18/06/16 - 05:03:31

Biafa promove lançamento de livro sobre contação de história (Foto ascom)

O evento contou com a participação do Grupo Hannah de Contadores de Histórias e dos alunos da Escola Municipal Dep. Lourival Baptista, que apresentaram uma esquete teatral

A Biblioteca Infantil Aglaé Fontes Alencar (Biafa), unidade da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), promoveu nesta sexta-feira, 17, um encontro com a escritora e contadora de histórias Telma Costa. Na oportunidade, a escritora lançou seu livro “O Fantástico Mundo da Arte de Contar Histórias”.

O evento contou ainda com a participação do Grupo Hannah de Contadores de Histórias e dos alunos da Escola Municipal Dep. Lourival Baptista, que realizaram a esquete teatral “O Compadre Besta e o Compadre Sabido”. Além disso, prestigiaram o evento os alunos da Escola Estadual Alceu Amoroso Lima. “Nós tivemos hoje o lançamento do livro da Telma Costa e a apresentação de um esquete teatral de uma escola da cidade de Boquim, que interpretaram algumas das histórias que estão presentes no livro”, explicou a diretora da Biblioteca, Cláudia Stocker.

A escritora Telma Costa contou que sempre teve vontade de expor a sua experiência e vivência enquanto contadora de histórias, para que outras pessoas pudessem ter a oportunidade de conhecer um pouco sobre o mundo de quem realiza este trabalho. “Todos nós somos contadores de histórias e neste livro eu tive a chance de explicar um pouco sobre isso e sobre a minha vivência desde que comecei a ser contadora”, relatou a escritora.

Há três meses atuando como coordenadora da Escola Estadual Alceu Amoroso Lima, Valéria Abreu destacou a importância das crianças conhecerem os escritores e artistas locais. “Nossa proposta é levar uma programação cultural para os alunos, então toda a programação que tivermos acesso nós estaremos apresentando para os alunos e encontramos isto hoje na Biblioteca”, destacou.

Segundo a professora Ana Maria Ferreira, é importante que haja um diálogo entre as secretarias de cultura e de educação, para que assim os alunos possam ter acesso a uma programação diversificada e ampla, já que segundo ela, a cultura é um fator primordial no desenvolvimento de qualquer indivíduo. “Nós moramos em Sergipe e conhecemos mais dos outros estados do que do nosso próprio. O projeto que estamos desenvolvendo visa isso, para que esse contato entre cultura e educação vire rotina”, afirmou.

Ascom Secult