21/06/16 - 05:15:11

Saúde realiza 71 testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites no Arraiá (Foto ascom)

Os testes rápidos estão sendo realizados por uma unidade móvel, que estará na Praça de Eventos da Orla nos dias 21, 26 e 29

Desde o dia 16 de junho, sergipanos e turistas que acompanham a programação do “II Encontro Nordestino de Cultura – Arraiá do Povo” são beneficiados com as ações desenvolvidas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), através do Programa Estadual IST/Aids. Com o intuito de fortalecer o combate às Infecções Sexualmente Transmissíveis durante os festejos juninos, a campanha “HIV, Sífilis e Hepatite. Não deixe esse trio fazer sucesso no seu arraiá” mantém a população bem informada sobre as situações de risco e os métodos de prevenção.

Na Praça de Eventos da Orla da Atalaia, o Programa Estadual IST/Aids conta com um espaço onde ocorre a distribuição de materiais educativos, porta-camisinha, preservativos masculino e feminino, além de gel lubrificante. Como parte das ações, também são realizados testes rápidos por meio da “Unidade Móvel Fique Sabendo”. O primeiro dia de atuação da Unidade Móvel foi na sexta-feira, 17.

“Realizamos 71 testes de cada patologia (HIV, Sífilis e Hepatites B e C). Foram contabilizados 4 reagentes para Sífilis e os demais apresentaram resultado não reagente”, revelou o médico Almir Santana, gerente do Programa estadual IST/Aids.

A Unidade Móvel Fique Sabendo estará na Praça de Eventos da Orla nos dias 21, 26 e 29. Os testes são gratuitos, seguros e sigilosos.

“Este ano, durante as ações juninas, estamos destacando, além da importância do uso da camisinha, as medidas de redução de risco como o exame de HIV durante o pré-natal, testagem regular para pessoas de ambos os sexos, tratamento antirretroviral, dentre outros”, acrescenta Dr. Almir Santana.

Orla Por do Sol

Na sexta-feira, 17, voluntários apoiados pela Gerencia Estadual IST/Aids e Hepatites Virais realizaram ações de prevenção na Orla Por do Sol. No local houve intervenção com o personagem “Camisildo”, o que chamou a atenção do público. A ação atendeu a uma solicitação da Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal de Comunicação.

Foram disponibilizados preservativos, gel lubrificando e o porta-camisinha. “O trabalho teve grande sucesso pois as pessoas, quando viam o Camisildo, procuravam espontaneamente os preservativos”, avalia o gerente do Programa IST/Aids, Almir Santana.

O voluntário José Alberto de Santana, 53, conta que se sentiu muito bem ao contribuir com a promoção da saúde da população. “A ação foi muito positiva. A aceitação do público foi muito boa. Fomos recebidos com muito carinho pelo público. Algumas pessoas chegaram a agradecer pelo trabalho que estávamos desenvolvendo ali”, conta o voluntário, que diz estar disposto a participar de novas ações.

Programa Estadual IST/Aids na Paraíba

Nesta segunda-feira, 20, o gerente do Programa Estadual IST/Aids de Sergipe está na Paraíba para visitar duas casas de apoio à pessoas com HIV/ Aids e trazer as experiências para futuramente utilizar na Casa de Apoio Bom Samaritano, mantida pela Cáritas (órgão da igreja Católica).

Segundo Almir Santana, a casa, que desempenha papel fundamental junto as pessoas com HIV/Aids, corre risco de fechar as portas por questões financeiras, deficiência de profissionais e divergências relacionadas ao estatuto do atual órgão gestor.

“A casa não pode e não vai fechar. O Estado e o município de Aracaju deverão assumir a Bom Samaritano. Por isso viemos conhecer as experiências das duas melhores casas de apoio do nordeste”, revela o médico Almir Santana.

O Ministério Público de Sergipe estará convocando as secretarias de Saúde do Estado e de Aracaju, além da Secretaria de Ação Social, para definir quem dará continuidade as ações da Casa de Apoio Bom Samaritano, a partir de julho.

Da assessoria