08/06/16 - 06:08:44

Recital de Poesia e homenagem na inauguração de reformas da APCEF (Foto divulgação)

Por Iracema Corso

A poesia e a história de Jaime Noberto vão comandar a inauguração do Centro Administrativo e a nova portaria da Associação do Pessoal da Caixa (APCEF/SE) que acontece a partir das 18h desta sexta-feira, dia 10/06, no Clube da Caixa, localizado na Avenida Melício Machado, nº 800, conjunto Aeroporto.

A entrada é franca e a noite de arte e comemoração será brindada pela apresentação da Orquestra Sinfônica da ONG Moradia e Cidadania, pela poetiza Izabel Nascimento – que fará um recital das poesias de Jaime Noberto – e pela apresentação musical de Gil Castro.

Quem foi Jaime Noberto – Ex-presidente da APCEF/SE entre os anos de 1992 e 1994, poeta e dirigente sindical, Jaime Noberto impulsionou um momento de intensa movimentação artístico-cultural na associação. Numa parceria bem sintonizada com a então diretora cultural da APCEF/SE, Gilda Costa, ele promoveu em dois anos de mandato: oficinas de pintura para crianças, Curso de Capoeira Caminho, com o mestre Macaô, oficina de dança, exibição de filmes, show com Vital Farias, o Festival MTP – Música, Teatro e Poesia, com apresentações de Sena e Sergival, do Grupo Embrião, dos artistas e colegas bancários Cícero Holanda e Marrom.

Em seu mandato, o boletim APCEF Informa publicava poesias em todas as edições; a APCEF promovia a apresentação de chorinho nas agências, levando a arte ao ambiente de trabalho… “É como dizia Jaime ‘ a gente não cresce sozinho, e juntos crescemos para além das nossas expectativas’”, recordou a colega Gilda Costa.

A presidente da APCEF Adelaide Santos acompanhou de perto este momento de efervescência política e cultural que marcou a gestão de Jaime na presidência da APCEF/SE. “Esta reforma é uma conquista, moderniza e melhora a sede da nossa associação, que é patrimônio do bancário Caixa. Então vamos comemorar a inauguração enaltecendo a poesia, a memória e vigor da atuação do ex-presidente, Jaime Noberto. Um homem que lutou com beleza, força e poesia por esta associação, contra a demissão de colegas e contra a privatização da Caixa. Sua história de vida nos acorda para a necessidade urgente de fortalecer nossas entidades representativas que atuam em defesa dos interesses dos bancários, pois toda e qualquer conquista obtida para a nossa categoria passa pela Comissão Executiva dos Empregados Caixa, passa pela FENAE, pelas APCEFs e sindicatos”.