16/06/16 - 08:48:19

ANA LÚCIA: “JACKSON SABE QUE TENHO CARÁTER E NÃO MINTO”

A deputada estadual Ana Lúcia (PT), não gostou nada do que disse o governador Jackson Barreto (PMDB), nesta quarta-feira (15), sobre a posição adotada pela deputada ao informar que não acompanhará o candidato de Jackson nas eleições deste ano, por causa do impeachment da presidente Dilma.

Na entrevista que concedeu a uma emissora de rádio na manhã de ontem, Jackson disse que a deputada não votou nele na última eleição e que ele  não estava “´preocupado com ela”. “Com tantos problemas que o estado tem, não tenho tempo para me preocupar com Ana Lúcia. Você não votou em mim para governador. Nem ela nem seu agrupamento politico. Eles votam na professora Avilete, que foi candidata da esquerda. Não pedi voto para Ana Lúcia. Fique em paz Ana Lúcia. Vamos continuar sendo amigos e nos respeitando”, ironizou Jackson.

Na manhã desta quinta-feira (16), Ana Lúcia, demonstrando muita irritação, disse em entrevista aos radialistas George Magalhães e Faro Fino, no programa a Hora da Verdade, que Jackson foi imatura ao fazer a declaração e que ” gosta de ouvir fofoca que lhe interessa politicamente”.

Ana Lúcia afirmou que “ele sabe que não sou mulher de mentira. Tenho caráter e personalidade e tenho formação. Na eleição passada todo material usado na campanha dele foi feito por meu comitê. Portanto ele não poderia dizer isso. Agora ele dizer que trabalhei para a professora Sônia Meire, isso não é verdade”, afirmou.

Para a deputada, as declarações de Jackson estão irritando a militância do PT. “Essa declaração irritou a militância que nos acompanha. É preciso entender que o PMDB a nivel nacional é quem articulou a golpe contra a presidente Dilma. Eu volto a repetir que eu vou manter a minha posição com relação ao apoio a Edvaldo Nogueira porque todos sabem que o PCdoB sempre esteve ao lado do Partido dos Trabalhadores. Embora Jackson tenha se posicionado contra o golpe, mas não convenceu o seu aliado o deputado federal Fábio Reis”, falou.

Durante a entrevista, a deputada lamentou que a emissora de rádio não tenha dado o direito de resposta.

Munir Darrage