28/06/16 - 13:00:48

Confira erros comuns na hora de montar o enxoval do bebê (Imagem: reprodução pixabay)

Entre todos os preparativos que antecedem a chagada do bebê, a montagem do enxoval é uma das fases que mais animam papais e mamães. Afinal, é muito fácil se deliciar entre as compras das mais belas e fofas roupinhas, brinquedinhos e produtos para receber o novo membro da família.

Mas, apesar de toda a empolgação e a ansiedade para preparar o enxoval, alguns cuidados devem ser tomados para evitar alguns erros frequentes, que geram custos e despesas desnecessárias. E isso é tudo que uma família que está aumentando não precisa em um momento tão especial. Veja alguns dos erros mais cometidos e fuja deles para não perder dinheiro e nem tempo organizando itens desnecessários para a rotina do bebê.

Gastar muito com roupinhas numeração RN

Por mais que seja tentador comprar roupinhas lindas para ocasiões especiais, vale lembrar que durante os primeiros meses o bebê mal sai da casa, salvo alguns passeios breves e consultas médicas. E como ele vai crescer depressa, invista em roupas mais simples e casuais para o dia a dia. Muitas dessas peças não serão usadas por mais de três meses.

Não pesquisar sobre o carrinho de bebê

O carrinho de bebê é um dos artigos mais úteis para os pais. A escolha deve ser feita com muito cuidado, considerando a rotina da família, dimensões da casa e do automóvel, além da qualidade do material e funções. Pesquise todos os detalhes e informações em sites especializados antes de comprar um modelo grande ou pequeno demais. Leia sempre a descrição do produto com muita atenção.

Estocar produtos de higiene

Apesar de parecer uma boa ideia, um estoque de produtos de higiene pode, na verdade, se tornar uma dor de cabeça. Ninguém espera ter um filho alérgico, mas pode ser que a pele e o sistema respiratório delicado do recém-nascido não se adapte a algum produto ou marca específica. Isso vale também para as fraldas, já que alguma delas pode não se encaixar perfeitamente ao corpinho. Não se empolgue com promoções.

Exagerar nos sapatinhos

Durante o primeiro aninho de vida, os bebês mal vão precisar de sapatos. Sua função será apenas aquecer os pezinhos, que costumam crescer com uma velocidade acelerada. Tenha um ou dois pares para passeios e se preocupe de verdade com calçados quando o bebê começar a andar.

Desconsiderar o clima e as estações do ano

As estações do ano não costumam ser bem definidas na maioria dos estados brasileiros. O segredo é tentar não exagerar muito na compra de peças de frio ou se esquecer de algumas  peças de calor, Principalmente durante os primeiros meses do bebê, em que as roupinhas se perdem rapidamente por causa de seu crescimento. Nas regiões mais quentes, as mantinhas e cobertores podem auxiliar mais do que múltiplos macacões de inverno, por exemplo.

Aline Matos

Assessora de Imprensa (Link Builder)