05/06/16 - 08:43:34

PM: ASSOCIAÇÕES UNIDAS EMITEM NOTA DE ESCLARECIMENTO

O governador Jackson Barreto (PMDB), acabou cancelando uma entrevista que daria ao vivo no programa Fala Segurança na rádio Jornal AM 540, neste sábado (04), após uma manifestação realizada por PMs na porta da emissora.

Após tomar conhecimento da manifestação, o governador preferiu não ir ao programa e acabou concedendo entrevista por telefone. Jackson lamentou que alguns militares tenham se manifestado dessa forma, afirmando que “estamos abertos ao diálogo e lamento que isso tenha ocorrido. Uns poucos militares que querem tumultuar as negociações não vão conseguir, de sorte que esse governo quer a valorização de nossa policia”, disse o governador.

Por conta disso, as Associações Unidas da Policia Militar divulgaram um nota explicando o ocorrido.

Veja o que diz a nota:

“As Associações Unidas, através do trabalho realizado, conseguiu convencer o Governador do Estado Jackson Barreto, a participar do programa Fala Segurança na rádio Jornal AM 540, no último dia 04, com o objetivo de debater diretamente com a classe militar, temas importantes como a questão do subsídio com a devida progressão na carreira que está emperrada, presunção de inocência estendida a todos os militares, comportamento dos militares após cumprimento de pena, nível superior para ingresso nas corporações, pagamento atrasado dos reformados, a questão dos aspirantes, dentre outros temas. Seriam também tratadas no programa, a questão da convocação dos excedentes do último concurso da PMSE, além da questão dos policiais civis reenquadrados. Lamentavelmente face a uma manifestação feita de forma açodada, visto que o governo já tinha acenado com interesse de negociar com a categoria, implantando a mesa de negociação, a entrevista foi cancelada, não permitindo que a tropa pudesse esclarecer pontos importantes diretamente com a autoridade maior do Estado.

Se por acaso essa ou aquela associação não estava presente na entrevista que seria concedida, é porque elas mesmas se excluíram das Associações Unidas, inclusive fazendo questão de divulgar tal fato em redes sociais. Apesar do ocorrido e preocupado com a situação criada, o governador ligou para a rádio e se comprometeu a marcar uma nova data, que será reagendada, num trabalho que será mais uma vez realizado pelas Associações Unidas em parceria com a assessoria do governador”.

ASSOCIAÇÕES UNIDAS