14/06/16 - 17:09:21

Sema orienta moradores da Coroa do Meio sobre utilização de som (Foto:Ascom/Sema)

O secretário do Meio Ambiente, Eduardo Matos, e os assessores José Rosa Felipe (Controle Ambiental) e Janilson Pereira (Poluição Sonora) participaram de reunião com a comunidade da Coroa do Meio. O objetivo foi orientar os participantes do projeto da feira de artesanato e gastronômica, que está sendo realizada no estacionamento do Museu do Mangue, sobre o uso do som ambiente durante a realização do evento.

Através da Associação dos Moradores dos Ex-Palafitas da Coroa do Meio e da Associação dos Moradores e Produção e Desenvolvimento Social e Cultural de Aracaju (Amprodesc), com a mediação do vereador Jaílton Santana (PSC), a comunidade do bairro está realizando uma feira de artesanato e gastronômica desde 29 de abril. Desde, então, a Sema vem realizando reuniões mensais com a comunidade para ajustes no projeto.

Ontem, o secretário do Meio Ambiente, Eduardo Matos, reuniu os feirantes para explicar os motivos de ter controle sobre o som utilizado nos espaços públicos. “A feira está num espaço público e existe uma vizinhança que não pode ser incomodada”, diz o secretário.

Monitoramento

O coordenador de poluição sonora, Janilson Pereira, mais conhecido por Bira, falou sobre a importância da comunidade manter os níveis de som determinados pela autorização ambiental. “Uma serie de fatores podem contribuir para a propagação do som, por isso a necessidade também de ajustar a localização das caixas de som, respeitar os limites permitidos e utilizar sonorização de pequeno porte ”, conclui o coordenador .

Também ficou acordado com a Sema, que a autorização para utilização de som no espaço terá que ser renovada mensalmente, sendo que o  órgão vai monitorar o nível de satisfação da comunidade para evitar que haja problemas. “Qualquer evento a mais deverá ser comunicado com no mínimo 15 dias de antecedência à Sema e solicitar uma nova autorização”, explica o consultor do DCA, José Rosa Felipe.

O projeto feira dos moradores da Coroa do Meio obteve o apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema), Emsurb, Guarda Municipal, e Emurb, como mais uma tentativa de reestruturar o Centro Ambiental Manoel Bonfim Ribeiro, mais conhecido como Museu do Mangue. Após três reformas, seguidas de depredações, a Sema entregou parte da responsabilidade da reestruturação à própria comunidade.

Fonte Sema