12/06/16 - 06:45:26

GOVERNO DO ESTADO REFORÇA SEGURANÇA NA ZONA NORTE

No Bairro Santos Dumont, um dos mais populosos de Aracaju, Jackson Barreto entregou PAC Móvel e Delegacia Plantonista

Os moradores da Zona Norte de Aracaju contam com dois novos equipamentos de segurança pública. Na noite deste sábado, 11, o governador Jackson Barreto entregou a delegacia Plantonista Zona Norte e o Posto de Atendimento ao Cidadão (PAC Móvel) no bairro Santos Dumont, o mais populoso da região, com 25.808 habitantes, de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

A Delegacia Plantonista Norte (Deplan Norte) está funcionando no prédio da 3ª Delegacia Metropolitana, na Avenida Juscelino Kubitschek, e integra o reordenamento do policiamento da Grande Aracaju, o qual busca facilitar o acesso do cidadão à Polícia e aprimorar o monitoramento das ocorrências criminais. Com a mudança, a Grande Aracaju passa a dispor de duas delegacias plantonistas, a da zona Norte e a da zona Sul, localizada no conjunto Augusto Franco.

“Essa é uma região com densidade demográfica alta e precisávamos reforçar a segurança. A delegacia prestava um serviço que não estava à altura de sua estrutura. Atuando como delegacia plantonista, juntamente com o PAC, vamos melhorar muito a segurança dos moradores do Santos Dumont e da Zona Norte”, informou o governador.

Segundo o coordenador das Delegacias da Capital, delegado André Baronto, a transferência da Delegacia Plantonista do Centro para a Zona Norte se fez necessário para melhorar o acesso dos cidadãos sergipanos aos serviços da Polícia Civil. Ele explicou, ainda, que o bairro Santos Dumont foi escolhido por sua densidade demográfica e índices de violência.

“Desde sexta-feira, dia 10, as pessoas vítimas de um crime na zona norte durante a noite, finais de semana ou feriados não precisarão mais se deslocar para outros locais de Aracaju para registrar um boletim de ocorrência. Estamos planejando essa mudança desde fevereiro, quando nosso planejamento estratégico observou a necessidade de criar mais uma Delegacia Plantonista em Aracaju. Agora, temos duas plantonistas: a da zona Norte, no bairro Santos Dumont e a da zona Sul, localizada na avenida Heráclito Rolemberg, conjunto Augusto Franco, no prédio anexo à 4ª Delegacia Metropolitana. É preciso esclarecer que o cidadão pode escolher onde quer registrar o boletim, seja na Zona Norte ou na Zona Sul”, destacou Baronto.

Além das duas unidades da capital, a Polícia Civil tem Delegacias Plantonistas abertas em Itabaiana, Lagarto, Estância, Propriá e Nossa Senhora da Glória.

Divisão Territorial

O secretário de Segurança Pública, João Batista Santos Júnior, acredita que a divisão territorial das plantonistas vai facilitar a rápida liberação das equipes da Polícia Militar e até mesmo da Polícia Rodoviária Federal e Guarda Municipal quando essas realizam prisões em flagrante. “Essas guarnições não vão precisar ficar horas esperando a lavratura do flagrante para serem liberadas, pois com mais unidades disponíveis, o atendimento será mais rápido e as guarnições poderão voltar logo para o serviço de rua”, garantiu.

Mesmo com a mudança da Delegacia Plantonista do prédio localizado na Rua Laranjeiras, o espaço continua funcionando como Centro Especializado da Polícia Civil e abriga as Delegacias de Delitos de Trânsito, de Crimes Contra a Administração Pública e Ordem Tributária, de Proteção ao Consumidor e ao Meio Ambiente e o departamento de Defraudação.

Posto de Atendimento ao Cidadão

O governador Jackson Barreto entregou também um Posto de Atendimento ao Cidadão (PAC Móvel). Situado na praça Ulisses Guimarães, o posto irá atender cerca de 20 comunidades, entre bairros, conjuntos e loteamentos, próximas. A base móvel terá efetivo de 15 Policiais Militares, comandado  pelo  major Geovanio Feitosa Lima.

O PAC Móvel terá um ponto fixo, a Praça Ulisses Guimarães, onde fica a Paróquia São Francisco de Assis, mas fará ações nas comunidades, atendendo a população por meio de um telefone, deslocando-se até onde a população demandar. O objetivo é reduzir os índices de violência e garantir que o cidadão de bem possa trafegar tranquilamente pela região.

“Esse Posto Comunitário vai trabalhar dentro do bairro Santos Dumont e vai servir aos moradores daqui e das comunidades vizinhas. O PAC tem um telefone para que os moradores possam entrar em contato com os policiais quando necessário e funcionará 24 horas. Estamos reforçando a segurança de um dos bairros mais populosos de nossa capital, nosso trabalho é ouvir as demandas da população e buscar atendê-las. Estive reunido com moradores e líderes  na última segunda, dia 6, para discutir ações de segurança, o melhor local para instalar o PAC e retorno, hoje, para entregar o Posto Comunitário e a delegacia plantonista. Polícias Civil e Militar atuarão juntas no Santos Dumont”, disse o governador.

Comandante da Polícia Militar, coronel Marcony explicou que o PAC otimiza o trabalho dos militares. “A base móvel está onde a demanda está. É um instrumento facilitador, que atua 24 horas e dá mobilidade ao policial, agilizando o atendimento. Teremos 15 militares que trabalharão diuturnamente para a segurança da população do Santos Dumont”.

Jacira Santos é moradora e comerciante do bairro. Proprietária de uma lanchonete próxima à Praça Ulisses Guimarães, ela planeja estender o horário de funcionamento de seu estabelecimento após a instalação do PAC. “A nossa ideia é trabalhar até às 23 horas porque ficou mais tranquilo e seguro. Antes, trabalhávamos com medo”.

Funcionário de uma hamburgueria, Lucivando de Jesus acredita que o reforço no policiamento influenciará no crescimento da clientela. “Com policiamento, as pessoas voltam a frequentar a praça, as ruas e nós vamos trabalhar mais tranquilos. Nossa expectativa é que o movimento cresça”.

Nelson Farias também reside no Santos Dumont e acompanhou a entrega do PAC. “Esse posto vai ajudar a comunidade, vai melhorar muito. Além disso, mostra que o governo está trabalhando”.

“Hoje estamos acompanhando um ato de cidadania e de respeito com as famílias do Santos Dumont. Nós agradecemos ao Governo e ao governador”, afirmou o representante da Federação dos Conselhos de Segurança Comunitária, Ailton Figueiroa.

Já o padre Soares, presente à solenidade, falou sobre a integração entre moradores e Polícia. “Entendo de gente e enquanto estiver aqui, trabalharemos em conjunto com a Polícia Militar para melhorar a vida de nosso bairro”.

O Governo do Estado realizou outros investimentos no bairro, a exemplo da reforma e ampliação da Escola Estadual Gov. Augusto Franco, urbanização do Largo Durval José de Santana – Av. Juscelino Kubitschek (R$ 3.004.341,16) e a escola de Esportes José Gerivaldo Garcia (R$ 1.205.157,06).

Bases Móveis

O Governo do Estado já implantou 32 bases móveis de policiamento ostensivo da Polícia Militar em Sergipe. Os veículos do tipo furgão são adaptados para atendimento e têm capacidade para abrigar até nove policiais. As viaturas reforçam a segurança da capital e do interior do estado, e são colocadas em diversos pontos, podendo ser deslocadas durante o mesmo dia para atender as necessidades da população.

O objetivo das bases é garantir maior mobilidade para o policiamento preventivo. Elas são totalmente caracterizadas para facilitar a visualização, e possuem sistema de rádio próprio, com comunicação direta com Ciosp e demais unidades da polícia, abrangendo mais de um bairro. Os policiais militares trabalham em turno de 12 horas, em dias e horas alternados.

As 32 bases móveis comunitárias foram adquiridas por meio de convênio firmado com o Ministério da Justiça. Cada base custou R$ 149.500,00, totalizando investimento de R$ 4.784.000,00. Deste total, o valor de R$ 262.932,80 foi investido como contrapartida do Governo do Estado de Sergipe.

Fonte ASN