14/06/16 - 14:00:08

REPUDIO QUALQUER TIPO DE INTOLERÂNCIA, DIZ PASTOR ROBERTO

 

A tragédia que vitimou 50 pessoas, no último domingo, 12, em uma casa de eventos em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos, foi o tema do discurso do vereador Pastor Roberto Morais (SD) durante sessão ordinária desta terça-feira, 14, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). “Como um homem religioso, um pastor, quero manifestar meu repúdio a qualquer tipo de intolerância, de descriminação, seja a qual grupo for”, afirmou o Pastor Roberto.

Ele enfatizou ainda que é preciso agir no amor, na tolerância, no respeito e na compreensão. “Devemos saber que todos nós temos o direito de apresentar nossa ideias e vivermos conforme queremos viver, dentro de um equilíbrio que não venha a destratar e desfazer o conceito de outros”, completou Roberto.

O caso de Orlando é investigado pelo FBI como um possível ataque terrorista doméstico, considerando que o suspeito poderia ter “inclinação” pelo terrorismo islâmico, segundo os agentes federais. No Brasil e em Sergipe, o preconceito com grupos específicos também é comum e isso, segundo o Pastor Roberto, não é, de forma alguma, tolerável. “Destaco veementemente a minha indignação em perceber, ainda nos tempos de hoje, a existência de qualquer tipo de intolerância. É inadmissível”, exaltou o Pastor.

Servidores

Ainda na tribuna, o parlamentar falou sobre o desejo de votar mais uma vez a favor dos servidores municipais, sobretudo, os que trabalham na Câmara de Aracaju. “Quero reiterar a minha vontade de concluir esse processo que culminará com a votação da tabela base de vencimentos dos servidores. Eles são a alma da máquina pública”, reconheceu Roberto Morais.

O vereador afirmou que esse é um gesto notável do poder executivo e um dever para com os servidores. “Queremos que a atual legislatura seja marcada por esse momento histórico. Quero acrescentar o meu voto a favor desses servidores, principalmente desta Casa”, reafirmou Roberto Morais.

Por: Gilmara Moura