07/06/16 - 00:01:49

QUEDA SENSÍVEL

Diógenes Brayner – plenario@faxaju.com.br

O Governo interino de o presidente Michel Temer (PMDB) ainda não entrou em queda livre, mas já dá sinais de problemas no motor central. Mesmo em menos de 30 dias no comando, não há sinalização de mudanças que provoquem alívio na grave crise econômica, no excesso de desemprego, no poder de compra dos assalariados e, muito menos, no estrago que fez a corrupção na moral e dignidade do seu povo.

Temer deixa clara a impressão que vem sendo controlado por grupo político de extrema direita, com saliva na vontade de ir ao pote. Primeiramente por cargos e salário e, posteriormente, levando adiante o modelo nocivo que Luiz Inácio Lula da Silva e sua sucessora, Dilma Roussef, puseram em prática no País. Não se pode retornar ao Brasil do “eu não sabia de nada”, porque se precisa de um Governo de controle rígido da coisa pública, através de ações dura contra o crime organizado bem montado e articulado do Planalto.

Os aliados da presidente afastada Dilma Rousseff não desistem e se mobilizam pelo fim do que chamam “golpe”. Além dessa pressão, o Governo Temer vai se enfraquecendo quando se depara com a “folha corrida” de alguns ministros, que estão pendurados na Justiça ou em investigação no Lava Jato, sem nenhuma atitude ríspida do presidente nas demissões. A população que foi às ruas pelo “fora Dilma” e a favor do impeachment se recolheu, dando-se por satisfeita com o processo que ainda rola no Senado. Isso favorece ao retorno da presidente licenciada.

Impetuosa, Dilma Rousseff vai retomando a popularidade. Alguns senadores revelam arrependimento pelo voto dado para início do processo e o que houve de corrupção já foi esquecido, até pela certeza da dificuldade de encontrar alguém sem processo para compor um Ministério. Tudo isso é muito ruim, porque começa a ficar natural um modelo que rouba e desmonta o País pela conivência e incompetência de toda a cúpula que domina os Podres Poderes.

VIAGEM

Jackson Barreto (PMDB) viaja hoje a Brasília e participa amanha de reunião de governadores com o presidente do Senado Renan Calheiros.

Em pauta o parcelamento da dívida dos Estados com a União.

TOFFOLI

O ministro Dias Toffoli comentou com o governador Jackson Barreto que Sergipe é um dos Estados mais bem organizado da federação.

E mais: “serve de exemplo para o País”.

TELEFONEMA

Jackson Barreto teria telefonado para o presidente nacional do PT, Ruy Falcão, e o avisou: o tratamento que dará ao PT em 2018 será o mesmo que receber em 2016.

Há necessidade de ajustar os interesses eleitorais.

DESMENTE

O senador Eduardo Amorim (PSC) desmentiu o deputado federal André Moura (PSC), ao dizer domingo que não sabe se anuncia sua précandidatura a prefeito dia 17.

André confirmou o lançamento na sexta-feira passada.

DÚVIDA

Como diz que ainda falta ajustar aliança com outras legendas, Eduardo deixa em dúvida a sua précandidatura a prefeito de Aracaju ao desmenti-la.

A maioria já está em contato com outros précandidatos que demonstrem vontade.

ENCONTRO

A Unidade na Luta, liderada por Marcio Macedo (PT) reuniu-se sábado pela manhã na sede do Sindicato dos Bancários, com vários militantes, inclusive do interior.

Por unanimidade o apoio do bloco é por Edvaldo Nogueira (PCdoB).

DIRETÓRIO

O presidente do Diretório Municipal do PT, vereador Emmanuel Nascimento, marcou reunião para amanhã, para iniciar a discussão do processo eleitoral em Aracaju.

– Dessa vez a reunião não será adiada, disse Emmanuel.

SECULT

Segundo Eliane Aquino (PT), Marcio Macedo (PT) lhe disse que não condicionou a Secretaria da Cultura para dar apoio a algum candidato a prefeito de Aracaju.

– Era melhor deixar esse assunto para outro momento.

SORRINDO

Em todos os comentários políticos falam que o deputado Robson Viana (PEN) pode ser candidato a vice de um candidato do PMDB ou de João Alves Filho (DEM).

Enquanto isso, Robson ri à toa.

NOS BAIRROS

Jackson Barreto foi ontem até o bairro Santos Dumont para conversar com a população e saber como “andam as coisas por aqui”.

É um bom período para visitar os bairros.

APAGA FOGO

O presidente regional do PPS, Clóvis Silveira, está tentando apagar o fogo em seu partido, porque a maioria dos précandidatos a vereador quer procurar outro nome.

Clóvis pediu calma e que se espere mais um pouco.

ATÉ DIA 15

Os précandidatos do PPS vão esperar uma decisão até o dia 15 próximo, para que haja algum sinal da candidatura à reeleição de João Alves Filho (DEM).

Clóvis disse já disse que pessoalmente apoia João, “mas não sou só”.

POSIÇÕES

PSB fará três indicações para ocupado cargos federais em Sergipe, mas até o momento não há nomes escolhidos para a indicação, o que ocorrerá mais à frente.

Os órgãos são a Funasa, Dnocs e Iphan.

COM TEMER

Na próxima semana o governador Jackson Barreto terá audiência com Temer. Em pauta problemas de Sergipe, sem deixar de tratar sobre questões políticas.

Jackson admite que o PMDB em Sergipe tem que ocupar seu espaço.

CRESCE

O prefeito João Alves Filho (DEM) voltou a avançar na aferição quanto às disputa pela reeleição e já começa a preocupar seus adversários.

Está bem inclusive na avaliação dos demais précandidatos.

SILÊNCIO

Aliados do prefeito começam a se sentir incomodados com seu silêncio, embora sintam que ele demonstra mais entusiasmo pela candidatura.

Aliados mais próximos dizem que João tem conversado com lideranças partidárias.

HANDEBOL

O ex-senador Albano Franco recebe hoje homenagem da Confederação Nacional de Handebol, em São José de Campos, pelo incentivo que deu ao esporte.

Quando presidente da CNI e governador de Sergipe.

SÃO JOÃO

Até o momento nenhum município anunciou que deixaria de comemorar o São João em suas cidades. Nessa época a ausência de forró no interior complica muito.

Mesmo que isso cause alguma complicação mais tarde…

Notas

Kakai – O criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, mais conhecido por Kakay, vem a Sergipe sexta-feira proferir palestra, as 17 horas, na sede da Caixa de Assistência dos Advogados de Sergipe (CAA/SE). O tema da palestra proferida por Kakai é “Direito à Ampla Defesa”. O evento é organizado pela OAB.

0x0

Muda destino – Parecer do deputado Arthur Lira (PP) em resposta a consulta feita à CCJ da Câmara dos Deputados pode alterar o destino do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB), que enfrenta processo de perda de mandato no Conselho de Ética por quebra de decoro parlamentar.

0x0

Poupança – O Banco Central (BC) informou ontem que os brasileiros retiraram R$ 6,591 bilhões a mais do que depositaram na poupança em maio. Foi o pior resultado para o mês desde o início da série histórica do BC, em 1995. De janeiro a maio deste ano, a caderneta acumula captação negativa de R$ 38,888 bilhões.

0x0

Avião – O presidente Michel Temer anunciou ontem que vai determinar à Aeronáutica a manutenção permanente de avião da Força Aérea Brasileira (FAB) à disposição para o transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para transplante. A ausência de transporte fez com que alguns órgãos não chegassem ao destino.

0x0

Receita – A Receita Federal já começa a libera amanhã a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2016. Estão no lote também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2015. O crédito bancário para 1.612.930 contribuintes será realizado no dia 15 de junho.

0x0

Inquérito – O ministro do STF Gilmar Mendes autorizou ontem abertura de novo inquérito para investigar o senador Aécio Neves (PSDB). Com a decisão, também será investigado o ex-deputado e atual prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (PMDB) e o ex-governador de Minas Gerais Clésio Andrade (PSDB).

0x0

Avião – Após a Casa Civil recomendar a restrição do uso de aviões da FAB pela presidente Dilma Rousseff, ela teve o primeiro pedido de transporte negado ontem pelo Planalto. O pedido negado pelo Gabinete de Segurança Institucional era para viagem a Campinas (SP), onde Dilma participa hoje de encontro com cientistas.

Conversando

Doações – Magna Santana elogia gesto da família da jovem que morreu no Shopping Jardins pela doação de órgãos, mesmo após a tragédia.

Aliado – Agamenon Sobral volta a criticar novo modelo do Forró Caju. Admite que tem indicações em secretarias da PMA e diz que permanece aliado.

Esquenta – Começa a esquentar a política municipal em cidades do interior sobre as eleições para prefeito. As dificuldades existem, mas ninguém quer largar o osso.

Confirma – Marcos Santana faz balanço da sua história política e confirma pré-candidatura a prefeito de São Cristóvão.

Casas – Vereador Emmauel diz que historicamente em Sergipe casas populares são distribuídas politicamente.

Dificuldade – Vice-prefeito José Carlos Machado (PSDB) explica dificuldades de celebrar obras com a atual legislação brasileira.

Exagero – Machado diz que tanto Agamenon Sobral quanto Carlos Batalha agiram de forma exagerada. Ele defende novo modelo do Forró Caju.

Do juiz – Quando a justiça pune um juiz agressor mostra que a lei começa dentro de casa. O tal corporativismo pega mal para o judiciário.

Juizes – Autoridades do judiciário são cidadãos como qualquer outro que estão sujeito ao total cumprimento da lei. E, fora disso, têm que dar exemplo.