24/06/16 - 07:09:46

HRL: GESTORES DA SES, FHS E EBSERH DISCUTEM TRANSIÇÃO

Por: Acácia Mérici

A secretária de Estado da Saúde, Conceição Mendonça, o diretor geral  da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Hans Lobo, e representantes da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), visitaram na manhã desta quinta-feira (23) o Hospital Regional Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro (HRL), na região Centro-Sul de Sergipe. Acompanhados do diretor de Atenção à Saúde da SES, João Lima , da diretora Operacional da FHS, Jurema Viana, eles foram recebidos pelo superintendente do HRL, Oldegar Alves Junior, e demais gestores da unidade.

Um dos principais objetivos da visita foi anunciar oficialmente a autorização, pelo governo federal, de concurso público para preenchimento de 714 vagas no HRL, que está em processo de federalização e até o início do próximo ano deverá ser efetivamente transformado em hospital universitário, passando à gestão plena da Ebserh.

Desde que foi inaugurado, em julho de 2010, como uma das obras estruturantes estabelecidas pela Reforma Sanitária e Gerencial do Sistema Único de Saúde (SUS), implementada pelo governo de Sergipe, através da SES, o HRL é gerenciado pela FHS.

A reunião serviu para marcar também o início da discussão e implementação mais aprofundada do processo de transição da atual da gestão para a da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, após a realização do concurso público.

Durante o encontro, a secretária da Saúde, Conceição Mendonça, disse não ter dúvidas de que o processo de transição, em relação à gestão e demais servidores da unidade se dará da forma mais tranquila possível. “Tenho certeza que não é intenção da SES, da FHS e da Ebserh prejudicar o trabalhador, pois os servidores são o nosso maior potencial, são aqueles que, junto com a gestão, tocam este hospital, fazendo dele uma das referências da rede estadual de urgência e emergência”, salientou.

Na mesma reunião, a secretária propôs a formação de um grupo técnico com representantes da SES, FHS, Ebserh e do HRL, visando a definição de um cronograma para as mudanças e de reuniões periódicas destinadas a aprofundar o processo de transição, tanto do ponto de vista da gestão do hospital, quanto em relação aos servidores e aoscontratos de serviços que atualmente são prestados pelo hospital.

O professor Valter Santana, docente da UFS e já nomeado pela Ebserh como superintendente do futuro hospital universitário, destacou a importância do compartilhamento de ações e informações até a federalização efetiva do HRL. “É um processo que está sendo construído a várias mãos, com o objetivo de prestar um melhor serviço à população. E para isso, está sendo vital a parceria com a atual gestão do hospital”, disse.

“Além de ser fundamental para a manutenção dos serviços assistenciais do hospital,para que a população não sofra nenhum tipo de prejuízo, precisamos dialogar para explicar esse processo, para que a transição não cause nenhum tipo de trauma aos servidores”, acrescentou.

Já o diretor geral da FHS, Hans Lobo, destacou a importância da federalização do HRL, tanto do ponto de vista dos avanços para a Saúde e o desenvolvimento da região Centro-Sul e o Estado, bem como para a otimização dos recursos destinados ao setor em Sergipe. “Demos aqui hoje um passo muito importante visando a construir novos avanços para a Saúde, o SUS em Sergipe e a federalização do HRL, ao mesmo tempo em que estamos reduzindo despesas. E isso é o sonho de todo gestor: conseguir ampliar e melhorar os serviços com redução de despesas”, disse.

Ele salientou que, com a nomeação pela Ebserh dos cargos de gestão e a autorização do concurso público para o futuro hospital universitário, agora já há algo mais factível para a construção efetiva do processode transição. “Nesta reunião junto com a secretária da Saúde, estamos montando um grupo de gestão para tratar de forma mais efetiva do processo de transição no Hospital de Lagarto, que tem uma equipe muito zelosa no trabalho que realiza para a Saúde do Estado. E com a federalização vamos aumentar ainda mais a satisfação do usuário e a prestação dos serviços à população, com mais desenvolvimento para a região”, afirmou.

Novo concurso

Na última terça-feira (21), o Diário Oficial da União (DOU) publicou portaria do Ministério do Planejamento, estabelecendo os limites de quadro de pessoal para três hospitais universitários do país, entre eles o da HRL. Na prática, a portaria autoriza a realização de concurso público, pela Ebserh, para o preenchimento de 714 vagas, com convocação das primeiras 357 já a partir de janeiro ou fevereiro de 2017.

Administradora de 33 hospitais universitários federais, a Ebserh está presente em todos os estados das regiões Centro-Oeste e Nordeste, além de Paraná, Rio Grande do Sul, Amazonas, Tocantins, Pará, Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo. Os aprovados são contratados sob regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), com direito a carreiras e salários, além do plano de benefícios da empresa.