06/06/16 - 16:04:58

Município de Nossa Senhora das Dores participa da Brigada da Educação (Foto ascom Seed)

 

Na manhã desta segunda-feira, 06, os alunos do Colégio Estadual General Calazans e do Colégio Estadual Prof. Fernando Azevedo, unidades circunscritas à Diretoria Regional de Educação (DRE 05), participaram da Brigada da Educação Contra o Aedes aegypti.  As palestras e apresentação teatral aconteceram no pátio do General Calazans.

Para o enfermeiro e coordenador da Brigada, Jorge Costa, é de suma importância orientar os estudantes, já que esses jovens são multiplicadores. Segundo ele, é visível o interesse dos jovens durante as palestras.

“A ação é reflexo do comprometimento da Secretaria de Estado da Educação (Seed), no combate ao Aedes aegypti. Mesmo porque o avanço das doenças transmitidas pelo mosquito é causado pela falta de informação da população, bem como, a ocorrência de inadequados hábitos de higiene”, explicou. Jorge Costa.

Conscientização

“Iniciativa que permitem a sensibilização é extremamente importante para eliminar a incidência das doenças causadas pelo Aedes”, disse o   secretário do General Calazans, Eronides dos Santos.

Segundo a diretora da DR5, Laurita de Almeida, é dever de todos os cidadãos lutar contra o avanço da Dengue, Zika e Chikungunya.

“Considero essa a iniciativa da Brigada da Educação positiva. Reforça os ensinamentos que a escolas passam. O combate deve ser constante e de responsabilidade de todos”, destacou.

Orientações para os alunos

A ação contou com atividades como palestras sobre o combate aos focos e criadouros do mosquito. Além disso, os discentes tiveram a oportunidade de assistirem à peça teatral e as palestras

Para a estudantes do 8° ano do General Calazans, Sabrina Araújo, com ações simples e cotidianas é possível solucionar este problema da saúde pública.

“É importante conhecermos as práticas para eliminar os focos do mosquito. Além disso, o que é ensinado nas palestras compartilhamos com os nossos familiares”, disse.

O Colégio Estadual General Calazans recebeu o selo amarelo, que indica que deve ter atenção no que se refere aos possíveis focos e criadouros do mosquito. Já a sede da DRE 5 recebeu o selo verde, ou seja, o local não apresenta risco de possíveis focos.

Assessoria de Comunicação da SEED