14/06/16 - 17:14:51

TCU vai começar a julgar as contas do governo federal de 2015! Dilma cada vez mais enrolada com as suas pedaladas!

Afastada do cargo de presidente da República por até 180 dias, Dilma Rousseff (PT) aparenta viver mesmo em um “inferno astral”. A petista já teve as contas de seu governo em 2014 rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), já deixou o comando do País sob acusação de ter cometido crime de responsabilidade e por ter praticado “pedaladas fiscais”, e agora, para piorar sua situação, o TCU começa a analisar suas Contas de 2015 nesta quarta-feira (15), mas a tendência é que o Tribunal siga o encaminhamento do Ministério Público de Contas por mais uma rejeição. Isso pode ser um complicador a mais no julgamento de seu pedido de impeachment, previsto para agosto, que pode resultar no seu afastamento em definitivo.

A Folha de São Paulo noticia que Dilma Rousseff não fez nenhuma previsão no Orçamento do ano passado para pagar quase R$ 40 bilhões pendentes de 2014. A petista fez uso de Medidas Provisórias para quitar os débitos, o que para Ministério Público de Contas é ilegal, tendo em vista que a então presidente deveria ter encaminhado um projeto de lei para a apreciação do Congresso Nacional. A Folha destaca ainda que Medidas Provisórias podem ser utilizadas apenas para fazer despesas em casos de emergência. O relator das Contas, ministro José Múcio, dará prazo de 30 dias para Dilma Rousseff responder a quase 20 indícios de irregularidades apontados no relatório.

É notório que o Governo do presidente interino, Michel Temer (PMDB), ainda não ganhou a popularidade que necessita, ainda não caiu nas “graças do povo”, mas é certo que a tendência pela rejeição das contas de Dilma Rousseff em 2015 vai fazer com que boa parte da opinião pública se manifeste a favor da cassação de seu mandato em definitivo, o que garantiria o PMDB no comando do País por pouco mais de dois anos, pelo menos. As mobilizações do Partido dos Trabalhadores, da CUT e de alguns movimentos sociais organizados, aparentemente, não surtiram efeito perante a população. É mais ou menos assim: as pessoas desconfiam de Temer, é verdade, mas já não confiam em Dilma.

Sem esse “apelo social”, a continuidade dos governos petistas tende a ser interrompida. Ao menos até 2018. Agora é muito difícil que a “esperança petista”, de ter Lula de volta ao comando do País, se propague. Ele é suspeito de comandar um dos maiores esquemas de corrupção no Brasil e que praticamente quebrou a nossa maior estatal: a Petrobras. O juiz federal da Justiça do Paraná, Sérgio Moro, recebeu do Supremo Tribunal Federal (STF) as investigações referentes ao sítio de Atibaia (SP) e o tríplex no Guarujá (SP), atribuídos ao ex-presidente. Lula é suspeito de ocultação de patrimônio e de ter recebido vantagens de empreiteiras envolvidas no esquema da Petrobras, seja como reformas, seja como o pagamento de suas palestras.

Em síntese, pode-se dizer que, mesmo com tantas denúncias de corrupção, com tantas decepções por parte do povo brasileiro, estamos prestes a iniciar um “novo tempo” na forma política do País. Seja com Michel Temer ou com quem quer que seja, certamente viveremos novos rumos, em especial a partir de 2018, quando o País vai precisar de propostas verdadeiramente sérias e de uma renovação sadia na administração pública em geral. É necessário para isso, além de mais compromisso da classe política, que o eleitor seja mais vigilante, seja mais consciente, que avalie melhor suas escolhas e que aprenda a valorizar o voto de confiança que deposita nas urnas. E a Dilma? Ela encontrará tempo para seguir “pedalando”…

Veja essa!

Em recente conversa com este colunista, o pré-candidato a prefeito de Aracaju, Zezinho Sobral (PMDB), não apenas ratificou seu projeto e confirmou que está buscando mais apoios para o seu projeto. “Sou pré-candidato a prefeito de Aracaju sim e sobre isso não há nenhum recuo! Nossa proposta está se consolidando cada vez mais e vem encontrando respaldo nos ambientes políticos, nas avaliações qualitativas e quantitativas. Pode ter certeza que a cada dia que passa nosso projeto avança mais”.

E essa!

Sobre o apoio do PT a sua candidatura, Zezinho Sobral emendou: “eu desejo contar com esse apoio. Eu tenho conversado com todas as lideranças do partido, com Rogério Carvalho, Eliane Aquino, Márcio Macedo, Emmanuel Nascimento, com todos eles. Já colocamos isso para o Diretório Estadual, para o Diretório Municipal”.

Com o PT

Zezinho confirmou que deseja ter Eliane Aquino como sua vice e revelou ter grande admiração e amizade pelo deputado estadual Francisco Gualberto e pelo deputado federal João Daniel. “A ex-deputada Conceição Vieira é uma grande amiga. Eu desejo fortemente sim que isso (aliança) ocorra. Em síntese, eu conversei com todas as lideranças e apresentei nossa proposta. PT e PMDB, com Jackson, sempre caminharam muito próximos aqui”.

PDT

Questionado se pode fazer uma composição com PDT, Zezinho Sobral explicou que “no PDT eu converso muito com Fábio Henrique e mais ainda com seus irmãos Adilson Júnior (PDT), com quem pude conviver mais tempo, e Jason Neto (PDT), pré-candidato a vereador da capital. Não acredito em imposições, estamos trabalhando para viabilizar meu nome e que ele possa ser unânime dentro do grupo nesse contexto”.

Amorim

O senador Eduardo Amorim (PSC) destinou emendas para equipar e conceder suporte aos hospitais de Aracaju. Serão beneficiados neste primeiro momento: Cirurgia, Santa Isabel e São José. As emendas totalizam R$ 900 mil, que podem ser utilizadas para aquisição de equipamentos e materiais permanentes. São instituições hospitalares registradas no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES) e atuam em serviços de atenção básica, média e alta complexidade.

Hospital Cirurgia

A Unidade Vascular Avançada do Hospital Cirurgia, por exemplo, atende em média 80 pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), vítimas de problemas do coração. Segundo ele, a unidade é a única do estado que pode oferecer tratamento à pacientes com infarto agudo do miocárdio.  O atendimento aos pacientes constantemente passa por dificuldades e necessita de investimentos para o pleno funcionamento. O recurso proveniente do gabinete do senador Eduardo totaliza R$ 193 mil.

Santa Izabel

Considerada peça fundamental na estruturação da Rede Hospitalar da Capital, o Hospital e Maternidade Santa Isabel é responsável por quase 45% de todos os partos do estado e diariamente  realiza 40 cirurgias e atendimento de urgência e emergência infantil. Com os recursos da ordem de R$ 300 mil, será possível qualificar a estrutura aos usuários, principalmente do SUS e melhorar a qualidade no atendimento materno-infantil.Hospital São José

Já para o Hospital São José, que detém 107 leitos, cinco leitos de UTI com realização de 750 cirurgias por mês e 700 atendimentos na saúde mental serão destinados R$ 400 mil para aquisição de equipamentos. No mês de abril deste ano o senador visitou a unidade hospital acompanhado de parlamentares estaduais e aferiu a dificuldade financeira da unidade hospitalar. “O nosso trabalho é continuado e responsável. O São José é essencial para o povo”, disse o senador.

Prefeitura de Aracaju

Nesta quarta-feira (15), a Prefeitura de Aracaju marcará presença em mais uma feira livre da capital com a Caravana Saúde Aracaju. Nesta edição, o local escolhido foi o conjunto D. Pedro I onde, a partir das 17h, equipes da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vão ofertar diversos serviços de saúde e também realizar um trabalho educativo e de orientação.

Serviços ofertados

O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Itinerante fará testes rápidos de HIV, hepatite e sífilis. A população poderá também aferir a pressão arterial e tirar dúvidas sobre assuntos ligados à saúde e prevenção. Serão distribuídos ainda panfletos educativos e preservativos femininos e masculinos.

Georgeo Passos

Provocado pelo governador Jackson Barreto em entrevista no rádio, o deputado estadual Georgeo Passos (PTC) avaliou que JB tenta desestabilizá-lo – estratégia essa utilizada também pelo líder do Governo na AL, deputado Francisco Gualberto (PT). “Mas é preciso deixar claro que eles não irão pautar minha atuação aqui dentro. Não devo satisfação aos citados, mas sim, aos cidadãos de Sergipe”.

Sem preguiça

Enquanto o governador e o líder do governo quiserem sair pela tangente, diante da falta de argumentos, vamos mostrar que o discurso que eles fazem não condiz com a realidade”, garantiu o deputado, acrescentando que “Graças a Deus, somos novos e temos que aprender muito ainda, mas um fato é certo, não temos preguiça de cumprir nossa missão, que é trabalhar por Sergipe e pelo seu povo”.

Pendurar as chuteiras

O deputado estadual completou dizendo que “enquanto isso, o governador, em 2018, irá pendurar as chuteiras. Mas, até lá, que o senhor tenha interesse pela administração pública. Que, pelo menos, faça um esforço para que sua equipe trabalhe para ajudar o povo sergipano”.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com