21/06/16 - 07:44:14

Trânsito seguro: Polícia Militar integra campanha ‘Noite Tranquila’ (Foto ascom SSP)

m SSP)

Buscando conscientizar a população da proibição do uso de bebidas alcoólicas ou de qualquer outra droga ilegal, possibilitando a condução de veículos com mais segurança, a Polícia Militar, por meio da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran) e do Hospital da Polícia Militar (HPM), juntamente com a Liga de Ortopedia e Traumatologia de Sergipe da Universidade Federal de Sergipe (LIOTS) iniciarão a Campanha ‘Noite Tranquila’.

A partir desta segunda-feira, 20 de junho, durante quatro manhãs, os motoristas da capital sergipana estarão sendo abordados em blitze preventivas montadas pela CPTran.  Sob coordenação de médicos do HPM e membros da LIOTS, alunos do curso de medicina estarão orientando condutores de veículos acerca do perigo do consumo de bebidas alcoólicas e de outras drogas. Serão distribuídos panfletos e adesivos, contendo instruções de prevenção de acidentes e diversas infrações de trânsito.

Para a capitã Manuela Gomes, comandante da CPTran, iniciativas como estas vêm corroborar com as ações de combate à violência que a Polícia Militar já vem desencadeando neste período de festividades em todo o Estado. “Esta é uma parceria inovadora com a Universidade Federal de Sergipe e prioriza a prevenção, por meio da educação no trânsito, antes mesmo de colocarmos em prática a nossa operação Lei Seca, de efeitos repressivos e que acontece no período de 18 a 30 de junho. A ação consiste em blitze educativas em locais predeterminados, com distribuição de folders e afixação de adesivos nos veículos, para conscientizar os condutores a não conduzir veículo automotor após ingestão de bebida alcoólica”, enfatizou.

A parceria tende a contribuir positivamente para evitar acidentes e garantir um trânsito seguro. “Iniciamos esse projeto, com o envolvimento da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, com o objetivo de diminuir o índice de acidentes durante esse período de festas juninas. Para tanto, a nossa intenção é a conscientização dos foliões para que eles possam ter uma noite melhor, mais tranquila e que possam retornar para casa em segurança”, reforçou o capitão Reuthemann Esequias, médico ortopedista do Hospital da Polícia Militar.

Dados sobre acidentes

Os acidentes de trânsito vêm sendo considerado um dos principais problemas de saúde pública, abrangendo fatores previdenciários e indenizatórios em nosso país. Trinta bilhões de reais são gastos anualmente em internações hospitalares, remoções e recuperações de veículos, despesas administrativas, judiciais e previdenciárias. São 1.300.000 vítimas no mundo, sendo registras, no Brasil, 40.610 mortes (2010) e 500.000 vítimas com ferimentos, segundo dados do Sistema Único de Saúde (SUS), e um total de 366.356 indenizações foram pagas pelo DPVAT no ano de 2011.

Em Aracaju foram registradas 7.648 ocorrências de acidentes em 2014, sendo 77 mortes e 3.457 vítimas com lesões; 5.729 ocorrências tiveram resultado de 66 mortes e 2.565 pessoas feridas em 2015*, ou seja, houve uma diminuição de mais de 25% de chamadas e acidentes sem óbitos, enquanto a redução de mortes foi de 14% no comparativo entre esses dois anos.

Fonte: JV/CPTran/Detran/SMTT/SAMU