08/06/16 - 14:32:45

NOVO MODELO PARA CASA DE SAÚDE PEDRO VALADARES

Em audiência com o Ministro Ricardo Barros, na qual também se fizeram presentes o vice-governador Belivaldo Chagas, o deputado federal Valadares Filho e o deputado estadual Luciano Pimentel, fiz um relato das possibilidades para melhorar o atendimento na Casa de Saúde Pedro Valadares, em Simão Dias, na busca de uma saída para a normalização da prestação de serviços à comunidade, uma vez que a crise a cada dia se agrava.

O Estado e o Município alegam impossibilidade financeira para assumirem maiores ajudas. Assegurei ao Ministro que uma simples mudança quanto ao modelo a ser adotado, poderia contribuir para potencializar melhorias substanciais no atendimento à população. A idéia é aproveitar ao máximo a infraestrutura que tem a entidade para incrementar a sua capacidade operacional, utilizando o seu acervo de equipamentos modernos que possui. O ministro ficou impressionado com o tamanho da unidade e da aparelhagem existente. Com fotos em mãos, ilustrei a minha exposição mostrando que a entidade dispõe aparelho de ultra-sonografia de primeira geração, salas de parto, cirurgia, radiografia, laboratório para exames e atendimento clínico e de urgência. E, ainda lhe disse que esse patrimônio está quase que todo ele inoperante pela falta permanente de recursos financeiros. Sugeri duas alternativas para a solução da crise da unidade de saúde: 1) aumentar o aporte de recursos destinados á entidade transformando o seu perfil de unidade de saúde de UPA1 para HPP (Hospital de Pequeno Porte); ou 2) aumentar a disponibilidade de recursos, com o consequente aumento de serviço, pela transformação da modalidade UPA1, como é classificada a unidade de saúde, para UPA2.  Argumentei ainda que melhorando o Hospital estaríamos assistindo melhor Simão Dias, que tem uma população superior a 40 mil habitantes, além de beneficiar municípios circunvizinhos em Sergipe e na Bahia, ajudando a desafogar os Hospitais de Lagarto e Aracaju.

O Ministro Ricardo Barros determinou a ida de uma equipe do Ministério da Saúde a Simão Dias, para, o mais rápido possível,  estudar e propor um novo modelo de funcionamento da Casa de Saúde Pedro Valadares.

O prefeito do Município Marival Santana encaminhou, por meu intermédio, ofício ao Ministro pedindo a elevação do MAC para o município de Simão Dias, até o teto de R$ 6 milhões.

Da assessoria