16/06/16 - 15:05:20

Ambulatório de Retorno do Huse atendeu a 6.852 pacientes este ano (ascom)

 

Funcionando há três anos no Pronto Socorro do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), o Serviço Ambulatorial de Retorno oferece diversas especialidades médicas: ortopedia geral, de mão, cirúrgico pediátrico, cirurgia plástica, cirurgia geral, clínica médica, urologia, mono traumas, bucomaxilo e vascular. Além de qualidade no atendimento, o setor proporciona conforto aos pacientes para o agendamento dos retornos.

Somente de janeiro a maio deste ano, já foram contabilizados 6.852 atendimentos de retorno para agendamentos de cirurgias ou consultas com especialistas. O setor possui uma estrutura completa que inclui consultórios, salas de enfermagem e conta com a ortopedia localizada dentro da unidade, integrando os serviços. A equipe de trabalho é composta por 12 profissionais entre médicos, enfermeiros, auxiliares, técnicos de enfermagem e recepcionistas.

De acordo com a gerente do Ambulatório de Retorno, Vandressa Nascimento, a especialidade da ortopedia é a de maior demanda. “São pessoas que já realizaram a primeira cirurgia e vão agendar o segundo tempo cirúrgico. É muito bom o paciente ter uma referência para onde possa ser reavaliado depois que recebe alta”, informou.

Funcionamento

O Ambulatório de Retorno do Huse funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. O atendimento é feito após o paciente ser avaliado pela especialidade que corresponde à sua demanda. “Por exemplo: um paciente chega com uma fratura de mão, passa pela urgência ortopédica, é atendido, avaliado e tem a mão mobilizada. O médico encaminha dentro de um prazo para que seja feito o acompanhamento no Ambulatório de Retorno”, explicou Vandressa.

Ainda segundo a gerente, “depois disso, o paciente é encaminhado para a triagem com dois profissionais para ver se o osso normalizou ou se vai necessitar de algum procedimento cirúrgico. Caso necessite de intervenção, o paciente é encaminhado para o Hospital da Polícia Militar (HPM) com data, horários e exames pré-operatórios”.

Foi o caso do jovem Marcos José Domingues, 27, que sofreu uma queda de cavalo no município de Tomar do Geru. Isso lhe rendeu alguns meses de internamento, idas e vindas a Aracaju.

“Chegando ao Huse, fui examinado pelo médico, fiz todos os exames e foi identificada a fratura na mão quando eu me apoiei na queda. Ele disse que não era muito grave, engessou e hoje estou aqui para tirar meu gesso. O médico veio verificar se o osso está no lugar ou fazer algum outro encaminhamento, caso necessário”, explicou.

A enfermeira assistencial Josenice Resende enfatizou a importância do serviço para os pacientes. “O Ambulatório de Retorno é muito bem estruturado e de extrema importância. O paciente não fica ?solto? na Rede e tem a continuidade do tratamento. O paciente é tratado no hospital, com um serviço seguro e bastante procurado, além de uma competente equipe de profissionais”, afirmou.

Atendimentos

O Ambulatório de Retorno fica localizado dentro do Pronto Socorro (PS) do Huse, um espaço amplo e com mais conforto para os pacientes e funcionários. O coordenador do PS, Vinicius Vilela, explica a importância que o serviço tem para o fluxo de leitos.

“Conseguimos diminuir a superlotação, com rotatividade de leitos. Antes, o paciente ficava internado esperando a conclusão do tratamento. Hoje, é o bem-estar do paciente que vai determinar o tratamento em casa com segurança técnica, entrando pelo ambulatório com data e hora marcada, com muito mais conforto”, concluiu.

Fonte SES