17/06/16 - 00:01:01

DELAÇÃO ATINGE TEMER

DIÓGENES BRAYNER – plenario@faxaju.com.br

Michel Temer realiza um Governo congressual. Precisa dos senadores para permanecer na Presidência da República. Fica na dependência do humor do legislativo, para levar adiante um projeto mínimo que lhe traga confiança da sociedade. Também está dominado por partidos políticos, principalmente o seu [PMDB], que ficou sob a mira da delação do ex-presidente da Eletropetro, Sérgio Machado.

Temer não teve o cuidado de analisar a situação de cada ministro escolhido em relação a denúncias na Operação Lava Jato. Como delator, Machado tem sido o ‘exterminador do PMDB’ e leva a cúpula do seu partido à agonia de tentar desmentir citações de nomes de ‘grosso calibre’ da legenda, envolvidos em propinagem. O próprio Temer foi acusado. Fez o desmentido, mas o delator confirmou.

A sociedade começa a perceber que o Governo Temer em nada se diferencia do de Dilma. A única diferença é que os seus ministros pedem demissão quando citados e os da presidente licenciada eram protegidos. Inclusive Lula, que foi nomeado ministro da Casa Civil às pressas para adquirir foro privilegiado. Foi barrado no Supremo e já está às voltas com a Lava Jato.

Três ministros já se despediram através de acusações de Machado. É bom calcular: quantos mais sairão? O presidente deveria reunir seus ministros e procurar saber se mais algum deles manteve relação sobre propina com Sérgio Machado, e os aconselhar a deixar o ministério antes que da explosão da bomba. Talvez isso desse melhor condições de Temer atuar em um Governo que começa a ficar sob suspeita.

Se um quarto ministro vier a ser exonerado por delações, o presidente perde a pouca credibilidade que adquiriu e até revela que o seu partido [não in totum], estava bem aliado com tudo que se viu no Governo anterior, do mensalão ao petrolão.

ANA LÚCIA

A deputada Ana Lúcia (PT) disse ontem, em entrevista, que apesar da defesa de Jackson Barreto a Dilma, ela não pode votar em partido que comanda o ‘golpe’.

Essa posição fortalece aos peemedebistas que defendem candidatura própria.

MÃOS DADAS

Setores do PMDB também acham que não podem apoiar em Aracaju a chapa formada exatamente por adversários ferrenhos do partido e do Governo Federal.

– O PMDB em Sergipe não pode se rebelar contra a legenda, é o que falam.

EDVALDO

Ana Lúcia reafirmou o seu apoio ao ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), que também vem sendo bem aceito por segmentos peemedebistas.

A vice à vista seria Eliane Aquino.

COMPORTADA

A entrevista de Ana Lúcia foi bem comportada, com leves alfinetadas. Aliás, ela lembrou que Eliane Aquino já teria conversado com JB sobre o assunto.

Avisou da dificuldade de subir em palanque do PMDB.

FAZ BEM

Para Heleno Silva (PRB), prefeito de Canindé, a Operação Lava Jato está fazendo bem ao Governo Temer, que afasta ministros envolvidos nas delações.

Ontem caiu o ministro de Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB).

CANINDÉ

Eliane Moraes (PMDB) é précandidata a prefeita de Canindé do São Francisco, pelo grupo político que apoiou o atual prefeito Heleno Silva (PRB).

O prefeito é simpático à sua candidatura.

FRALDAS

O prefeito de uma cidade próxima a Aracaju comprou R$ 712.800,00 de fraldas descartáveis para creches do seu município.

É candidato à reeleição e está embalado…

LUCIANO

O empresário Luciano Barreto recebeu amigos – entre empresários e políticos – para uma festa de São João em sua casa.

Lá compareceu o conhecido advogado Kakai, que fez palestra em Aracaju.

CONVITE

Ao som do forró, André Moura teria feito convite a José Carlos Machado: “já que não querem você para vice, lhe convido para ser vice de Eduardo Amorim (PSC)”.

Machado estava calado, e assim continuou.

GOLPISTA

No final da tarde de ontem, um aliado do governador Jackson Barreto lamentou que Ana Lúcia tenha dito que não pode votar em partido que comanda o ‘golpe’.

– Com certeza ela insinuou que JB é ‘golpista’, disse.

PLANALTO

Através de telefonema, o gabinete do presidente Michel Temer convidou Jackson Barreto para reunião de governadores na segunda-feira.

Em pauta a situação dos Estados e maior prazo para liquidar dívidas com a união.

FORTALEZA

De Brasília, Jackson Barreto segue para Fortaleza e tem reunião no BNB, para tratar sobre questões dos Estados endossados pelo Banco Mundial.

Inclui-se a possibilidade de novos incentivos aos Estados.

JERÔNIMO

Confirmado: o ex-deputado federal Jerônimo Reis (PMDB) lança domingo a sua précandidatura a prefeito de Lagarto, no povoado Brejo.

Jackson já confirmou presença…

PEDRINHO

Pedrinho Barreto (PSDB) estranhou ontem divulgação de que teria sido convidado para ser o vice-prefeito na chapa de João Alves Filho (DEM), que disputa a reeleição.

– Jamais trataram desse assunto comigo, disse.

PENSANDO

Pedrinho Barreto acha que o PSC está pensando sobre a possibilidade de aliança com o DEM, para apoiar a reeleição de João Alves Filho (DEM).

A impressão é que será fechado um bom entendimento.

CONVERSAS

Nos encontros entre João Alves, Eduardo Amorim e André Moura trata-se de aliança mais sólida e que também se volte para 2018.

O PSC&Cia não fechará nada sem participar da chapa.

ROBSON

Comentários sobre candidato a vice-prefeito levam ao deputado Robson Viana (PEN), que ‘se vira nos 30’ com João Alves Filho e Jackson Barreto, a ser lembrado.

Bem alinhavado entre os dois, Robson prefere o silêncio.

DOS DOIS

Nas conversas que circulam sobre a chapa de João Alves Filho, o nome de Robson aparece como uma das opções para disputar a vice.

Coincidentemente, aliados de Jackson falam no mesmo tom.

Notas

Igor – Será hoje, às 18 horas, a palestra que o médico Igor Alexandre Cortês Menezes, do Hospital das Clínicas de Curitiba, vai proferir no 1º Jantar-Palestra. Falará sobre “Microcirculação, Microreatividade Vascular e Choque Séptico: Bases fisiopatológicas e perspectivas para pesquisas”. Será no restaurante Sal e Brasa.

0x0

Pesquisas – Os précandidatos continuam fazendo avaliações sobre a receptividade dos seus nomes a prefeito de Aracaju. Imagina-se que as coisas não estejam tão boas, porque todos eles têm mantido silêncio em relação às suas posições. Um deles caiu de dois dígitos para um e está preocupado.

0x0

São Cristóvão – o ex-secretário de Turismo, Adilson Jr aparece bem como candidato a prefeito de São Cristóvão, no Rosa Elze, no conjunto Eduardo Gomes e em outros locais próximos a esse núcleo residencial. Mas na cidade e proximidades ainda é um desconhecido. Por lá falam muito em Lauro Rocha.

0x0

Vai fundo – O cientista político Gaudêncio Torquato diz que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) promete acolher pedido impeachment de do procurador-geral Rodrigo Janot. Nunca imaginei que pudéssemos ver coisas como essa na pauta do Congresso. Renan vai fundo contra Janot.

0x0

Assembleia – A próxima semana será movimenta para os deputados estaduais. É que a Assembleia colocará em pauta, para discussão e votação a Lei das Diretrizes Orçamentárias, que trás a transferência de pagamento de aposentados pelo Poder que ele trabalhou. Os poderes querem negociar prazos.

0x0

Consultor – O presidente da Comissão Processante do Impeachment, senador Raimundo Lira (PMDB), anunciou ontem a substituição do consultor legislativo Diego Prandino Alves pelo também consultor João Henrique Pederiva na coordenação da perícia dos documentos e relatórios do Tribunal de Contas da União (TCU).

Conversando

Feijão – João Corrêa diz que feijão sobe de R$ 5 em média pra R$ 12 o kg. Absurdo! A forma de protestar e economizar é não comprar feijão e ou diminuir o consumo.

Até a mãe – O presidente do Senado, Renan Calheiros, defende mudança na Lei da Delação: ‘no desespero, envolvem até a mãe’, disse.

André – Michel Temer está satisfeito com a atuação do deputado André Moura (PSC) como líder do Governo, pela aprovação de projetos do Executivo.

Educação – Educação sofrerá freada mais brusca de gasto com novo teto de Temer. Como a situação da Educação já é ruim, tende a ficar pior.

Fogueira – Segundo o Congresso em Foco, Em festa embalada por Tiririca, Janot é jogado na “fogueira” por Renan e outros senadores.

Vieira – Sargento Vieira diz que o chamamento dos excedentes do concurso da PM, não é uma demanda só deles, mas principalmente de toda a sociedade.

Data certa – A deputada Ana Lucia (PT) diz que seu partido deve definir no dia 06 de Julho quem irá apoiar para candidato à PMA.

Sala especial – Conselheiro tutelar reclama da falta de sala especial para atender vítimas de violência sexual na maternidade Nossa Senhora de Lourdes.

Regras – Procurador do Ministério Público de Contas fala sobre regras para disciplinar concessão de diárias em municípios.