conversa entre lideranças do partido com o governador, ainda não foi decidida.

O PT acha que não pode ficar com a Pasta e depois apoiar Edvaldo.

EDUARDO

Não há mais como retroagir, segundo o senador Eduardo Amorim (PSC), quanto a sua précandidatura a prefeito de Aracaju, cujo lançamento oficial será dia 17.

Mesmo assim, a maioria dos políticos não acredita.

NÃO PERDE

O deputado Valadares Filho (PSB) não perde a esperança de ter o apoio do PSC para a disputa pela Prefeitura de Aracaju. Muita esperança…

Tem mantido conversas frequentes com o bloco.

Notas

São Cristóvão – Pesquisa recente para avaliação eleitoral mostra que Lauro Rocha (PRB) está bem. Chega ao topo na disputa pela Prefeitura de São Cristóvão. Segundo o deputado Jony Marcos, o PRB não abre mão da candidatura de Lauro a prefeito, porque a população conhece seu trabalho à frente do município.

0x0

Chapa – A Juventude do PT em Aracaju declarou nesta quinta-feira (2), em nota pública, que é favorável a uma composição entre o partido e o PCdoB, sigla do pré-candidato a prefeito Edvaldo Nogueira, a prefeito de Aracaju. A JPT apoia a chapa formada entre Edvaldo e Eliane Aquino como vice.

0x0

Mais uma – Apontada pelo MPF como integrante de uma “articulação criminosa”, a ex-deputada federal Fátima Pelaes (PMDB-AP) foi nomeada ontem a nova secretária de políticas para mulheres do Governo Temer, órgão atualmente vinculado ao Ministério da Justiça. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União.

0x0

Calcutá – Durante palestra proferida na sexta-feira, durante Congresso da Unale que aconteceu em Aracaju, o ministro do STF, Dias Tóffoli, usou de metáfora que avalia o nível de seriedade do Brasil: “por mais Madre de Calcutá que seja, qualquer ordenador de despesa do País receberá uma base de 70 processos”.

0x0

Planos – A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) fixou em até 13,57% o índice de reajuste a ser aplicado a planos de saúde médico-hospitalares individuais/familiares no período compreendido entre maio de 2016 e abril de 2017. O percentual é valido para planos de saúde contratados a partir de janeiro de 1999.

0x0

Dívidas – Superendividamento dos estados terá prioridade na reunião de governadores quarta-feira com o presidente Renan Calheiros. Governadores do Nordeste elaboraram um documento relatando o “cenário de colapso” dos estados e sugerindo principais projetos que devem tramitar no Legislativo para aliviar a crise.

Conversando

Aborto – Não é crime e nem merece observação ou crítica quem, pessoalmente, é contra alguma coisa como, por exemplo, o aborto.

Unale – A Alese ‘arrasou’ com a realização do Congresso da Unale. Tanto pelos conferencistas, quanto pela organização.

Diferença – Gasolina comum ou aditivada? Elas são iguais em octanagem, só diferem pelo aditivo, com detergentes e dispersantes.

Olhar 171 – Sargento Edgard: Cerveró mirou o seu olhar 171 para Dilma, agora vai acabar de embolar nossa ex-presidente.

Encontro – O PT promoverá encontro em dezembro. Serão eleitos 600 delegados para deliberar sobre os novos rumos do partido.

Poluição – Mais de 100 cidades que são cortadas pelo Rio São Francisco não têm planos de saneamento e provocam a poluição do rio.

Normal – A participação da iniciativa privada no Forró Caju é absolutamente normal. Igual ao carnaval de Salvador e Rio, onde as empresas faturam alto.

Retorno – Mais também é normal a gritaria de representações da sociedade, atentas com recursos pagos nesses patrocínio. O retorno tem que vir para o município.

Bolsa – Ministério Público Federal (MPF) investiga pagamento do Bolsa Família a mais de 10 mil mortos em Pernambuco. Isso existe em todos os Estado do País.