11/06/16 - 00:01:37

ACUSAÇÃO CONTUNDENTE

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

O cientista político Murillo Aragão vê como muito grave a afirmação do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró sobre a participação da presidente afastada Dilma Rousseff na compra da refinaria de Pasadena: “Quer dizer, ela me jogou no fogo e preferiu, para [se] livrar, porque estava em época de eleição, tinha que arrumar um Cristo. Então: ‘Ah, não, eu fui enganada’. É mentira! É mentira. Dilma sabia de tudo o tempo todo”.

É a mais contundente acusação à presidente, talvez a qualquer presidente, pelo menos na história do Brasil, da qual milhares de pessoas tomaram conhecimento pelas redes sociais. Na noite da segunda-feira, dia seis, o vídeo foi exibido no Jornal Nacional, com sua audiência superior à internet.

Desconcertante não é apenas o conteúdo, mas a forma desrespeitosa com a qual Cerveró se refere à presidente, como se ela tivesse sido sua companheira de mal feitos, e a isso dedicasse parte de suas ocupações, e não a cuidar dos altos interesses do país. É chocante saber que um dos responsáveis pelos ataques mais predatórios ao patrimônio da companhia revele uma intimidade constrangedora de 15 anos de convivência com Dilma Rousseff.

O choque é ainda maior porque as palavras de Cerveró foram precedidas por uma série de entrevistas e declarações da presidente para se defender, nas quais ela professava uma honestidade acima de todos os princípios, e a respeito da qual seus aliados e o PT agregam que não se poderia contrapor a mais leve sombra de suspeita. Acima da ficção do “golpe” surfava a imagem de uma autoridade imaculada, ainda que isso se chocasse com episódios de forte inconsistência, como o marketing eleitoral inverossímil de 2014 como forma de ocultar a bomba fiscal ou a verdade por trás da “faxina ética” do início do primeiro mandato.

Como não faz parte de nossos costumes contestar um presidente, depois que Dilma afirmou ser inocente sobre Passadena, a última palavra ficou com ela. Sem a delação de Cerveró ficaríamos com uma só versão.

O advogado José Eduardo Cardozo queria incluir na defesa do processo de impeachment a gravação de conversas de Sérgio Machado com senadores do PMDB, sob o argumento de que ali há prova de uma conspiração. Mesmo sob protesto dos petistas, que consideram o troco inconsistente, a acusação poderia pedir que a comissão acolhesse o que Cerveró tem a dizer sobre a presidente afastada.

Seria um tiro no pé, especialidade do PT nas operações destinadas a salvar Dilma Rousseff quando ela ainda ocupava o terceiro andar do Palácio do Planalto. O plano para nomear Lula para a Casa Civil com o objetivo de protegê-lo com foro privilegiado resultou numa comédia pastelão, ato final dos 12 anos de poder do partido.

DIÁLOGO

Governador Jackson Barreto disse ontem em entrevista estar aberto para dialogar com senador Eduardo Amorim, na busca de recursos para o Hospital Universitário.

Seria bom que acontecesse. As pendengas políticas prejudicam Sergipe.

OPOSIÇÃO

Tanto oposição quanto situação precisam entender que foram eleitos para trabalhar pela melhoria do Estado. Nada do que mais justo atuarem juntos nas dificuldades.

A torcida de um lado, para o fracasso do outro não constrói um bom perfil político.

DAR NOMES

Jackson Barreto, na mesma entrevista, tranquiliza servidores da FHS-SE e garante que não vai haver extinção das fundações.

Recomenda ao TCE-SE que dê “nome aos bois”.

SUCESSÃO

Quanto à sucessão municipal de Aracaju, como já adiantou a coluna, Jackson Barreto só vai escolher candidato a prefeito da Capital em julho.

Sinal de que ainda tem muito a avaliar.

SAMUEL

Capitão Samuel publica que estão falando que a direção do Hospital da Polícia Militar (HPM) passará para o coronel aposentado mais odiado pela família militar.

Ele seria conhecido pelo apelido de “Rasputin”.

NOMEAÇÃO

Causou mal estar nos corredores da Prefeitura de Aracaju, a nomeação de profissional da comunicação, ligadíssima ao deputado federal Valadares Filho (PSB).

Valadares é adversário do prefeito João Alves Filho (DEM).

IRRITADOS

Alguns membros da administração chegaram a ficar irritados ao verem a nomeação publicada no Diário Oficial do Município.

A jornalista é muito amiga da filha de um secretário.

TUDO BEM

O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) diz que seu partido mantém aliança como PSB em Aracaju, e apoia o prefeito Fábio Henrique (PDT) em Socorro.

Diz que PSB conversa com PDT e pode fazer aliança em Aracaju e Socorro.

NA BASE

Mitidieri diz que Valadares Filho se mantém na base do Governo, porque nunca falou em rompimento. Apenas se afastou para deixar Jackson Barreto à vontade.

Os adversários é que interpretam assim para afastá-lo do Governo.

É O ÚNICO

Segundo Fábio Mitidieri, o deputado Valadares Filho foi o único précandidato que já anunciou alianças com mais dois partidos da base aliada (Pros e PSD).

Além de estar muito próximo de outros dois.

GASOLINA

Sandro de Miro reclama que os preços da gasolina, nos postos, caíram entre 3,55 e 3,59 e o Estado arrecadando ICMS como se os postos tivessem vendo por 3.70.

O imposto é pago por antecipação, será que esqueceram de alterar o preço de pauta?

EDUARDO

Aumenta a dúvida quanto à candidatura de Eduardo Amorim (PSC) à Prefeitura de Aracaju. Ontem mesmo André Moura (PSC) deixou claro isso.

– Estamos lutando para ter candidatura própria, disse.

AO TEMPO

Mas, ao mesmo tempo em que luta para candidatura própria, a cúpula do PSC em Sergipe vem conversando com outros précandidatos a prefeito de Aracaju.

E as conversas estão adiantadas para apoiar um outro nome.

HÁ DÚVIDA

Com esse desânimo dentro do PSC, acrescido do conflito de informações, todos os demais précandidatos acreditam até que Eduardo Amorim lance candidatura própria.

Mas que não se sustenta até as convenções.

JERÔNIMO

O advogado de Jerônimo Reis (PMDB), Juarez Conrado, o informou que os processos publicados pelo TSE que o deixa inelegível, já foram prescritos.

Os que não estão prescritos nada tem a ver com a Lei da Ficha Lima.

DISPUTAR

Jerônimo Reis pode ser candidato a prefeito de Lagarto em 2016 sem nenhum obstáculo

Jurídico. Ele já está conversando com o seu bloco para lançar précandidatura.

A divulgação da relação causou frisson entre adversários.

ANA LÚCIA

Deputada Ana Lúcia (PT) diz que a mobilização é forte, dentro do seu partido, favorável à précandidatura de Edvaldo Nogueira (PCdoB), à prefeitura de Aracaju.

– Todas as tendências reconhecem que a pré-candidatura de Edvaldo é muito leve.

Notas

Romário – A Procuradoria-Geral da República pediu ao Supremo Tribunal Federal para investigar o senador Romário (PSB-RJ) pela suspeita de receber caixa dois de campanha na eleição de 2014. De acordo com a investigação, a suspeita é que a empreiteira Odebrecht supostamente deu R$ 100 mil ao senador.

0x0

Ação – Segundo Lauro Jardim, a presidente afastada Dilma Rousseff entrou com ação na 6ª Vara Federal de Porto Alegre para ter o direito de usar sem restrições os aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). O pedido é feito na primeira instância porque questiona um parecer do subchefe de Assuntos Jurídicos, Gustavo do Vale Rocha.

0x0

Nas ruas – Em Aracaju, Manifestantes se reuniram na Praça General Valadão, ontem, onde protestaram contra o presidente em exercício Michel Temer (PMDB) e em defesa dos direitos sociais e dos direitos trabalhistas. A programação cultural, que contou com apresentações artísticas, foi encerrada no início da noite.

0x0

Japonês – O agente federal Newton Ishii, o “Japonês da Federal”, vai cumprir pena de tornozeleira eletrônica. Condenado a 4 anos e dois meses por facilitação de contrabando na fronteira de Foz do Iguaçu, ele deve colocar a tornozeleira ainda ontem. O “Japonês da Federal” está preso desde terça-feira em Curitiba.

0x0

Demissão – O governo cortará 4.307 cargos comissionados e funções, anunciou há pouco o ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira. Além disso, 10.462 cargos de Direção e Assessoramento Superiores (DAS), de livre provimento, serão convertidos em funções comissionadas, exclusivas de servidores concursados.

0x0

Jovens – O aumento do desemprego entre os jovens, a perda de renda e o retrocesso da massa salarial são os destaques da Carta de Conjuntura sobre o mercado de trabalho, divulgada ontem, no Rio de Janeiro, pelo Grupo de Conjuntura (Gecon) do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Conversando

Delação – O médico Antônio Samarone quer saber como fica a base de apoio a Temer no Congresso? E uma delação premiada de Cunha?

Presente – Do humorista Mução: E lembre-se: se você não quer gastar dinheiro com presente no Dia dos Namorados, acabe o namoro um dia antes e só volte um dia depois.

Cancela – Presidente interino Michel Temer cancelou a viagem que faria ao Nordeste. Ele leva na 4ª feira, ao Congresso, proposta de controle de gastos.

Atenção – Dois milhões de trabalhadores ainda não sacaram o PIS, diz ministério do Trabalho. Prazo encerra-se no dia 30.

Tetas – Sargento Edgard diz: Movimento dos Sem vergonhas trambiqueiros, perdeu as tetas do governo federal e resolveu ocupar as sedes do Incra, Brasil a fora.

Ingratidão – Dilton Luiz diz que será a maior ingratidão do governador se não seguir o aliado fiel Fábio Henrique! O padre Inaldo, sem igreja, votou no senador!

Kakai – O advogado Kakai, de Brasília, que proferiu palestra em Aracaju, acha que criminalizar a política é ruim para a democracia e para o desenvolvimento do país.

Granel – Kakai também disse que a delação premiada é importante no combate ao crime, mas que ela está sendo utilizada a granel.

Conversa – Edvaldo Nogueira tem conversado muito com Jackson Barreto e salienta sempre que sua candidatura é única capaz de derrotar João Alves Filho.