15/06/16 - 06:26:08

ARIBÉ FALA SOBRE O PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DA CMA

O vereador Lucas Aribé (PSB), ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) no grande expediente, na manhã desta terça-feira, 14, para se pronunciar sobre temas importantes para os aracajuanos. Um deles foi a respeito do Plano de Carreira dos servidores do Poder Legislativo, o outro sobre mais um empréstimo da Prefeitura de Aracaju e ainda abordou sobre o Projeto de Sistema de Telecomunicações.

Segundo o parlamentar, o Plano de Carreira do Servidor do Poder Legislativo é um pleito antigo desses servidores que foram ao longo dos anos criando expectativa com os ganhos em termos salariais. “Existem questões sérias que não foram tratadas de forma digna, de forma a garantir a tranquilidade dos servidores no momento em que eles deixarem de trabalhar, assim que se aposentarem”, elucida.

Lucas afirma que a tabela salarial é vergonhosa e a turma que está no nível mais baixo recebe o valor de R$ 305. “Quem está na ativa não recebe menos que um salário mínimo, porém, esse valor é pago através de complementos, abonos, gratificações”, comenta.

“Quando votamos o Estatuto do Servidor, houve toda a interferência do presidente desta casa para que não votássemos sobre a questão salarial, que se  referia ao Legislativo. Deixamos de votar, acreditamos na negociação entre a presidência e o sindicato e tenho perguntado sobre o desfecho dessa história. Já estamos encerrando o semestre e continua sem definição. A pergunta que faço é como está essa situação? Gostaria que fosse dito a sociedade qual é a verdade dos fatos?”, questiona.

Lucas continua seu pronunciamento perguntando sobre a reunião entre a presidência e o sindicato. “Os servidores estão preocupados, estão cobrando, pedem que a gente suba aqui para falar, mas nós e eles sabemos que não depende da gente, depende da mesa diretora em apresentar o projeto após a negociação com o sindicato. Quem está com a verdade, quem não está? Quem está protelando? A sociedade quer saber e os servidores também? Queremos dar esse benefício aos servidores que merecem uma tabela justa porque são abnegados, lutadores, bravos, além de merecerem respeito à remuneração digna quando se aposentarem”, pontua.

Empréstimo ao Banco do Brasil

O vereador aproveitou para falar também sobre mais um empréstimo da Prefeitura de Aracaju, dessa vez, ao Banco do Brasil no valor de R$ 12 milhões e 400 mil. “A informação que chegou para mim foi que votaríamos o veto, a LDO, o projeto dos royalties, que na verdade é um pedido de empréstimo do Executivo  junto ao Banco do Brasil porque não pode mais praticar com Bancos Internacionais. Isso acontece muito no final do período, no meio e no final do ano. O prefeito adora fazer isso, desrespeitando a tramitação desse projeto”, aponta.

Sistema de Telecomunicações

De acordo com Aribé o outro questionamento é a respeito do  projeto que fala da instalação de um Sistema de Telecomunicações. “Já estou me posicionando e solicito a presença de algum funcionário da SEMA, ou até mesmo o próprio secretário que venha falar sobre esse projeto  porque é muito técnico e acredito que não temos o devido conhecimento. Inclusive, em 2014 votamos um bem parecido como este e essa é a prova de que o prefeito está revogando a lei, que falava sobre a instalação de rádio base”, finaliza.

Maraisa Figueiredo