27/06/16 - 12:40:33

Jackson confirma apoio a Edvaldo e diz que decisão é para projeto de 2018

Como fora anunciado quinta-feira (25), o governador Jackson Barreto (PMDB) oficializou no final da manhã desta segunda-feira (27),  apoio à pré-candidatura de Edvaldo Nogueira (PCdoB) para a prefeitura de Aracaju, que passa a ser o nome da base aliada e ter total apoio do PMDB.

Em reunião realizada na sede do PMDB, o governador, ao lado do presidente do diretório estadual, Augusto Gama e da maioria dos membros do partido, declarou o seu apoio a Edvaldo Nogueira.

Ao fazer o anuncio, o governador disse que “para anunciar essa decisão eu tive uma conversa com Zezinho Sobral que me disse, governador o senhor está liberado para fazer o melhor para nossa cidade. Eu poderia dizer eu quero. O PMDB não é o que eu quero. Aqui é união, união e união. Essa é uma decisão para manter a unidade do grupo para 2018”, explicou Jackson.

Jackson explicou ainda que o PMDB abriu mão de lançar o candidato e que essa foi uma decisão por unanimidade do partido que, segundo ele, caminha a partir de agora já visando as eleições majoritárias de 2018. “Fica agora a critério do PT o lançamento do nome de Eliane Aquino como vice na chapa de Edvaldo Nogueira”.

O presidente do diretório estadual, Augusto Gama também confirmou que decisão do PMDB agora em 2016 visa o projeto do partido  em 2018, onde o PMDB vai buscar a cabeça de chapa.

Edvaldo – O ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) disse, nesta segunda-feira (27), depois de anunciado pelo governador Jackson Barreto (PMDB) como o précandidato a prefeito de Aracaju para as eleições deste ano, que o PMDB é quem vai escolher e dirigir o processo eleitoral de 2018 e, se dirigindo a Jackson, disse: “a nossa candidatura â Prefeitura estará  sob o seu comando”.

Edvaldo também agradeceu o gesto ‘extraordinário’ de Zezinho Sobral (PMDB), de recuar da sua précandidatura a prefeito em nome da unidade, “o que é muito difícil na política”.

Edvaldo disse que tem o compromisso de “compreender o gesto que o PMDB faz comigo, liderado pelo governador Jackson Barreto, ao abrir mão de sua candidatura”. Para Edvaldo, se o partido e JB quizessem poderiam impor uma candidatura, “mas o PMDB agiu de maneira políticamente correta e também com o sentimento de unidade”.

– O PMDB é isso. É o partido da unidade, é o partido da liberdade , disse Edvaldo.

Imagem – Edvaldo contou que a primeira imagem que veio em sua cabeça, quando Ana Dórea (Aninha), secretária de Jackson Barreto, lhe ligou convidando-o a participar da reunião do PMDB, em nome do governador, “foi a de 1982, quando votei em Gilvan Rocha para governador e Benedito Figueiredo para vice; Jackson Barreto para deputado federal, Bosco Rollemberg para deputado estadual e Bosco Mendonça para vereador”.

– Já ali, em 1982, o PMDB era esse partido que lutava contra a ditadura e incentivava a nós, jovens, a entrar na política, sob a liderança de Jackson Barreto, disse.

Segundo Edvaldo, “foi com Jackson Barreto que aprendi os caminhos de Aracaju, foi com Jackson Barreto que aprendi a olhar o que a população carente precisava e foi com Jackson Barreto que tive a alegria de chegar à Câmara Municipal de Aracaju como vereador”.

Munir Darrage