16/06/16 - 05:09:01

ASC EMITE NOTA PÚBLICA SOBRE NOMEAÇÃO DO PRESIDENTE DA COHIDRO

A Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe – COHIDRO é responsável por promover o desenvolvimento sustentável no meio rural sergipano, com aproveitamento múltiplo dos recursos hídricos do estado, através da implantação e operação de sistemas de abastecimento d’água e irrigação, da infraestrutura hídrica para aproveitamento de águas subterrâneas e, da prestação de serviços de assistência técnica aos irrigantes familiares.

Graças aos seus quase 350 funcionários dedicados, a COHIDRO, ao longo dos seus 33 anos de serviços, fez de Sergipe o estado que, proporcionalmente, detém a maior densidade de poços perfurados por quilômetro quadrado do Brasil: são aproximadamente 4 mil poços tubulares que disponibilizam em média 12,5 mil litros/hora de água de boa qualidade em locais onde não existem adutoras da DESO, beneficiando cerca de 200 mil pessoas. Em 2014, os perímetros irrigados administrados pela COHIDRO produziram cerca de 113 mil toneladas de alimentos, gerando uma receita aos pequenos produtores de cerca de R$ 104 milhões de reais.

Mesmo com a importância que tem para a economia do estado de Sergipe e para a agricultura sergipana, infelizmente, ao longo dos últimos anos, a COHIDRO foi desprestigiada pelos sucessivos governos, servindo, muitas vezes, apenas como moeda de troca em acordos políticos. Acabou sucateada e seus funcionários efetivos desvalorizados em detrimento dos inúmeros cargos comissionados, preenchidos por pessoas que, em sua maioria, nunca tiveram compromisso com o presente nem o futuro da Companhia.

Neste sentido, a Associação dos Servidores da COHIDRO – ASC – vem a público parabenizar a atual gestão do diretor-presidente José Carlos Felizola, que assumiu a direção da Companhia no dia 5/5/2016, pelo compromisso que o mesmo vem assumindo com os trabalhadores e pelas propostas que vem implementando, sempre com o intuito de resgatar a importância da COHIDRO como empresa pública vital para os sergipanos. Felizola foi uma indicação acertada do governador Jackson Barreto.

Apoiamos a política adota pelo novo diretor-presidente, de valorizar a prata da Casa, colocando funcionários de carreira nos cargos estratégicos da Companhia, por entender que ela é extremamente salutar e positiva para o bom desenvolvimento dos trabalhos da COHIDRO. Esses mesmos funcionários de carreira, ainda que com toda a experiência acumulada e a competência no que fazem, nos governos que passaram sempre foram preteridos por pessoas indicadas por políticos. Com raríssimas exceções, essas indicações acabavam por se mostrar danosas para a Companhia.

Acreditamos que a gestão dos Diretores ora empossados, mesmo que ainda com pouco tempo, dá sinais de que veio para resgatar a COHIDRO, inclusive com planos para a recuperação do patrimônio da Companhia, a começar pela reforma da sede, e pela busca de novos financiamentos para melhorias necessárias nos Perímetros Irrigados.

Sabemos das dificuldades que esta gestão encontrará pelo caminho, em especial diante da política de valorização dos funcionários da Casa, o que contraria “interesses” daqueles que só enxergam a COHIDRO como cabide de emprego. Por este motivo, externamos o nosso entusiasmo com a atual gestão e reforçamos o nosso apoio à política que vem sendo implementada por ela, de diálogo permanente com os servidores na busca de melhores soluções para a nossa Companhia.

Não obstante, manteremos a vigilância e faremos as cobranças que se fizerem necessárias para o fortalecimento da COHIDRO e para a valorização dos seus funcionários, como também cobraremos, diuturnamente, o cumprimento das promessas feitas por esta nova Direção.

 

Aracaju, 15 de junho de 2016.

Alberto Santos Melo

Presidente da Associação dos Servidores da COHIDRO e Representante dos Servidores no Conselho de Administração