14/06/16 - 05:20:03

CONTAS DO GOVERNO RELATIVAS AO ANO DE 2015 JÁ ESTÃO NO TCE

O controlador Geral do Estado, Eliziário Sobral, entregou na tarde desta segunda-feira, 13, ao presidente do Tribunal de Contas, Clóvis Barbosa, quatro volumes de documentos que integram a Prestação de Contas do Governo do Estado relativa ao exercício de 2015.

“Estamos aqui, em nome do governador Jackson Barreto, trazendo dentro do prazo, para a análise do Tribunal de Contas, que é o órgão responsável pelo controle externo, a Prestação de Contas do Governo do Estado relativa ao exercício de 2015. Essas contas já foram analisadas e auditadas pela Controladoria Geral do Estado e esperamos que possam ser julgadas pelo Tribunal de Contas dentro deste ano ainda, acreditando na eficiência que o conselheiro Clóvis Barbosa está a imprimir aqui na sua administração”, enfatizou Eliziário Sobral.

“Acredito que até o fim do ano estaremos julgando as contas do governo do Estado, como já é praxe aqui no Tribunal”, afirmou o presidente Clóvis Barbosa. “No ano passado, eu tive o prazer de ser o relator do processo e nós concluímos o julgamento das contas de 2014 antes do final do ano. Hoje também é uma luta nossa que não somente as contas do governo do Estado, mas também dos municípios, sejam logo julgadas”, disse, desejando esperar que até 2018 o Tribunal de Contas julgue todas as contas municipais dentro do prazo, ou seja, no mesmo ano em que foram apresentadas.

O controlador Geral do Estado informou que a Prestação de Contas foi elaborada com mais rigor neste ano. “É uma rotina que, evidentemente, obedece algumas determinadas normas e requisitos legais, mas houve este ano uma preocupação de não se cometer alguns equívocos que se cometia em anos anteriores. Não se está dizendo que a prestação de contas é perfeita, mas há um esforço muito grande da administração pública estadual em tentar se corrigir esses equívocos”, disse Eliziário Sobral, acrescentando que as contas retratam efetivamente aquilo que foi realizado em 2015 pelo governo do Estado.

“Dentro da harmonia que deve existir entre os órgãos e os poderes, o que desejamos é que as contas estejam corretas, como sempre estiveram, com apenas algumas ressalvas e algumas orientações que o Tribunal sempre dá aos órgãos do Estado”, concluiu Clóvis Barbosa. Este processo estará a cargo do conselheiro Ulices Andrade, responsável pela área do governo do Estado.

Fonte: TCE/SE