16/06/16 - 09:06:05

SINERGIA COBRA O CUMPRIMENTO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO

Por: Iracema Corso

Filiados à Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), dirigentes do Sindicato dos Eletricitários de Sergipe (SINERGIA) se sentaram na manhã desta quarta-feira, dia 15/06, com a administração da empresa Energisa, para discutir o cumprimento de itens do Acordo Coletivo de Trabalho e demandas que os 950 trabalhadores da empresa apresentaram ao sindicato no mês de junho.

Através de assembleias setoriais realizadas desde a primeira semana de junho nos municípios de Porto da Folha, Canindé do São Francisco, Propriá, Lagarto, Itabaiana, Maruim e São Cristóvão, o SINERGIA ouviu o relato dos trabalhadores a respeito de quais itens do Acordo Coletivo não estão sendo cumpridos.

Dirigente sindical, Gilton Santos destacou que a política de metas tem adoecido os trabalhadores e propiciado acidentes, da mesma forma apontou que a empresa não pode se omitir diante das agressões e assaltos recorrentes, cometidos contra os leituristas e eletricistas que fazem a leitura e entrega da fatura aos clientes, suspensão e ligamento da energia. “Com o estabelecimento de metas inatingíveis e aumento da demanda de trabalho, as consequências são o crescimento do risco de mutilação, acidente de trabalho e até depressão decorrente da pressão psicológica e medo constante de perder o emprego. Por receio de retaliação, é comum que os trabalhadores não procurem o sindicato para fazer denuncias, então é papel do sindicato ir ao local de trabalho e apurar se o acordo firmado está sendo cumprido”.

Após a exposição de todas as questões levantadas pelos dirigentes do SINERGIA, a empresa se comprometeu de verificar cada ponto e uma nova reunião de acompanhamento foi marcada para o dia 20 de julho. Além dos trabalhadores da Energisa, as assembleias setoriais continuam sendo realizadas com toda base de eletricitários do Estado de Sergipe.