13/06/16 - 10:49:02

Governador participa de Festa do Caminhoneiro em Itabaiana (Foto Victor Ribeiro)

Festa ganhou o título de patrimônio cultural e imaterial de Sergipe, por meio de um Projeto de Lei aprovado na última terça-feira, 07, na Assembleia Legislativa, e passa a figurar no calendário oficial do Estado de Sergipe

O governador Jackson Barreto encerrou o domingo no município de Itabaiana, região Agreste de Sergipe, distante 52 km da capital. Ele foi prestigiar a 51ª edição da Festa do Caminhoneiro, um evento tradicional da cidade conhecida como a capital nacional do caminhão. A celebração é para evidenciar uma das atividades econômicas mais relevantes da região, incentivar e preservar as manifestações culturais regionais.

Jackson foi recebido pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Luciano Bispo, do irmão dele, Roberto Bispo, além dos vereadores do município e outras lideranças de Itabaiana e região. “A festa do caminhoneiro é uma afirmação do município de Itabaiana. Nós sabemos a importância do trabalho do caminhoneiro, quando ele está na estrada, está transportando desenvolvimento, economia, fortalecendo o Brasil e essa é uma marca de Itabaiana. Estou muito feliz em participar dessa festa do povo trabalhador de Itabaiana”, afirmou o governador.

O presidente da Alese agradeceu a visita do governador e fez questão de parabenizar o profissional que recebe as homenagens todos os anos, no dia 12 de junho.

“Itabaiana tem por tradição a festa do caminhoneiro como a ponto principal do ano, já que temos o caminheiro como uma forte influência econômica para trazer riqueza, geração de emprego e renda para a população local e do nosso estado. O profissional que trabalha dia e noite para aquecer a economia do país merece toda a nossa homenagem”, disso o presidente da Alese.

O grupo seguiu para a praça de eventos da cidade, onde o governador falou com os moradores de Itabaiana e conheceu as atrações da Feira do Caminhão e da Feira de Negócios. Entre elas, a casa de farinha, um espaço onde os visitantes podem ver o passo a passo da fabricação dessa iguaria nordestina e ainda provar as delícias feitas com o derivado da mandioca.

A festa ganhou o título de patrimônio cultural e imaterial de Sergipe, por meio de um Projeto de Lei aprovado na última terça-feira, 07, na Assembleia Legislativa, e passa a figurar no calendário oficial do Estado de Sergipe. O evento ocorre todos os anos nos dias 10, 11,12 e 13 de junho, contando com carreatas, exposições e shows na praça de eventos.

Ascom ASN