18/06/16 - 05:53:05

PRESSÃO DE SINDICATOS FORÇA ABERTURA DE DIÁLOGO COM A PMA

 

Por: Iracema Corso

Com pouca visibilidade nos veículos de comunicação e rara disposição da Prefeitura de Aracaju para dialogar, os 12 sindicatos de trabalhadores da área da saúde completam na próxima segunda-feira, dia 20/06, 19 dias de greve decretada. Após uma semana marcada por muita pressão sindical, forte mobilização e protestos em vários pontos da capital sergipana, o prefeito João Alves assumiu o compromisso de que na próxima segunda-feira, dia 20/06, vai se pronunciar sobre a pauta de reivindicações dos sindicatos de trabalhadores da saúde.

A força da ocupação da Secretaria Municipal da Fazenda na manhã e tarde da última quinta-feira, 16/06, conquistou a abertura do diálogo com a gestão municipal. Secretários do município de Aracaju receberam as lideranças sindicais e asseguraram que nesta segunda-feira a Prefeitura vai divulgar seu posicionamento. No dia seguinte, terça-feira, 21/06, os sindicatos já marcaram nova assembleia geral no sindicato dos Bancários para discutir a proposta apresentada e definir os rumos da mobilização.

Secretária da Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE) e dirigente do SINDASSE, Márcia Martins ressaltou que a prestação de assistência à saúde da população é um serviço público essencial, portanto a Prefeitura deve uma resposta urgente à população e aos trabalhadores. “Um total de 12 sindicatos da saúde pararam, todas as atividades da rede de assistência social estão prejudicadas. Consideramos que esta resposta que teremos na segunda-feira é uma conquista da luta e da união das lideranças sindicais em favor da valorização profissional, contra o atraso no pagamento dos salários e contra a privatização da saúde em Aracaju”.