15/06/16 - 07:35:38

Governador atende pedidos e visita maior escola do Bugio (Foto ascom Seed)

Por Elton Coelho

Durante inauguração da Escola João Bosco de Andrade, na última sexta-feira, 17, no conjunto Bugio, o governador Jackson Barreto e o secretário Jorge Carvalho foram surpreendidos por um grupo de estudantes ligados à USES (União Sergipana dos Estudantes Secundaristas), que pediam uma audiência em forma de visita ao Colégio Estadual Francisco Rosa, também no mesmo logradouro.

Convite aceito, o governador e o secretário foram hoje, terça-feira, 14, à maior escola do Bugio e trataram diretamente, com a comunidade estudantil e equipe diretiva, dos problemas que circundam a unidade educacional.

Recepcionados pela diretora da unidade, Shirley Anunciação; pelo presidente do Grêmio Estudantil, Maurício Henrique, por vários alunos e ainda acompanhado de diretores da Secretaria de Estado da Educação; secretário da Comunicação, Sales Neto, e assessores da Seed, o governador Jackson Barreto e o secretário Jorge Carvalho asseguraram o encaminhamento do pleito.

“Vamos buscar recursos da ordem de cinco milhões de reais, e o projeto de reforma total da escola já tramita em Brasília junto ao FNDE”, informou o secretário da Educação, que foi elogiado pelo presidente do Grêmio Estudantil e pela USES.

“Acho que esse compromisso do governador Jackson Barreto em enfrentar os problemas e não fugir deles é uma atitude louvável. Estamos precisando de muita coisa aqui no Francisco Rosa”, disse o estudante David Alves, vice-presidente da USES.

Também acompanhou toda a visita o líder comunitário Aragão do Bugio, que enalteceu o gesto do governador. “Mostra que está antenado com os problemas e não se afasta das soluções”, reforçou.

In loco

Como ele, a aluna do 3º ano, Tâmara Raquel, elencou uma série de providências a serem tomadas para melhorar a situação da unidade, dentre elas a recuperação da sala de artes, biblioteca, banheiros, portas, janelas, consertos de ventiladores e material para o laboratório de informática, que considera “fundamental para a continuidade dos objetivos da escola”.

Para ver de perto os problemas apontados pelos estudantes, o governador Jackson Barreto percorreu toda a extensão da unidade escolar, das salas de aula à quadra de esportes, recentemente reformada pelo governo do Estado, e acrescentou que esse compromisso tem que ir além da recuperação de escolas.

“É preciso que os diretores de escolas utilizem os recursos do Profin, PDDE e suprimento de fundos para manter as escolas. É inconcebível ver escolas com mato, portas e banheiros quebrados quando a unidade possui recursos para sua manutenção, além, é claro, da consciência de cada um para não destruir o patrimônio público”, realçou em tom de desabafo o governador.

Rollemberg

Além de encaminhar as reivindicações do Francisco Rosa, o governador ainda dialogou com estudantes e com a diretora do Colégio Estadual José Rollemberg Leite, situado no bairro José Conrado de Araújo. Apontaram problemas desde a necessidade de reforma da escola até a falta d’agua na unidade.

Presente ao encontro, a diretora da DEA, Lúcia Góis, fará o acompanhamento direto das questões do José Rollemberg, a pedido do secretário Jorge Carvalho. A escola está dentro do planejamento de reformas elaborado pelo departamento de engenharia da Seed, coordenado pelo engenheiro Carlos Melo.

Fonte ascom Seed